• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2015.tde-10092015-174016
Documento
Autor
Nome completo
Mayara Suellen de Sousa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Urbano, Hudinilson (Presidente)
Dias, Ana Rosa Ferreira
Durante, Denise
Título em português
Marcas da oralidade nas manchetes do jornal popular Meia Hora de Notícias
Palavras-chave em português
Escrita
Jornalismo popular
Oralidade
Resumo em português
Este trabalho tem por finalidade apresentar resultados de pesquisa sobre as marcas da oralidade em textos escritos, especificamente em jornais considerados populares e nesta dissertação em manchetes do jornal Meia Hora de Notícias. Os jornais populares têm interesse maior pela divulgação da notícia e aproximação com o público leitor. A importância deste trabalho se dá pelo dinamismo da língua e a intensa troca entre o oral e o escrito. Essa troca faz da linguagem jornalística uma mistura entre o formal e o informal como maneira de envolver o maior número possível de leitores. Assim, recorre-se a teóricos que apresentam conceitos referentes a questões de língua, linguagem, discurso e oralidade: Marcuschi (1993, 1995, 2004 e 2007), Koch e Oesterreicher (1985, 2007), Charaudeau (2007, 2008), Koch (1997, 2008), Ong (1998), Preti (1983, 2004), Dias (1996), Urbano (1998, 2000, 2006 e 2011), Fávero (2009). Nossos objetivos específicos são: delinear as particularidades da linguagem do jornalismo popular, verificar a relação entre língua falada e língua escrita, analisar as marcas de oralidade presentes no jornal Meia Hora de Notícias com base nos níveis discursivo e linguístico e compreender tais marcas de oralidade como estratégias de aproximação do leitor. Nossa hipótese é que a simulação de oralidade é uma estratégia do jornalismo popular, por isso a presença de ocorrências de oralidade nas manchetes. Pesquisamos 365 capas do jornal e optamos por uma análise mais detalhada de 30 manchetes. Enfocamos o campo discursivo, que contempla a narrativa, a língua culta x a língua popular, as fórmulas fixas, as frases triádicas e o envolvimento do narrador nas notícias do jornal. No campo linguístico, destacamos os aspectos fonético, lexical e morfológico a fim de entender como se configuram os recursos de oralidade utilizados pelo Meia Hora de Notícias.
Título em inglês
Marks of orality in the headlines of the popular newspaper Meia Hora de Notícias
Palavras-chave em inglês
Orality
Popular journalism
Writing
Resumo em inglês
This paper aims to present research results about the marks of orality in written texts, specifically in newspapers considered "popular" and in this dissertation in newspaper headlines Meia Hora de Notícias. The tabloids have greater interest in the dissemination of news and approach to the reading public. The importance of this work is given by the dynamism of language and the intense exchange between the oral and the written, this change makes the journalistic language a mix between formal and informal as a way to involve the largest possible number of readers. Thus, we make use of theoretical concepts that have related to language issues, language, speech and orality: Marcuschi (1993, 1995, 2004 and 2007), Koch and Oesterreicher (1985, 2007), Charaudeau (2007, 2008), Koch (1997, 2008), Ong (1998), Preti (1983, 2004), Dias (1996), Urbano (1998, 2000, 2006 and 2011), Favero (2009). Our specific objectives are: to outline the particularities of the popular journalism language, verify the relationship between spoken and written language, analyze the marks of orality present in the newspaper Meia Hora de Notícias based on the discursive and linguistic levels and understand such brands as orality approximation strategies the reader. Our hypothesis is that orality simulation is a popular journalism strategy, so the presence of orality of occurrences in the headlines. We analyzed 365 newspaper covers and opted for a more detailed analysis of 30 headlines. We focus on the discursive field, which includes the narrative, the cultured language x popular language, fixed formulas, the triadic phrases and the involvement of the narrator in the journal news. In the linguistic field, highlight the phonetic, lexical and morphological aspects in order to understand how to configure the orality of resources used by Meia Hora de Notícias.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-09-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.