• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Clébia Rodrigues de Carvalho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Furlan, Sueli Angelo (Presidente)
Cruz, Rita de Cassia Ariza da
Sansolo, Davis Gruber
Título em português
Uma abordagem geográfica do turismo em Porto Seguro
Palavras-chave em português
Políticas de turismo nacionais
Porto Seguro
Prodetur
Produção do espaço
Turismo
Resumo em português
Este estudo apresenta os vários processos de ocupação socioeconômica do extremo sul da Bahia e principalmente as implicações socioambientais decorrentes do turismo. Com a abertura da BR 101 em meados da década de 1950, e seu asfaltamento no início dos anos 1970, o turismo se desenvolveu e se impôs como atividade econômica principal da região, devido aos seus inúmeros recursos turísticos. As novas formas de (re)ordenar o espaço físico, decorre de intervenção do Estado em paralelo com o Prodetur - NE, a partir dos anos 1990, quando o turismo estaria em sua fase de saturação. Dessa forma, o Programa de Desenvolvimento do Turismo no Nordeste, atinge Porto Seguro e seus arredores, visando ampliação e/ou modernização de infra-estrutura turística. Este acelerado crescimento urbano em Porto Seguro, não se fez em conjunto com nenhum tipo de planejamento adequado, gerando, assim, uma ocupação desordenada do espaço urbano. A cidade cresceu, mas sem um adequado acompanhamento da infraestrutura básica como o sistema de abastecimento de água, fornecimento de energia elétrica e calçamento das ruas, além, da ocupação imobiliária, a alteração e descaracterização da paisagem, o deslocamento das populações, o aumento demográfico sazonal, e o conseqüente aumento na produção de esgoto e lixo, etc. Diante desse contexto, e considerando que o turismo desponta, nos últimos anos, como importante fenômeno social e fator de desenvolvimento econômico, através da revalorização dos recursos locais disponíveis e a conseqüente dinamização da economia local e regional, o poder público tem incentivado o desenvolvimento da atividade turística elegendo-a como uma saída para o crescimento local. No entanto, as políticas de turismo nacionais precisam ser repensadas em função da própria dinâmica da atividade, procurando assegurar a sustentabilidade com um modelo de desenvolvimento turístico planejado no sentido de manter a sua permanência a longo prazo, integrando as populações locais e a minimização ou, na melhor das hipóteses, a eliminação das implicações socioambientais e culturais.
Título em inglês
A geographical approach of tourism in Porto Seguro city
Palavras-chave em inglês
National policies on tourism
Porto Seguro
Prodetur
Production of space
Tourism
Resumo em inglês
This study presents the various processes of socioeconomic occupation of the south of Bahia and especially the implications arising out socio tourism. With the opening of BR 101 in the mid-1950, and its asphalt in the early 1970s. tourism has developed and has found itself as the regions main economic activity, due to its numerous tourist resources. New forms of (re)order the physical space, follows the intervention of the State in parallel with the Prodetur NE, from the 1990s, when tourism was at its stage of saturation. Thus, the Program for Development of Tourism in the Northeast, is Porto Seguro and its surroundings, aiming at expandind and / or modernization of tourist infrastructure. This rapid urban growth in Porto Seguro, is not made in conjunctions with any kind of adequate planning, creating thereby a disordenely occupation of urban space. This city grew, but without a proper monitoring of basic infrastructure such as water system, supply of electric power and paving the streets, apart from occupying building, the change of scenery and adulteration, the displacement of populations, the seasonal population growth and the consequent increase in the production of sewage and garbage, etc. In this context, and considering that tourism became, in recent years as a social phenomenon and important factor of economic development through the upgrading of local resources available and consequently boosting the local and regional economy, the government has encouraged the development of activity tourist choosing it as an outlet for the local population growth. However, the national tourism policies must be reconsidered in light of the very dynamics of activity, while ensuring the sustainability with a model for planned tourism development in order to maintain its permanence in the long term, integrating the local population and minimizing or, in best-case scenario, the elimination of socioenvironmental and cultural implications.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-03-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.