• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2010.tde-27012011-144716
Documento
Autor
Nome completo
Jonas Alves da Silva Junior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Silva, Maria de Lourdes Ramos da (Presidente)
Almeida, Maria Isabel de
Araujo, Valeria Amorim Arantes de
Rangel, Mary
Sekkel, Marie Claire
Título em português
Rompendo a mordaça: representações de professores e professoras do ensino médio sobre homossexualidade
Palavras-chave em português
diversidade sexual
educação sexual
homossexualidade
preconceito
representação social
Resumo em português
A complexidade da sexualidade humana, bem como a admissão da existência de uma diversidade sexual foram (e ainda são) rechaçadas na escola, ocasionando não raro a discriminação e a exclusão de alunos/as que não se enquadram nos padrões heterossexistas prestigiados socialmente. Por essa razão, nesta pesquisa, investigam-se as representações que professores/as do Ensino Médio de duas escolas públicas paulistanas têm sobre homossexualidade e diversidade sexual no cotidiano escolar, buscando-se um maior aprofundamento teórico e interpretativo. Para chegar ao objetivo proposto, a pesquisa de campo foi realizada com base em um questionário semiestruturado, com questões abertas e fechadas. Como referencial teórico, utilizaram-se autores da área dos Estudos Culturais (teoria queer) e dos teóricos da Representação Social. Os dados quantitativos da pesquisa foram apresentados em forma de gráfico comparativo (entre as duas escolas), e os dados qualitativos foram divididos em três blocos de interpretação (representações, formação de professores e diversidade sexual na escola) e analisados em três categorias de análise, com base nas falas dos/as professores/as: 1) representações da homossexualidade sob viés de preconceito evidente; 2) representações da homossexualidade sob viés de preconceito latente; 3) representações da homossexualidade na perspectiva democrática e inclusiva. Os resultados obtidos são de grande relevância para a Educação Sexual, bem como para a cultura do respeito à diversidade, pois permitem detectar as diferentes formas com que o preconceito a cidadãos não heterossexuais instalam-se na escola. Além disso, os resultados evidenciam que a conexão entre discriminação e homossexualidade funda-se em uma questão cultural, enraizada em dogmas, crenças e representações construídas socialmente para conservar a hegemonia da heterossexualidade e, por conseguinte, subalternizar e inferiorizar as orientações sexuais consideradas não-padrão.
Título em inglês
Breaking the silence: representations of high school teachers on homosexuality
Palavras-chave em inglês
homosexuality
prejudice
sex education
sexual diversity
social representation
Resumo em inglês
The complexity of human sexuality, as well as the admission of the existence of sexual diversity were (and still are) rejected by the school, often leading to discrimination and exclusion of students that do not fit in socially prestigious heterosexist standards. Therefore, in this research are investigated the representations that teachers of two public paulistana's high schools have about homosexuality and sexual diversity in school life, seeking a deeper theoretical and interpretive approach. To reach the objective, the field research was conducted based on a semi-structured questionnaire with open and closed questions. The theoretical authors used were from Cultural Studies field (queer theory) and the theory of Social Representation. Quantitative data from the survey were presented in a comparative graph form (between the two schools), and qualitative data were divided into three blocks of interpretation (representation, teachers formation and sexual diversity in school) and analyzed in three categories of analysis, based on the speech of the teacher: 1) representations of homosexuality under the bias of evident prejudice, 2) representations of homosexuality under latent prejudice bias, 3) representations of homosexuality in a democratic and inclusive perspective. The results are of great relevance to sexual education and to the culture of respect for diversity, it can detect the different ways that prejudice against non-heterosexual citizens is established in school. Furthermore, the results show that the connection between discrimination and homosexuality is based on a cultural issue, rooted in dogmas, beliefs and representations socially constructed to preserve the hegemony of heterosexuality and consequently to undervalue and to degrade sexual orientations considered nonstandard.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-02-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.