• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.44.1995.tde-26102015-163940
Documento
Autor
Nome completo
Roberto Hisayoshi Sameshima
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1995
Orientador
Banca examinadora
Yamamoto, Jorge Kazuo (Presidente)
Kahn, Henrique
Suslick, Saul Barisnik
Título em português
O erro geométrico na avaliação de reservas do minério residual de fosfato do complexo alcalino de Anitápolis-SC
Palavras-chave em português
Brasil
Geologia
Reserva mineral
Resumo em português
Este trabalho apresenta o problema do erro geométrico, que ocorre na avaliação de reservas de um corpo mineral. O erro geométrico é dado pela diferença na reserva entre os limites interpretado e verdadeiro do corpo de minério. Como o limite verdadeiro só será conhecido após a lavra total do depósito, o erro geométrico verdadeiro somente seria conhecido no fim da vida útil da mina. Entretanto, é possível utilizar uma reserva padrão, calculada por algum método, e utilizá-la como referência para uma estimativa do erro geométrico, a partir da diferença de reserva observada em relação a outros métodos. Para o cálculo da reserva padrão, é necessário definir o método de cálculo, que permita o cálculo do volume com exatidão. Assim, os métodos de cálculo de reservas: perfis padrão, perfis lineares, volumes a partir de modelos digitais de superfícies e blocos de cubagem por métodos computacionais, foram utilizados para aferir volumes de figuras geométricas conhecidas. Os resultados apontaram o método dos perfis padrão e o método de cálculo dos volumes a partir de modelos digitais de superfícies com os mais exatos. Entre os dois métodos, foi escolhido o primeiro, justamente por permitir uma interpretação geológica do corpo de minério através das seções, bem como reconstituir a geometria do corpo de minério. Dessa forma, a reserva padrão foi tomada como aquela determinada pelo método dos perfis padrão e as diferenças de reservas dos demais métodos, forma atribuídas ao erro geométrico. A metodologia descrita foi empregada na estimativa do erro geométrico no cálculo de reservas do minério residual de fosfato do Complexo Alcalino de Anitápolis, S.C. Nesse caso, o erro geométrico verificado para o volume a partir de MDS foi maior, seguido dos blocos de cubagem dos métodos computacionais e, finalmente, pelo método dos perfis lineares. A grande diferença em relação aos métodos de volumes calculados a partir de MDS foi devido à interpretação das seções geológicas, que obviamente não são feitos durante a interpolação linear dos triângulos. Por outro lado, o erro geométrico em relação aos blocos de cubagem dos métodos computacionais, foi menor, pela compensação entre volumes excluídos e incluídos e, por isso, não reconstituem fielmente a geometria do corpo minério.
Título em inglês
Not avzilable.
Palavras-chave em inglês
Not available.
Resumo em inglês
This dissertation presents the problem of the geometric error, which occurs in ore reserve estimation of an ore body. The geometric error is given by the difference between the interpreted and actual boundaries of the ore body. As the actual boundary will be known just when all ore is mined, the geometric error could be known at the end of mining. However, it is possible to use a standard reserve, computed with any method, and use this as reference value for an estimation of geometric error. In order to establish the standard reserves, it is necessary to define the method of evaluation, which allows an accurate volume determination. This way, the methods of reserve estimation: standard section, linear section, volumes computed from digital surface models, and blocks estimated by computational methods, were used to calibrate the volumes of known geometric forms. The results pointed out that the method of standard section and the method of volumes from digital surfaces models were most accurate. Between them, it was choosen the first method, because this one allows a geological interpretation of ore body and it reconstitutes the geometry of ore body. In this way, the standard reserve was taken as determined by the method of standard section, and the reserves differences of other methods were assigned to the geometric error. The described methodology was applied to the estimation of geometric error of phosphate weathered ore from the Alkaline Complex of Anitápolis, State of Santa Catarina, Brasil. Here, the largest geometric error was due to the volumes computed from digital surface models, followed by the blocks estimated by computational methods. The large difference related to the volumes computed from digital surface models, was assigned to the interpretation of geological sections, which is not considered in the linear interpolation in the triangles. On the other side, the blocks estimated by computational methods, the geometric error was less, due to the balance between excluded and included volumes, and consequently this method does not reconstitute with accuracy the geometry of the ore body.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-10-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.