• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Livre Docencia
DOI
10.11606/T.44.2013.tde-18112013-164937
Documento
Autor
Nome completo
Oswaldo Siga Junior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Banca examinadora
Brito Neves, Benjamim Bley de (Presidente)
Fiori, Alberto Pio
Heilbron, Monica da Costa Pereira Lavalle
Pimentel, Marcio Martins
Tassinari, Colombo Celso Gaeta
Título em português
Geocronologia da porção sul do Terreno Apiaí: implicações tectônicas
Palavras-chave em português
Geocronologia
Geotectônica
Leste
Paraná
Resumo em português
O principal objetivo deste trabalho é apresentar uma síntese dos dados geocronológicos atualmente disponíveis para as seqüências metavulcanossedimentares que ocorrem na porção sul do Terreno Apiaí, leste do Paraná, sul-sudeste do território brasileiro. Os dados obtidos, principalmente nesta última década, têm modificado substancialmente o cenário tectônico do sul-sudeste brasileiro, identificando a presença de bacias extensionais (rifts continentais) com magmatismo e sedimentação associada do final do Paleoproterozóico (1.790-1.7 50 Ma) e do Mesoproterozóico (1.600-1.450 Ma). O desonvolvimento desses processos parecem ter se iniciado no final do Paleoproterozóico (Núcloos Betar4 Perau e Apiaí Mirim), evoluindo para bacias mais amplas durante o Mesoproterozóico (sequências met¿vulcanossedimentares Betera, Perau, Votuverava e Água Clara). No continente Sul-Americano registros geológicos similares são reconhecidos, de modo desoonlínuo, ao longo de grande parte de sua porção centro-ofiental. Associam-se a importantes cicatrizes relacionadas a processos de ruptura de grandes massas continentais aglutinadas durante o Paleoproterozóico (Supercontinente Columbia - Rogers & Santosh, 2002). Padrão distinto é observado pam a Seqüência Itaiacocq que ocupa a porção setentrional do Teneno Apiaí. O estudo geológico-geocronológico caracûerizou a existência de dois conjuntos litológicos temporalmente distintos, o primeiro com idades mínimas de deposição relacionadas ao final do Mesoproterozóico/inlcio do Neoproterozóico (associagão plataformal carbonática: 1.030-980 Ma). O segundo conjunto é representado principalmente por met¿psarnitos/metalulcânicas com idades de deposição relacionadas ao Neoprotorozóico (645-628 Ma). Os períodos assinalados, relacionam-se lrum contexto tectônico a processos de ruptura do Supercontinente Rodlnia (metabásioas de naturezø toleltical subalcalina: 1.030-908 Ma) e a processos deposicionais associados a aglutinação do Supercontinente Gondwana (metatraquitos ultrapotissicos : 645-628 Ma). No âmbito do Teneno Apiaí valores do intervalo 630-600 Ma relacionam-se as principais épocas de formação dos Batolitos TrEURs Cónegos (intrusivo na Seqüência ,A.gua Ctara) e Cunhaporanga (intrusivo nas Seqäências ltaiacoca e Abapã), considerados representantes de ¿¡rcos magmáticos Neoproterozóicos. Valores isotópicos pouco mais jovens referem-se a época de deposição da sequência metassedimentar Iporanga e Antinha (590-570 Ma), a colocagão dos maciços gmníticos do Ceme, Rio Abaixo, Passa Três (580-560 Ma) e desenvolvimento de bacias sodimentares tipo Castro e Camarinha (-550 Ma). O atual quadro tectônico, estabelecido no final do Neoprote¡oáico, com registros do Cambriano, é o resultado de processos de colagens relacionados à formação do Gondwana Ocidental.
Palavras-chave em inglês
Not available.
Resumo em inglês
The aim of this work is the presentat¡on of a synthesis of available geochronological data for the metavolcano-sedimentary sequences which occur in the southern part of the Apiaí Terrane of eastern Paraná in south-southeastern Brazil. These data, especially those obtained during the last decade, have made substantial modifications to the tectonic scenario of south-southeastern Brazil with the recognition of the presence of extensional basins (continental rifts) with magmatism and sedimentation at the ends of the Paleoproterozoic (1,790 - 1,750 Ma) and of the Mesoproterozoic (1,600 - 1,450 Ma). These processes started at the end of the paleoproterozoic in the Betara, Perau and Apiai Mirim nuclei, and the basins became wider during the Mesoproterozoic with the deposition of the Betara, perau, votuverava and Água Clara metavolcanosedimentary sequences. ln the South American continent similar but discontinuous geological registers are recognized in a large part of central-southern region. They are associated with important scars left by the break-up of large continental masses which were united dur¡ng the Paleoproterozoic in the Columbia Supercontinent (Rogers & Santosh, 2002). A different pattern is found for the ltaicoca Sequence which occupies the northern part of the Apiaí Terrain. Here two rock associations of different ages are found, with minimum deposition ages at the end of the Mesoproterozoic or beginning of the Neoproterozoic. The first is a metamorphosed 1,030 - 990 Ma carbonate platform association with subalkaline, tholeiitic metabasic rocks, while the second mainly contains metapsammites and metavolcanic rocks including ultrapotassic trachytes deposited during the Neoproterozoic between 645 and 628 Ma. These two periods are associated respectively with the break-up of Rodínia, and with the agglutination of Gondwana. ln the Apiaí terrain the Três Córregos batholiths which cuts the Água Clara sequence, and the Cunhaporanga batholiths which cuts the ltaicoca and Abapã sequences were intruded during the 630 - 600 Ma interval, and are belleved to represent magmatic arcs. Younger deposition ages are found for the lporanga-Antinha metasedimentary sequence (590 - 570 Ma), for the intrusion of the Cerna, Rio Abaixo and Passa Três granites (580 - 560 Ma), and for the development of the Castro and Camarinha sedimentary basins (~550 Ma). The present tectonic picture was set up at the end of the Neoproterozoic and beginning of the Cambrian, and is a consequence of the processes which formed western Gondwana.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-11-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.