• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Livre Docencia
DOI
10.11606/T.11.2014.tde-02092014-095652
Documento
Autor
Nome completo
Fernando Dini Andreote
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2014
Banca examinadora
Cardoso, Elke Jurandy Bran Nogueira (Presidente)
Cerri, Carlos Eduardo Pellegrino
Maldonado, Gabriel Padilla
Melo, Vania Maria Maciel
Moreira, Fatima Maria de Souza
Título em português
Estrutura e função do microbioma de solos brasileiros
Palavras-chave em português
Biodiversidade
Ecologia microbiana
Métodos independentes de cultivo
Microbiologia do solo
Resumo em português
O conhecimento da diversidade microbiana é um dos temas mais explorados dentro da ciência nos últimos anos. O recente acesso a grande maioria dos microrganismos, com base em metodologias independentes de cultivo, deu origem ao termo microbioma, uma das áreas mais recheadas de novidades, e uma das linhas de pesquisa mais promissoras na busca por inovações teóricas e tecnológicas. Dentre todos os ambientes, o solo é aquele que hospeda a maior diversidade microbiana, composta por valores de aproximadamente 109 células microbianas por grama de solo, divididas em algo em torno de 10 mil a 30 mil diferentes ‘espécies’. Este manuscrito visa portanto, demonstrar os avanços realizados no estudo do microbioma presente em solos brasileiros, oriundos de áreas naturais, como manguezais ou solos da caatinga nordestina; e solos utilizados para a produção agrícola, com destaque para aqueles cultivados com cana-de-açúcar. Dentro do estudo das áreas naturais, destacam-se os avanços realizados nos solos de manguezais, onde o microbioma foi descrito, tanto com base na taxonomia, como na base funcional deste ambiente em diferentes estados de contaminação. Com relação às áreas agrícolas, solos cultivados com cana-de-açúcar estão sendo estudados, visando a detecção de padrões biogeográficos na estruturação do microbioma de tais áreas, bem como auxiliando na descrição dos grupos microbianos intimamente relacionados com as plantas
Título em inglês
Structure and functioning of the microbiome in brazilian soils
Palavras-chave em inglês
Biodiversity
Culture-independent methods
Microbial ecology
Soil microbiology
Resumo em inglês
The knowledge on microbial diversity is one of the most revolutionary themes in science in the last years. The recent assess to the majority of microorganisms, based on culture- independent methodologies, originated the term microbiome, one of the field most filled with novelties, and one of the most promising research line in the search for theoretical and technological innovations. Among all environments, soils harbor the bigger microbial diversity, being it composed by values of approximately 109 microbial cells per gram of soil, spread in something around 10 to 30 thousands distinct ‘species’. This manuscript aim to demonstrate the advances promoted in the assessment of microbiomes in Brazilian soils, encompassing natural areas, such as mangroves and soils from the Northwest Caatinga; or soils used for agriculture, remarking the soils cultivated with sugarcane. Among the studies performed in natural areas, it is highlighted the advances achieved in mangrove soils, where the microbiome was described based on taxonomical units, and also in the functional features, found in this ecosystem under distinct levels of contamination. Concerning agricultural fields, soils cultivated with sugarcane have been addressed, supporting the detection of biogeographical patterns in the structuring of microbial communities, and being used for the description of microbial groups intimately interacting with plants
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-09-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.