• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.99.2014.tde-05052015-141155
Documento
Autor
Nome completo
Karen Eliane de Oliveira Gaester
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Casseb, Jorge Simão do Rosário (Presidente)
Levi, José Eduardo
Silva, Roberto José Carvalho da
Título em português
Infecção do Papilomavírus Humano no fluído oral em homens infectados pelo HIV: prevalência da infecção e sua relação com os fatores de risco
Palavras-chave em português
Brasil
fluído oral
HIV-1
HPV
Resumo em português
O Papilomavírus Humano é uma das infecções sexualmente transmissíveis mais comuns no mundo. A história natural da infecção oral pelo HPV não é bem esclarecida e seus fatores de risco não são bem explorados. Pessoas imunocomprometidas, como pacientes infectados pelo HIV, apresentam maior risco para a infecção pelo HPV.Objetivo: determinar a prevalência do HPV no fluído oral de homens infectados pelo HIV e sua relação com os fatores de risco. Casuística: Um total de 283 amostras de lavado oral foram analisadas. Todas as amostras passaram por processos de lavagem, extração de DNA, amplificação do DNA por PCR convencional (MY09/11), eletroforese em gel de agarose e as amostras positivas para HPV DNA foram submetidas à genotipagem do HPV por meio de hibridização. Resultados: A genotipagem do HPV identificou a presença dos tipos 06, 16, 44, 51, 56, 58, 62, 66, 67, 69, 72, 83 e 84. O tipo mais prevalente no grupo de alto risco foi HPV-66 e no grupo de baixo risco HPV-6 e 83. Em relação aos fatores de risco, o tabagismo foi o único fator considerado significativo [OR (CI) = 10,04 (1,98 - 50,92), p>0,01] para a infecção do HPV oral em homens infectados pelo HIV em São Paulo, Brasil Discussão: A prevalência do HPV oral é altamente variável em decorrência de fatores como método de coleta e análises das amostras. Apesar de dados sobre a infecção pelo HPV em homens serem escassos, estudos mostram que grande parte dos homens brasileiros são infectados pelo vírus. O fator de risco principal é a exposição sexual de risco, porém, outros fatores são considerados como possíveis para aquisição do HPV como o tabagismo, consumo excessivo de álcool e a infecção pelo HIV. Conclusão:. A prevalência do HPV oral nos indivíduos estudados foi de 3,5%, e dentre os tipos encontrados, a maioria não são encontrados na vacina do HPV comercialmente disponível.
Título em inglês
Human Papillomavirus infection in the oral fluid of HIV-infected men: Prevalence and relation with risk factors
Palavras-chave em inglês
Brazil
HIV-1
HPV
oral fluid
Resumo em inglês
Human Papillomavirus is one of the most common sexually transmitted infection worlwide. The natural history of oral HPV infection is unclear and its risk factors have not been explored. Immunocompromised people, as exemplified by HIV patients, are at high risk for HPV-infection. Objectives: To determine the prevalence of HPV in the oral tract of HIV-1-positive male subjects and its association with risk factors. Case series: A total of 283 oral wash samples were analyzed. All samples were processed by washing processes, DNA extraction, DNA amplification by conventional PCR (MY 09/11), agarose gel electrophoresis and HPV DNA positive samples were submitted to HPV genotyping by hybridization. Results: HPV genotyping revealed of types 06, 16, 44, 51, 56, 58, 62, 66, 67, 72, 83 and 84; major high risk HPV type identified was HPV-66 and low risk types were HPV-6 and 83. Regarding risk factors, smoking was the only risk factor considered significant [OR (CI) = 10,04 (1,98 - 50,92), p>0,01] for the oral HPVinfection in HIV-1-infected subjects in São Paulo, Brazil. Discussion: The prevalence of oral HPV is highly variable due to factors such as method of collection and analysis. Although data on HPV infection in men are scarce, studies show that most Brazilian men are infected by the virus. The main risk factors are unprotected sexual intercourse, but other factors for this infection have been described elsewhere including smoking, alcohol consumption and HIV-positive serostatus. Conclusion: the prevalence of oral HPV in the individuals studied was 3.5% and among the types analyzed, most are not found in HPV vaccine commercially available.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
KarenEOGAESTER.pdf (981.34 Kbytes)
Data de Publicação
2015-06-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.