• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.96.2010.tde-06052010-140536
Documento
Autor
Nome completo
João Carlos de Aguiar Domingues
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2010
Orientador
Banca examinadora
Godoy, Carlos Roberto de (Presidente)
Nakao, Sílvio Hiroshi
Santos, Edmilson Moutinho dos
Título em português
Perda do valor de recuperação em ativos de exploração e produção de petróleo e gás
Palavras-chave em português
Contabilidade para o setor petrolífero
Impairment
Valor recuperável
Resumo em português
A atividade de exploração e produção (E&P) de óleo e gás caracteriza-se por ser tipicamente de capital intensivo, envolver altos riscos e longos prazos de maturação dos investimentos, evidenciando valores significativos dos ativos empregados e apresentando, consequentemente, dificuldade na recuperação dos valores capitalizados. Assim, o teste para verificar a recuperação dos valores dos ativos impairment tem importância acentuada para o setor. Nesse contexto, o presente trabalho objetivou identificar o impacto das variações no preço do petróleo e no volume de reservas provadas sobre a perda do valor de recuperação (impairment) atribuída aos ativos de E&P de empresas petrolíferas listadas na NYSE, durante o período que correspondeu aos relatórios contábeis de 2003 a 2008. Para tal: (i) foram caracterizadas a indústria e a contabilidade para o setor petrolífero, sobretudo o seu principal segmento, de E&P; (ii) foram levantadas as principais normas norte-americanas, internacionais e brasileiras que orientam a metodologia do teste de impairment, evidenciando suas diferenças; (iii) foi apresentada a aplicação do teste de impairment especificamente na indústria petrolífera e (iv) foram levantadas evidências empíricas para serem identificadas as influências das variáveis selecionadas sobre a despesa de impairment atribuída ao segmento de E&P. Na caracterização da indústria petrolífera e de sua contabilidade ficaram evidentes características peculiares como, por exemplo, a possibilidade de escolha de um dos dois métodos de contabilização para os gastos incorridos nas atividades de E&P. Na análise das normas que orientam o teste de impairment, constatou-se que, apesar das consideráveis semelhanças, as diferenças observadas podem distorcer o real objetivo do instrumento, que é o de garantir que os registros contábeis retratem o valor mais acurado possível dos benefícios econômicos futuros que os ativos podem gerar à entidade. Na análise da aplicação do teste na indústria petrolífera, ficou evidente o risco existente na atividade de E&P, o que atribui a seus ativos uma incerteza na realização dos fluxos de caixas futuros. E, por fim, na análise de como as variáveis selecionadas se relacionam e, consequentemente, influenciam as Despesas de Impairment de E&P, observou-se, principalmente, a relação inversa dessa variável com os valores de Descobertas. Esses resultados dão indícios de que a variável Descoberta deve ser premissa levada em consideração no cálculo do valor de recuperação de um ativo de E&P.
Título em inglês
Impairment in oil and gas exploration and production assets
Palavras-chave em inglês
Impairment
Petroleum accounting
Recoverable amount
Resumo em inglês
Oil and gas exploration and production (E&P) is characterized as an activity that is typically capital-intensive, involves high risks and long investment maturity terms, with high values of assets used and, consequently, difficulties to recover capitalized amounts. Hence, impairment tests are very important to the sector. In that context, this research aimed to identify the impact of variations in oil prices and proven reserve volumes in the impairment of E&P assets of oil companies listed on NYSE, during the period corresponding to the financial statements between 2003 and 2008. Therefore, (i) the industry and accounting for the oil sector were characterized, particularly its main segment, which is E&P, (ii) the main North American, international and Brazilian standards were survey which guide the impairment test method, evidencing differences, (iii) the application of the impairment test was presented, specifically in the oil industry, and (iv) empirical evidence was raised to identify the influences of the identified variables on impairment expense attributed to the E&P segment. In the characterization of the oil industry and its accounting, peculiar characteristics were evidenced, such as, for example, the possibility to choose between one of two methods to account for costs incurred in E&P activities. In the analysis of the standards guiding the impairment test, it was verified that, despite considerable similarities, the observed differences can distort the true goal of this instrument, which is to guarantee that accounting records picture the value of the future economic benefits the assets can create for the entity as precisely as possible. In the analysis of the test application to the oil industry, the risk of E&P activities was evidenced, which entails uncertainty for the realization of these assets future cash flows. And, finally, in the analysis of how the selected variables are related and, consequently, influence Impairment Expenses of E&P, the main observation was related to the inverse relation between this variable and the values of Discoveries. These results indicate that the Discovery variable should be a premise taken into account when calculating the recovery value of an E&P asset.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-07-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.