• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.96.2015.tde-20072015-144106
Documento
Autor
Nome completo
Flavia Oliveira do Prado Vicentin
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2015
Orientador
Banca examinadora
Galina, Simone Vasconcelos Ribeiro (Presidente)
Bataglia, Walter
Bonacelli, Maria Beatriz Machado
Porto, Geciâne Silveira
Viana, Adriana Backx Noronha
Título em português
Alianças e a sua contribuição no desenvolvimento da capacidade de absorção e no desempenho inovador das empresas dedicadas à biotecnologia
Palavras-chave em português
Alianças
Capacidade de absorção
Empresas dedicadas à biotecnologia
Inovação
Resumo em português
Os mercados cada vez mais competitivos fazem com que as empresas busquem novas formas organizacionais e desenvolvam "capacidades dinâmicas" a fim de sobreviver no mundo globalizado. Nesse contexto, a inovação se tornou tema central para a competitividade. As fontes de inovação estão cada vez mais diversificadas e dispersas geograficamente, as empresas utilizam fontes internas e externas para o desenvolvimento de soluções inovadoras e modelos de negócios diferenciados. Estudos afirmam, que durante todos os anos, são produzidos milhares de artigos científicos que envolvem a biotecnologia, mostrando que é um dos campos mais promissores do mundo, com implicações importantes para economia global. A biotecnologia é caracterizada por ser baseada na ciência, ser multidisciplinar e o seu desenvolvimento é realizado por meio da interface com diversos atores, sendo altamente dependente do seu ambiente institucional. Assim, dado o contexto da biotecnologia, as lentes da teoria das capacidades dinâmicas são úteis para verificar a construção do conhecimento que conduz ao desenvolvimento de novos produtos, já que as empresas não podem depender somente do desenvolvimento do conhecimento interno, elas devem absorver conhecimentos relevantes de fontes externas. No setor de biotecnologia, verifica-se uma série de casos de alianças para melhoria de competitividade global por meio da inovação em sua forma mais ampla, incluindo desenvolvimento de novos produtos, de novos formatos para negócios, de novos mecanismos organizacionais. Como a capacidade de absorção é vista como um dos elementos das capacidades dinâmicas e tornou-se fator crítico para o sucesso dessas empresas, o presente estudo tem como objetivo verificar se as alianças contribuem para o desenvolvimento da capacidade de absorção e o desempenho inovador das empresas dedicadas à biotecnologia. O estudo é classificado como exploratório-descritivo e foi conduzido em duas etapas: quantitativa e qualitativa. Na etapa qualitativa foram realizados cinco estudos de caso e na quantitativa foram enviados questionários à 270 empresas do setor de biotecnologia, instaladas no Brasil, Portugal e Espanha. Verificou-se, por meio do estudo, a importância das alianças no desenvolvimento das quatro dimensões da capacidade de absorção. Ademais, identificou-se que as alianças também influenciam no desempenho inovador das empresas. Pode-se ainda relatar que a idade das empresas influencia na assimilação do conhecimento e a experiência do gestor influencia tanto a assimilação quanto a transformação do conhecimento. Por fim, verificou-se também que as parcerias no exterior levam as empresas a um desempenho inovador superior. Dessa forma a pesquisa contribuiu para o desenvolvimento da literatura sobre capacidade de absorção, bem como pode auxiliar os gestores das empresas dedicadas à biotecnologia e dos habitats de inovação por meio do modelo proposto para o desenvolvimento da capacidade de absorção e, para o governo, na formulação de políticas e incentivos para o desenvolvimento da biotecnologia.
Título em inglês
Alliances and its contribution to the development of absorptive capacity and innovation performance of dedicated biotechnology firms
Palavras-chave em inglês
Absorptive capacity
Alliances
Dedicated biotechnology firms
Innovation
Resumo em inglês
The increasingly competitive markets mean that companies seek new organizational forms and develop "dynamic capabilities" in order to survive in the globalized world. In this context, innovation has become central to competitiveness. Sources of innovation are increasingly diverse and geographically dispersed; companies use internal and external sources for the development of innovative and differentiated business models. Studies claim that during each year produce thousands of scientific articles involving biotechnology, showing that it is one of the most promising fields in the world, with important implications for the global economy. Biotechnology is characterized as a science-based, multidisciplinary and its development is carried out through the interface with different actors, being highly dependent on its institutional environment. Thus, given the biotech context, the dynamic capabilities theory of lenses are useful to verify the construction of knowledge that leads to the development of new products, since it is dependent on new knowledge and business cannot depend on only development of internal knowledge, they must absorb relevant knowledge from external sources. In the biotechnology sector, there are series of alliances to improve global competitiveness through innovation in its broadest form, including development of new products, new formats for business, new organizational mechanisms. As the absorptive capacity has seen as one of the elements of dynamic capabilities and has become critical to the success of these companies, this study aims to determine whether the alliances contribute to the development of absorptive capacity and the innovation performance of dedicated biotechnology firms. The research is classified as exploratory and descriptive study since it was conducted in two phases: quantitative and qualitative. The qualitative analysis was collected from five case studies and quantitative questionnaires were sent to 270 companies in the biotechnology sector, installed in Brazil, Portugal and Spain. It has found the importance of alliances in the development of the four dimensions of absorptive capacity. In addition, we identified also that alliances influence the innovation performance of firms. One can also report that the age of the company influences the assimilation of knowledge and the manager's experience influences both the assimilation and the transformation of knowledge. Finally, the study also has found that alliances abroad lead to companies having a higher innovation performance. Thus, the research contributed to the development of literature on absorptive capacity and could assist managers of companies dedicated to biotechnology and innovation habitats through the proposed model to develop absorptive capacity and, to the government, in the formulation of policies and incentives for development of biotechnology.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-07-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.