• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.93.2012.tde-04042013-113948
Documento
Autor
Nome completo
Paulo de Tarso Zeminian
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Matuck, Artur (Presidente)
Fortes Junior, Hugo Fernando Salinas
Pratschke, Anja
Título em português
Persistência do visível: representações espaciais contemporâneas
Palavras-chave em português
Cultura visual
Intervisualidade
Ocularcentrismo
Sintaxe da imagem
Tecnologias de visualização
Resumo em português
O diálogo entre a visualidade, a história da arte e os meios tecnológicos norteia este estudo. Para tanto, observamos alguns dispositivos maquínicos e sua aplicação na produção e divulgação de imagens. Desde os tempos da Renascença, a representação visual do espaço vem recebendo um impacto direto das tecnologias de geração e reprodução de imagem no contexto da arte e da comunicação. Na pintura, em uma fase inicial, o registro ótico deu-se por meio da perspectiva central, instrumento gráfico eficaz que deu corpo ao conceito de espaço analógico. A partir daí, dissertamos sobre as mutações dos modelos de visão, os dispositivos que, no campo da técnica e da ciência, contribuíram para novas formas de representação visual e espacial. Na época contemporânea, a tecnologia digital associada às telecomunicações propiciou à arte e às mídias uma nova forma visual chamada intervisualidade, caracterizada pela capacidade de ultrapassar as mídias individuais e agregar diversos formatos em uma única visão.
Título em inglês
Visibles persistence: spatial contemporaneous representation
Palavras-chave em inglês
Image syntax
Intervisuality
Ocularcentrism
Visual culture
Visualization technologies
Resumo em inglês
The dialogue between visuality, art history and technological media guides this study. To conduct the investigation, we have observed some mechanical and electronic devices and their application in the production and dissemination of images. Since Renaissance times, the visual representation of space has receivied a directly impact by image generation processes and reproduction technology, in the context of art and communication. In painting, at an early stage, optical representation took place through central perspective, an effective graphic tool that gave substance to the concept of analogic space. From that point on, we talk about the evolution of possible models of vision, devices in the field of technology and science, which have contributed to new forms of visual and spatial representations. At contemporary times, digital technology associated with telecommunications provided, both to art and media, a new visual format called intervisuality, characterized by its potential to transcend individual media aggregating diverse media into an unique vision.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-04-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.