• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.91.2004.tde-29072004-162959
Documento
Autor
Nome completo
Nei Kavaguichi Leite
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2004
Orientador
Banca examinadora
Krusche, Alex Vladimir (Presidente)
Camargo, Antonio Fernando Monteiro
Victoria, Reynaldo Luiz
Título em português
A biogeoquímica do Rio Ji-Paraná, Rondônia.
Palavras-chave em português
água
bacia hidrográfica
biogeoquímica
cobertura do solo
ecologia aplicada
impacto ambiental
rios
usos do solo
Resumo em português
As mudanças no uso da terra que ocorreram no estado de Rondônia nas últimas décadas transformaram a paisagem da região. Especialmente ao longo da BR-364, o que antes era constituído quase que exclusivamente por florestas, hoje apresenta extensas áreas cobertas por pastagens, com impactos ainda desconhecidos no ambiente aquático. O presente trabalho procurou identificar a importância relativa das características naturais e antrópicas da bacia de drenagem na biogeoquímica das águas do rio Ji-Paraná e seus principais tributários, levando-se em consideração que a composição química de um rio reflete os processos que ocorrem em sua bacia de drenagem. Para isto, foi utilizada uma abordagem comparativa, na qual se avaliaram as diferenças entre sistemas com distintos usos e cobertura do solo, além das variações sazonais ao longo do período de estudo (1999-2002). Em relação às variações espaciais, as menores concentrações de analitos foram encontradas nos rios drenando áreas com solos mais arenosos e menor fertilidade, enquanto as maiores foram encontradas nos rios localizados na região central da bacia, com os solos mais argilosos e férteis. Em relação às variações temporais, observou-se que os rios em cujas bacias predominam florestas apresentaram correlações positivas entre a descarga e as concentrações de íons, enquanto que, para os rios em cujas bacias predominam pastagens, apesar de apresentarem correlação, esta foi negativa. Estes resultados poderiam indicar um controle da química destas águas apenas por processos naturais. Entretanto, analisando as variações dos nutrientes C, N e P, observou-se que a presença humana já começa a influenciar a biogeoquímica destes rios.
Título em inglês
The biogeochemistry of ji-Paraná river, Rondonia.
Palavras-chave em inglês
applied ecology
biogeochemistry
environmental impact
land cover
land use
rivers
water
watershed
Resumo em inglês
Land use changes that occurred in the state of Rondonia in the last decades transformed the landscape of this region. Mainly along the road BR-364, what was almost all forest before is now covered with extensive pastures, with impacts in the aquatic systems that are still not known. This dissertation aims the identification of the relative importance of the natural and anthropogenic characteristics of the basin in the biogeochemistry of the Ji-Paraná river and its main tributaries, assuming that the chemistry of river waters reflects what happens in its basin. To achieve that, a comparative approach was used, in which differences between systems with distinct soils and land use/cover were analyzed, as well as seasonal variations during the period of this study (1999-2002). Regarding spatial variations, the lowest concentrations of ions were found in rivers draining areas with sandy and less fertile soils, whereas the highest ones were found in rivers located in the central part of the basin, draining soils with higher clay content and more fertile. In relation to seasonal variations, it was observed that rivers draining basins in which forests predominate show positive correlations between discharge and ionic content, while rivers draining basins with large areas of pastures, showed inverse correlations between discharge and concentrations of ions. These results indicate that the natural characteristics of these basins might be the main controlling factor of river biogeochemistry. However, variations in nutrient concentrations, such as C, N and P, also indicate that human influences are already present in these systems.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
nei.pdf (1.59 Mbytes)
Data de Publicação
2004-08-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.