• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.91.2019.tde-27032019-175408
Documento
Autor
Nome completo
Lauro de Camargo Neto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2018
Orientador
Banca examinadora
Almeida Junior, Antonio Ribeiro de (Presidente)
Andrade, Thales Haddad Novaes de
Carvalho, Aline Vieira de
Molina, Silvia Maria Guerra
Título em português
A crise hídrica da região metropolitana de São Paulo e o jornal Folha de S. Paulo
Palavras-chave em português
Análise crítica do discurso
Análise de enquadramento
Crise hídrica
Folha de S. Paulo
Resumo em português
A análise das notícias publicadas pelo jornal Folha de S. Paulo sobre a crise hídrica que atingiu a região metropolitana de São Paulo nos anos de 2014 e 2015, se dá com o objetivo de identificar qual o discurso ambiental da Folha. Por meio de um levantamento das notícias publicadas entre 2013 e 2016, para observar também a cobertura da temática nos anós pré e pós crise, e utilizando como ferramentas metodológicas a Análise de Enquadramento e a Análise Crítica Do Discurso, coletando dados de quando, por quem e em qual caderno a notícia é classificada, foi possível identificar o viés trazido pelo discurso do jornal frente à temática. Observa-se que o jornal faz um discurso voltado ao utilitarismo dos recursos ambientais, colocando-o a disposição para ser utilizado pela sociedade humana, ao evidenciar como causas da crise hídrica a falta de chuvas e excessivo consumo humano domicilar, negligenciando outros aspectos como políticas públicas para ampliação da coleta de água e expansão dos reservatórios, conscientização da população, proteção das matas ciliares das bacias, entre outros fatores que contribuem para uma compreensão total da problemática ambiental. Essa abordagem culpabilizadora do consumo e dados pluviométricos, protege os gestores das bacias e agências de distribuição de água por não terem capacidade de prever o baixo índice de chuvas. Portanto, o jornal não faz uma cobertura que possibilite ao leitor compreender a complexidade do abastecimento de água da região metropolitana de São Paulo para além de um serviço prestado pelo ambiente para a sociedade. É necessário que os meios de comunicação superem essa visão utilitarista do ambiente natural, debatendo-o como parte integrante, e essencial, da sociedade humana, para que a população também tenha a compreensão que o ambiente natural é importante para sua sobrevivência.
Título em inglês
The metropolitan region of São Paulo water crisis and the newspaper Folha de S. Paulo
Palavras-chave em inglês
Critical discourse analysis
Folha de S. Paulo
Framing analysis
Water crisis
Resumo em inglês
The analysis of the Folha de S. Paulo newspaper on the water crisis that hit a metropolitan region of São Paulo in the years 2014 and 2015, was aimed at identifying the environmental discourse of the journal. Through a survey of the news, between 2013 and 2016, to see also coverage of the issue in the pre and post-crisis annals, and the use of the Critical Discourse Analysis and Framing Analysis, collecting data from when, by whom and in which category it is news, it was possible to identify the content brought by the discourse of the newspaper about the theme. The Folha de S. Paulo discourse is aimed at the utility of environmental resources, making itself available to be used by human society, by showing the causes of the water crisis are low rainfall values and excessive domiciliary use, neglecting others aspects such as public policies for the expansion of water collection and the expansion of reservoirs, awareness of the population, protection of watersheds of the basins, among other factors that contribute to a total understanding of the environmental problem. This guilty approach to consumption and pluviometric data protects managers on the ideia that they can't predict the low rainfall. Therefore, the newspaper does not make a coverage that allows the reader to understand the complexity of water supply in the metropolitan region of São Paulo as well as a service provided by the environment to society. It is necessary for the media to overcome this utilitarian view of the natural environment, debating it as an integral and essential part of human society, so that the population also has a correct understanding of the natural environment for its survival.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-04-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.