• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.91.2018.tde-17072018-154055
Documento
Autor
Nome completo
Manuela Silva Silveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2018
Orientador
Banca examinadora
Marques, Paulo Eduardo Moruzzi (Presidente)
Garavello, Maria Elisa de Paula Eduardo
Lucas, Ademir de
Niederle, Paulo Andre
Título em português
Qualidade dos alimentos e sua construção social: o sistema de inspeção municipal e as feiras dos produtores na aglomeração urbana de Piracicaba
Palavras-chave em português
Feira dos produtores
Produção da agricultura familiar
Qualidade dos alimentos
Sistema de Inspeção Municipal
Resumo em português
A questão central de nosso estudo é compreender como são formadas as concepções de qualidade dos alimentos no âmbito dos mercados de proximidade, especificamente, nas feiras dos produtores. Esta pesquisa teve como referência uma mudança recente no setor agroalimentar, identificada principalmente entre países europeus de uma virada para a qualidade, o quality turn. Observamos um renascimento das feiras, seja por um fortalecimento da importância daquelas já existentes, ou pela criação de novas feiras na região da aglomeração urbana de Piracicaba. Analisamos dois estudos de caso de mercados de proximidade, identificando como estão organizadas e quais são valores que lhes são atribuídos. Com o mesmo intuito, analisamos as normas jurídicas que incidem sobre os dois casos, através do Sistema de Inspeção Municipal (SIM), no entendimento que estas regras também expressam acordos e concepções, os quais são socialmente construídos e disputados. Para tal utilizamos teorias como aquelas da criação do mercado auto-regulável, proposta por Polany (2012), do enraizamento dos mercados de Granovetter (2007) e dos movimentos de apropriacionismo e substitucionismo dos capitais industriais e financeiros, concebida por Goodman, Sorj e Wilkinson, (2008). A mobilização da teoria das convenções contribuiu sobremaneira para expressar as relações desse sistema, seus acordos e disputas através de suas convenções mobilizadas. Da mesma forma, o apoio nos trabalhos desenvolvidos por Storper (1997) e Stræt e Marsden (2006) foram essenciais para uma análise das convenções, em termos das qualidades dos alimentos. Os mercados de proximidade estudados, no caso as feiras de produtores de São Pedro e Rio Claro, representam sim espaços que permitem a construção de novas concepções em relação à qualidade dos alimentos. No caso de São Pedro, encontramos uma 'qualidade localizada', onde a produção local, o conhecimento dos modos de fazer tradicionais, as receitas típicas e utilização de variedades nativas caracterizam a qualidade dos alimentos ofertados na feira. É uma qualidade com grande ancoragem em convenções domésticas e ecológicas, onde se misturam o cuidar da terra e aquele da família. Em Rio Claro, município com um perfil menos rural, ocorre um renascimento da produção local, tanto com produtores que sempre estiveram no setor quanto com 'novos agricultores'. A qualidade encontrada ai é aquela de tipo 'especializada', onde a diferenciação através da obtenção de selos de certificação estão se configurando como o caminho dessa feira. Assim, a qualidade do alimento processado é garantida pela especialização da produção e assegurada pelo SIM, implementado no município. Identificamos que o SIM, no caso específico dos estudos, não contemplam ou estimulam produções locais com qualidade diferenciada, reproduzindo sobremaneira convenções industriais levando a uma especialização das produções locais.
Título em inglês
Food quality and its social construction: the municipal inspection system and the farmers market in the urban agglomeration of Piracicaba
Palavras-chave em inglês
Family farming production
Farmers market
Food quality
Municipal Inspection System
Resumo em inglês
The central question of our study is to understand how the conceptions of food quality are formed, more specifically in the scope of the proximity markets, in the case, in the farmers market. This research had as a reference a recent change in the agrifood sector, identified mainly among European countries, the quality turn, which expresses an aesthetic criticism that opposes the standardization of consumption; an ecological principle that is designed against the impacts generated by the Green Revolution. Our research allowed us to observe a renaissance of the farmers markets, either by strengthening the importance of those already existing, or by creating new markets in the region of the urban agglomeration of Piracicaba. In this sense, we seek to analyze two case studies of proximity markets, identifying how they are organized and what values are attributed to them. With the same intention, we analyze the legal norms that affect both cases, through the Municipal Inspection System (MIS), in the understanding that these rules also express agreements and conceptions, which are socially constructed and disputed. We use theories such as the creation of the self-regulating market proposed by Polany (2012), the embbedeness of Granovetter's markets (2007) and the appropriationist and substitutionist movements of industrial and financial capitals, designed by Goodman, Sorj and Wilkinson , (2008). The mobilization of the theory of conventions has greatly contributed to express the relations of this system, its agreements and disputes through its mobilized conventions. Similarly, support in the works developed by Storper (1997) and Stræt and Marsden (2006) were essential for an analysis of conventions in terms of food qualities. The proximity markets studied, in this case the farmers markets of São Pedro and Rio Claro, represent spaces that allow the construction of new conceptions regarding the quality of food. In the case of São Pedro, we find a 'localized quality', where local production, knowledge of "traditional ways of making", typical recipes and use of native varieties characterize the quality of the foods offered at the farmers market. It is a quality with great anchorage in domestic and ecological conventions, where the care of the land and that of the family are mixed. In Rio Claro, a municipality with a less rural profile, there is a revival of local production, both with producers who have always been in the sector and with 'new farmers'. The quality found there is that of the 'specialized' type, where the differentiation through the obtaining certification stamps are being configured as the way. Thus, the quality of processed food is guaranteed by the specialization of production and ensured by the MIS, implemented in the municipality. We have identified that MIS, in the specific case of the studies, do not contemplate or stimulate local productions with differentiated quality, reproducing a lot of industrial conventions leading to a specialization of local productions.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-07-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.