• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.91.2015.tde-16042015-112003
Documento
Autor
Nome completo
Diléia Santana dos Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2015
Orientador
Banca examinadora
Marques, Paulo Eduardo Moruzzi (Presidente)
Barretto, Alberto Giaroli de Oliveira Pereira
Giannotti, Mariana Abrantes
Lucas, Ademir de
Santos, Rozely Ferreira dos
Título em português
Adaptação da agricultira familiar à aptidão física das terras: distribuição geográfica e fatores determinantes
Palavras-chave em português
Agricultura Familiar
Aptidão Agrícola
Classificação
Produtividade
Resumo em português
A Agricultura Familiar brasileira constitui uma categoria diversificada e heterogênea que congrega um conjunto plural de detentores de posse da pequena e média propriedade e que produz parte significativa dos alimentos que vão à mesa das pessoas. A agricultura familiar normalmente concentra-se em locais de maior incidência de pobreza rural e em terras de baixo potencial produtivo, que por vezes, apresenta alto valor para a conservação. Essas características conferem uma capacidade de adaptação dos sistemas de produção familiares frente às restrições do meio físico. Esse contexto faz com que a agricultura familiar torne-se o foco do desenvolvimento de políticas públicas específicas e de estudos acadêmicos e institucionais. O objetivo desse trabalho foi analisar as principais características intrínsecas e extrínsecas da agricultura familiar através de avaliações das dinâmicas estabelecidas em torno da produtividade e do melhor aproveitamento das condições do meio físico. Primeiramente, fizemos um levantamento dessas características de interesse, mobilizando dados oficiais e de livre acesso, avaliando a correlação entre as variáveis através de estatística multivariada, nos seguintes contextos territoriais: nacional, regionais e estaduais. Posteriormente, avaliamos uma proposta de classificação territorial da agricultura familiar que se baseia na resposta produtiva às diferentes condições do meio físico, analisando a distribuição das características em cada classe produtiva. Nesta etapa, os valores municipais de produtividade (R$.ha-1) foram correlacionados com os valores de aptidão física das terras nos três contextos estudados (Estados, Grandes Regiões e Brasil), o que propiciou a classificação dos municípios em quatro classes: Alto desempenho, Baixo desempenho, Adaptado e Pouco Adaptado. As características da agricultura familiar em cada classe foram submetidas à Análise de Componentes Principais e à Análise de Variância com teste de comparação entre as médias. Os resultados mostraram que o método de classificação foi efetivo nos três contextos territoriais estudados, sugerindo que as políticas públicas de fortalecimento da agricultura familiar são de grande importância para a relativização das limitações do meio físico. E ainda, os fatores relacionados ao melhor aproveitamento das terras disponíveis, a inserção destas políticas em municípios mais desenvolvidos, com oferta efetivas de trabalhos fora das propriedades fomentam o melhor desempenho e adaptação produtiva na maioria dos contextos territoriais estudados.
Título em inglês
Adaptation of Brazilian small-scale "family farming" to different agricultural land suitability conditions: spatial distribution and explaining factors
Palavras-chave em inglês
Classification
Land Suitability
Productivity
Small-holder agriculture
Resumo em inglês
The Brazilian small scale "Family Farming" (ScFF) is a diverse and heterogeneous category that brings together a plural set of small and medium property ownership holders and produces significant part of the food available to table the people. ScFF usually focuses on sites with the highest incidence of rural poverty and low productive potential lands, which sometimes has a high conservation value. These characteristics confer adaptability of family production systems facing the constraints of the physical environment. This context makes the ScFF become the focus of development of specific public policies and academic and institutional studies. The aim of this work was to analyze the main intrinsic and extrinsic characteristics of ScFF through the assessment of the dynamics established around productivity and better performance in restricted environments. First, we conducted a survey of these features of interest, using official and free access data, evaluating the correlation between the variables through multivariate analysis in the following territorial contexts: national, regional and state. Subsequently, we evaluated a proposal for territorial classification of ScFF, which is based on the productive response to different conditions of the environment, analyzing the distribution of ScFF characteristics inserted in each productive class. In this step, the municipal productivity values (R$ .ha-1) were correlated with physical performance values of land in the three contexts studied (National, Major Regions and Brazil), which provided the classification of municipalities into four classes: High Performance, Low performance, adapted and Less Adapted. The characteristics of ScFF in each class were subjected to principal component analysis and analysis of variance followed by comparison tests between the means. Results showed that the method was effective in rating the three territorial contexts studied, suggesting that public policies for strengthening ScFF are of great importance to the relativization of the limitations of the physical environment. It also indicates that the factors related to better use of the land available and the inclusion of such policies in most developed municipalities, with effective job offers outside the property, could promote better performance and yield adaptation in most territorial contexts studied.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-05-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.