• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.91.2005.tde-01072005-144028
Documento
Autor
Nome completo
Michelle Cristine Cogo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2005
Orientador
Banca examinadora
Krusche, Alex Vladimir (Presidente)
Camargo, Antonio Fernando Monteiro
Victoria, Reynaldo Luiz
Título em português
O papel dos sedimentos em suspensão no metabolismo de rios de micro e meso-escala no estado de Rondônia.
Palavras-chave em português
bacia hidrográfica
carbono orgânico
cobertura do solo
ecossistemas aquáticos
Ji-Paraná
metabolismo
Rio
sedimentos
uso do solo
Resumo em português
As águas superficiais da Amazônia, que englobam, dentre outros, rios das mais variadas ordens, desde pequenos igarapés, até o rio Amazonas, um dos maiores do mundo, são um componente importante do funcionamento deste ecossistema de escala continental. Um paradigma acerca dos sistemas fluviais é que estes integram os processos que ocorrem em suas bacias de drenagem e, portanto, alterações na cobertura vegetal e nos usos da terra, podem interferir diretamente nos parâmetros físicos e químicos dos compartimentos aquáticos. Algumas áreas da Amazônia, como o estado de Rondônia, por exemplo, têm sofrido alterações substanciais nas suas bacias de drenagem e as conseqüências destas nos sistemas fluviais ainda são pouco compreendidas. Sabe-se que a conversão de florestas em pastagens, o tipo de alteração mais comum nos ecossistema de Rondônia, resulta na compactação dos solos e no aumento da erosão. Ao mesmo tempo, diversos estudos têm demonstrado que os sedimentos em suspensão, carreados nos rios, podem ser importantes fontes de carbono e outros nutrientes limitantes para o metabolismo aquático. Com base nestas premissas, este estudo visou avaliar a importância dos sedimentos em suspensão grossos (maiores que 63 µm) e finos (menores que 63 µm e maiores 0,1 µm) no metabolismo de alguns rios de Rondônia, sob diversas coberturas e usos da terra. Para tal, as concentrações destes sedimentos foram artificialmente aumentadas em amostras incubadas no escuro, nas quais os consumos de oxigênio indicaram as taxas respiratórias. No caso dos sedimentos em suspensão finos, observaram-se aumentos nas taxas respiratórias em praticamente todos os casos nos quais suas concentrações foram aumentadas. Os sedimentos em suspensão grossos, por outro lado, somente favorecem aumentos nas taxas respiratórias nos períodos de maiores precipitações. Estes resultados relacionam-se com a composição dos sedimentos. Sedimentos em suspensão finos, por sua maior capacidade de adsorver substâncias orgânicas e nutrientes, constituem uma fonte permanente de substrato para o metabolismo aquático. Sedimentos em suspensão grossos, por outro lado, somente carreiam fração substancial de material orgânico durante o período de maiores precipitações, quando os solos são “lavados” pelas enxurradas. Apesar destas diferenças no papel relativo destas duas frações do material particulado no metabolismo destes rios, fica evidente que o aumento da erosão pode acarretar mudanças significativas no metabolismo dos sistemas fluviais da Amazônia.
Título em inglês
The role of suspended sediments in the metabolism of micro and meso scale rivers of Rondonia, Brasil.
Palavras-chave em inglês
aquatic ecosystems
drainage basin
Ji-Paraná river
land cover
land use
metabolism
organic carbon
sediments
Resumo em inglês
Amazonian surface waters, encompassing rivers of distinct orders, from small streams to one of the largest of the world, the Amazon, are important components of the functioning of this continental-scale ecosystem. A paradigm about fluvial systems is that they integrate the processes that occur at their watersheds and, therefore, changes in land use/cover may directly interfere on physical and chemical parameters of the aquatic compartments. In some areas of the Amazon, such as in the state of Rondonia, for example, the landscape has been significantly altered, and the consequences of these changes are still poorly understood. It is well know that the conversion of forests into pastures, a common type of land use change in Rondonia, can cause the compactation of soils and increased erosion rates. At the same time, several studies have demonstrated that suspended sediments can be important sources of carbon and other nutrients to river metabolism. Based on those assumptions, this study aimed the evaluation of the importance of coarse (larger than 63 µm) and fine (smaller than 63 µm and larger than 0,1 µm) suspended sediments on the metabolism of some rivers of Rondonia. This assessment was made through incubations in the dark of samples enriched in sediments, in which the consumption of oxygen indicated respiration rates. In the case of fine suspended sediments, most incubated samples showed increased respiration rates as a result of the concentration of these particles. Coarse suspended sediments, on another side, only favor the increase in respiration rates during the high water period. These results are related to the composition of these sediments. Fine suspended sediments constitute a constant substract for the aquatic metabolism, as a result of their larger surface area and capacity for absorving organic substances and nutrients. Coarse sediments, however, only favor respiration during the high water period, when overland flow carries organic debris from land into the water systems. Although these two fractions of suspended sediments have different relative roles in the metabolism of rivers, it becomes evident from this data that increasing the erosion in the Amazon may affect significantly the metabolism of fluvial systems in this region.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MichelleCogo.pdf (1.22 Mbytes)
Data de Publicação
2005-07-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.