• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.90.2004.tde-14032008-155155
Documento
Autor
Nome completo
Aurea Maria Zöllner Ianni
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Queiroz, Renato da Silva (Presidente)
Barata, Rita de Cassia Barradas
Czeresnia, Dina
Jacobi, Pedro Roberto
Mantovani, Waldir
Título em português
Fronteiras do biológico e do social na saúde. Um estudo sobre a epidemiologia no Brasil - 1990 - 2002
Palavras-chave em português
Ambiente
Ciências sociais
Diversidade biológica
Epidemiologia
Saúde
Saúde pública
Resumo em português
Verificar o estado da biodiversidade e as intervenções que provocaram ou provocam a sua destruição ou a sua conservação implica problematizar aspectos fundamentais do fenômeno da vida, das relações entre saúde e ambiente. Na dinâmica ecológica, a freqüência de determinados seres vivos depende em grande medida da freqüência de outros seres vivos. Também na saúde, a história de cada doença é dependente da história de todas as doenças, da história natural e dos homens. A emergência e reemergência de doenças infecto-contagiosas põem em evidência a fragilidade do equilíbrio ambiental. Tais problemas colocam a necessidade de reposicionar o limiar crítico das relações do homem com a natureza, do biológico com o social. Articular a interface dessas categorias por meio da Epidemiologia, disciplina estrutural da Saúde Pública no Brasil, possibilita desvendar as implicações ecológicas desta prática social.
Título em inglês
Bounderies of Biologic and Social on Health. A study of Brasilian Epidemiology 1990 - 2002
Palavras-chave em inglês
Biological diversity
Enviroment
Epidemiology
Health
Public health
Social sciences
Resumo em inglês
Verifying the biodiversity and the human interventions, which causes and determine their destruction or conservation implies considering the phenomenon of life, the relationship between environment and health. In ecological processes, the frequency of plants, animals and humans depends on the frequency of all alive entities. The same happens in health, where a history of one disease depends on the history of all diseases. It depends on the natural and on the human history. The emergence and re-emergence of infectious diseases demonstrates the environmental fragility balance. These problems replace the critical threshold between men and nature relationship, also between biological and social categories. Disclosing the connection between these categories through the Epidemiology, a structural discipline of Public Health in Brazil, allow to disclose the ecological consequences of this social practice.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Aurea_tese.pdf (653.48 Kbytes)
Data de Publicação
2008-03-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.