• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.9.2014.tde-31102014-085935
Documento
Autor
Nome completo
Marcelo Wadt
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Zanini, Antonio Carlos (Presidente)
Jacob Filho, Wilson
Jaluul, Omar
Porta, Valentina
Tedesco, Joel
Título em português
Avaliação socioeconômica do tratamento medicamentoso de pacientes geriátricos em ambulatório especializado
Palavras-chave em português
Custo de medicamentos
Farmacoepidemiologia
Idoso
Medicamento padronizado
Socioeconomia
Resumo em português
Em estudo realizado com 167 pacientes ambulatoriais idosos atendidos em serviço especializado de geriatria em centro de saúde escola, localizado no bairro da Consolação, no município de São Paulo (SP), foi avaliado o perfil farmacoepidemiológico, investigado se as listas de medicamentos padronizados coincidem com as prescrições e estimados os custos da medicação utilizada. Para este estudo, foram utilizadas informações extraídas dos prontuários médicos e obtidas através de entrevistas com os pacientes ou seus acompanhantes responsáveis. A maioria foi do sexo feminino (74,4%), a média de idade foi 80,4 anos, sendo 71 pacientes entre 60 e 79 anos e 96 entre 80 e 96 anos. Os participantes apresentaram condições socioeconômicas acima da média da população brasileira na faixa etária estudada. O perfil de morbidade, entre os pacientes entrevistados, mostrou média de 6,3 (± 2,5) diagnósticos. O número de medicamentos prescritos a cada paciente foi em média 6,1 (± 2,7). Não houve correlação significativa entre as variáveis pessoais pesquisadas e o número de doenças ou medicamentos registrados. No total foram 1.018 medicamentos prescritos, a maioria (82,9%) de padronizados e distribuídos gratuitamente pelo serviço público. A estimativa de gasto mensal pelo governo com a aquisição desses medicamentos foi de R$ 4.100,55, R$ 24,55/paciente/mês, equivalentes a US$ 11,92/paciente/mês (US$ 0,40/dia). Para 100 pacientes foi registrado pelo menos um medicamento não padronizado, observando-se alguns fármacos indisponíveis na padronização com prevalência relativamente alta de prescrição (memantina, mirtazapina, zolpidem, domperidona). É sugerido um estudo para revisão da padronização de medicamentos para o tratamento de pacientes idosos.
Título em inglês
Socio-economic evaluation from drug treatment of geriatric patients in specialized clinics
Palavras-chave em inglês
Elderly
Medicine formulary
Pharmacoepidemiology
Socio-economic
Treatment drugs cost
Resumo em inglês
In study carried out with 167 elderly outpatients attended in specialized geriatric service in Centro de Saúde Escola, located in Consolação district, in the municipality of São Paulo, was evaluated the pharmacoepidemiological profile, investigating if the standardized medicament lists match with the prescriptions and estimated the costs from the utilized medication. For this study it was used information extracted from the medical handbooks and obtained through interviews with the patients or their accompanying charge. The majority was female (74,4%), average age of 80,4 years old, being 71 patients between 60 and 79 years old, and 96 between 80 and 96 years old. The participants presented socio-economic conditions above the Brazilian average in the age group studied. The morbidity profile, between the interviewed patients, shown an average of 6,3 (± 2,5) diagnostics. The number of medicaments prescribed to each patient had an average of 6,1 (± 2,7). There were no significantly correlation between the personal variables researched and the number of diseases or medicaments registered. In total 1.018 medicaments were prescribed, the majority (82,9 %) of standardized and freely distributed by the public service. The estimative of monthly cost by the government with the acquisition of these medicaments was R$ 4.100,55, R$ 24,55 by patient a month, equivalent to US$ 11,92 a month (US$ 0,40 a day). For 100 patients was registered at least one non standardized medicament, observing some unavailable drugs on the standardization with relatively high prescription prevalence (memantine, mirtazapine, zolpidem, domperidone). It's suggested a revision study from the standardization of medicaments for treatment of elderly patients.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-11-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.