• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.9.1996.tde-28042008-122838
Documento
Autor
Nome completo
Elvira Maria Guerra Shinohara
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1996
Orientador
Banca examinadora
Barreto, Orlando César de Oliveira (Presidente)
Garcia, Primavera Borelli
Marques, Nelson
Medeiros, Luiz Otávio
Silveira, Paulo Augusto Achucarro
Título em português
Estudo das proteínas da membrana eritrocitária de mamíferos de treze ordens da classe mammalia
Palavras-chave em português
Eritrócitos
Mamíferos
Proteinas da membrana
Resumo em português
Foram estudadas as proteínas da membrana eritrocitária de quarenta e seis espécies diferentes pertencentes à treze ordens da classe Mammalia, através de eletroforese em gel de poliacrilamida. Observamos que: 1. não parece haver correlação entre as concentrações relativas de espectrinas e o volume corpuscular médio. 2. não parece haver correlação entre as concentrações relativas de banda 3 e o volume corpuscular médio. 3. parece haver uma correlação inversa entre as concentrações relativas das anquirinas e o volume corpuscular médio. Assim, a maior parte dos animais pertencentes à ordem dos Artiodacty/a estudados (girafa, cervo nobre, veado campeiro, veado catingueiro, carneiro, cabra), que apresentam volume corpuscular baixo, exibe aumento significativo da concentração das anquirinas. 4. observou-se, o aparecimento de uma banda difusa na região 4.5 no Didelphis marsupialis (gambá), Arctocephalus tropicalis e Arctocephalus australis (lobo marinho subantártico e lobo marinho das ilhas do sul) e Panthera leo (leão) quando os estromas são submetidos à ação do NEM na concentração de 200 µM, e o não encontro desta banda nas demais espécies estudadas. Este fato poderia advir da hipótese de haver, nas três espécies, sequências de aminoácidos comuns que possibilitariam a ação química direta do NEM. 5. observou-se que, nos mamíferos estudados, embora houvesse variações qualitativas e quantitativas das proteínas da membrana nas espécies estudadas, práticamente todas elas apresentaram as proteínas descritas no Homo sapiens, mostrando serem todas elas importantes na manutenção do citoesqueleto e da membrana como um todo. 6. Com exceção da cutia, que exibe provavelmente quatro formas de espectrinas, todas as demais espécies exibiram duas formas, embora com variações qualitativas e quantitativas. 7. A banda 3 foi a proteína que mais exibiu variação, seja no peso molecular, com variação desde 95 kDa (Capra hircus, cabra) até 169 kDa (Alouatta sp, bugio), seja no aspecto difuso ou bem definido. 8. Houve na região 4.1/4.2 uma variabilidade grande, seja qualitativa, seja quantitativa com aparentes ausências dê' uma ou de outra. Alguns roedores, a cobaia, cutia, hamster exibiram somente uma banda protéica na região 4.1/4.2. 9. Entre os primatas, todas as proteínas apresentaram o mesmo padrão entre os Hominoidea (macacos antropóides, Gorilla gorilla e Pongo pygmaeus e homem, Homo sapiens) e os do Velho Mundo (Cercopithecoidea, Papio cynocephalus e Erythrocebus pata). Mas, os primatas do Novo Mundo (Ceboidea, Cebus apella, Alouatta sp e AteIes paniscus chamek) apresentaram variação do peso molecular da banda 3, apresentando no entanto o mesmo aspecto difuso dos outros primatas descritos anteriormente. 10. Com exceção do Didelphis marsupialis (gambá) e Giraffa came/opardalis (girafa), que apresentaram evidência da ação de serina-proteases sobre uma anquirina, as demais espécies não exibiram proteases intra-eritrocitárias ativas nas condições estudadas.
Título em inglês
Erythrocyte membrane proteins from selected mammals of thirteen orders
Palavras-chave em inglês
Erythrocytes
Mammals
Membrane proteins
Resumo em inglês
Forty six different mammal species from thirteen regarding their erythrocyte membrane proteins, following data were observed: 1. No correlation was observed between mean corpuscular volume and spectrins concentration. 2. No correlation was observed between mean corpuscular volume and band 3 concentration. 3. It seems that there is inverse correlation between mean corpuscular volume and ankyrins concentration. Most of the studied animmals belonging to Artiodactyla, which exhibit low mean corpuscular volume, present higher ankyrin concentration. 4. A diffuse band in 4.5 region was observed among the Didelphis marsupialis, Arctocephalus tropicalis, Arctocephalus australis and Panthera leo when the ghosts were treated with 200 µM NEM, what was not found in the others species. This fact could be ascribed to hypothetical sequence of the Iysine, hystidine and cysteine which may be prone to NEM direct chemical action. 5. Although some qualitative and quantitative changes were observed among ali the studied species, ali of them seem to occur in the humans, disclosing that they are "house-keeping" proteins which participate as important pieces in the cytoskeleton structure and the membrane as well. 6. Ali the species presented two spectrins, with exception of Dasyprocta sp., which exhibited fours bands in the spectrins region. 7. The band 3 was the protein which showed the greatest variation, since 95 kDa in the Capra hircus up to 169 kDa in the Alouatta sp., as well as in the aspect, diffuse or well defined. 8. A great variability was observed in the 4.1/4.2 region, with apparent absence of one or another. Some Rodentia exhibited only one protein in the 4.1/4.2 region. 9. Among the Primates, the Hominoidea and the Cercopithecoidea presented an uniform pattern, but the New World monkeys (Cebus apella, Alouatta sp. and Ateies paniscus chamek) exhibited a striking molecular weight band 3 variation, although keeping the common diffuse pattern. 11. Ali the studied species did not present the evidence of protease action upon the membrane proteins, except the Didelphis marsupialis and Giraffa camelopardalis, which disclosed a proteolytic action upon the ankyrin.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ElviraMGuerra_Tese.pdf (37.92 Mbytes)
Data de Publicação
2008-04-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.