• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.9.2001.tde-23022015-150706
Documento
Autor
Nome completo
Ana Patricia da Silva Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2001
Orientador
Banca examinadora
Gaspari, Elizabeth Natal de (Presidente)
Almeida, Sandro Rogerio de
Amaral, Tania Aparecida Tardelli Gomes do
Título em português
Estudo da resposta imune sistêmica em camundongos após inoculação por diferentes vias de imunização com Escherichia coli O86:H34 vivas ou mortas por formalina
Palavras-chave em português
Anticorpo policlonal
ELISA
Escherichia coli (Imunologia; Experimentos)
Escherichia coli enteropatogênica
Immunoblof
Imunologia
Imunoquímica
Resposta imune em camundongos
Resumo em português
A Escherichia coli enteropatogênica (EPEC) é um dos principais agentes etiológicos da diarréia infecciosa tanto em crianças no primeiro ano de vida, como em adultos. As infecções por EPEC são prevalentes nos países em desenvolvimento, principalmente nas populações de baixo nível sócio-econômico, como as encontradas no Brasil. A resposta imune na infecção por EPEC permanece pobremente caracterizada. O uso das novas tecnologias no desenvolvimento de vacinas vem reforçar à importância de se levar em consideração a via natural de infecção do patógeno e utilizá-la como tema de estudo, quando se pretende estudar a resposta imune a um determinado agente infeccioso. O objetivo deste trabalho foi efetuar o estudo da resposta imune em animais inoculados com bactérias vivas ou mortas, por meio de diferentes vias de imunização. As bactérias em estudo foram: a cepa de E. coli O86:H34 e a cepa protótipo de E. coli O127:H6. A cepa de E. coli pertencente ao sorotipo O86:H34 foi isolada de fezes de crianças com diarréia. Foram empregadas as cepas : E2348/69, DH5α e as mutantes E2348/69 flic-, E2348/69 Δtir, E2348/69 EscN-, CVD 206 ΔeaeA, UMD 872 ΔEspA, UMD 864 ΔEspB, UMD 870 ΔEspD. No presente estudo os camundongos BALB/c foram inoculados pela via intragástrica com a cepa de E. coli O86:H34 viva ou cepas O86:H34 e O127:H6 mortas por formol, que foram utilizadas nas imunizações pela via intragástrica e pela via intramuscular. Por meio de ELISA foram determinados os níveis de anticorpos específicos dos isotipos IgG, IgA e IgM, assim como o direcionamento da resposta imune para importantes antígenos que participam do mecanismo de patogenicidade da bactéria. De acordo com o perfil de reatividade no Immunoblot foi avaliada a especificidade dos anticorpos presentes nos soros imunes obtidos, frente aos antígenos de "whole cells" ou complexo de membrana externa bacteriana, empregados na técnica de "immunoblotting". A resposta imune a proteínas, como EspA, EspB, Tir, intimina, flagelos e BFP observada em camundongos, tem um importante papel no esclarecimento da infecção por este patógeno .Pela primeira vez foi realizado um estudo utilizando diferentes vias de imunização por EPEC em camundongos. Este estudo permitiu a análise de antígenos de E. coli reconhecidos pelos anticorpos produzidos pelas inoculações de bactérias vivas ou mortas por meio de vias intragástrica e intramuscular em camundongos, em comparação com aqueles reconhecidos na infecção natural ou experimental humana. Por conseguinte, os dados obtidos poderão auxiliar no esclarecimento desse complexo mecanismo de patogenicidade e orientar na seleção de peptídeos a serem utilizados no preparo de produtos vacinais específicos.
Título em inglês
Study of the systemic immune response in mice after inoculation by different routes of immunization with Escherichia coli O86:H34 alive or killed by formalin
Palavras-chave em inglês
ELISA
Enteropathogenic E. coli
Escherichia coli (Immunology; Experiments)
Immune response in mice
Immunoblot
Immunochemistry
Immunology
Polyclonal antibodies
Resumo em inglês
Enteropathogenic Escherichia coli is one of the major ethiologic agent that causes infectious diarrhoea in both infants and adults individuals. EPEC infections are prevalent in developing countries, mainly in low social-economic populations, as those found in Brazil. The immune response of this infection is still insufficiently known. Use of new technologies in the development of vaccines has been reinforced the importance of taking in account the natural route of infeccion of pathogens and use of it in investigation on immune response to be elicited against a certain to infectious agent. The aim of the present investigation was to study the immune response in mice inoculated with dead or alive bacteria, by means of diverse immunization routes. E. coli O86:H34 strain and E. coli O127:H6 prototype were employed for immunization. E. coli strain belonging to O86:H34 serotype was isolated from faeces from infants with diarrhoea. The strains: E2348/69, DH5 α and the mutants strains E2348/69 flic-, E2348/69 Δtir, E2348/69 EscN-, CVD 206 ΔeaeA, UMD 872 ΔEspA, UMD 874 ΔEspB, UMD 870 ΔEspD were employed. BALB/c mice were inoculated by intragastric route with alive E. coli O86:H34 strain or formalin-killed O86:H34 and O127:H6 strains intragastric and intramuscular immunization routes. The specific antibodies of isotypes IgA, IgG and IgM were determinated by means of ELISA and the course of the immune response for important antigens that participate in the patogenicity mechanism of bacteria could be analysed. By means of reactivity profile on immunobloting, the specificity of antibodies present in obtained sera against whole cells or the outer membrane complex of the bacteria were analysed. Immune response to proteins like EspA, EspB, Tir, intimin, flagelin and BFP in immunized mice may have an important meaning for elucidation of infection in this pathogen At the first time a research using different routes of immunization with EPEC strains in mice has been conducted. This study allowed to compare antigens from E. coli recognized in natural or experimental human infection, and consequentently these data may help in the elucidation of this complex mechanism of pathogenicity, and also to orientate the selection of peptides to be used in preparation of specific vaccines.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-02-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.