• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.9.2008.tde-15012009-145201
Documento
Autor
Nome completo
Simone Sorkin Arazi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Hirata, Rosario Dominguez Crespo (Presidente)
Dorea, Egidio Lima
Maria-Engler, Silvya Stuchi
Nakandakare, Edna Regina
Navarrete, Luis Antonio Salazar
Título em português
Efeitos de hipolipemiantes e polimorfismos sobre a expressão dos genes HMGCR, LDLR, SREBF1a, SREBF2, SCAP e NPC1L1 em indivíduos hipercolesterolêmicos.
Palavras-chave em português
Antilipêmicos (Análise; Efeitos)
Expressão gênica
Ezetimiba
Farmacogenética
Hipercolesterolemia
Polimorfismo
SREBPs
Vastatinas
Resumo em português
A homeostase do colesterol é mediada por proteínas envolvidas na absorção (NPC1L1), regulação (SREBP1, SREBP2, SCAP), síntese (HMGCR) e remoção plasmática (LDLR). Os fármacos inibidores da síntese (vastatinas) e absorção (ezetimiba) do colesterol são potentes agentes hipocolesterolemiantes. Alterações em vários genes têm sido associadas a diferenças na resposta a diversos agentes terapêuticos. Com a finalidade de estudar os efeitos de hipolipemiantes e polimorfismos sobre a expressão dos genes HMGCR, LDLR, SREBF1a, SREBF2, SCAP e NPC1L1, foram selecionados 25 indivíduos com hipercolesterolemia familial (HF), 72 com hipercolesterolemia não familial (HNF) e 125 indivíduos normolipidêmicos e sem doença cardiovascular (NL). Os indivíduos HF foram tratados com sinvastatina (40 mg/dia/4 sem) combinada ou não com ezetimiba (10 mg/dia/4sem) e os HNF foram tratados com atorvastatina (10 mg/dia/4sem). Amostras de sangue foram obtidas antes e após o tratamento para a extração de DNA e RNA e analise do perfil lipídico sérico. A expressão de mRNA dos genes SREBF1a, SREBF2, SCAP, HMGCR, LDLR e NPC1L1 em células mononucleares do sangue periférico (CMSP) foi determinada por RT-PCR em tempo real empregando-se o gene da GAPD como controle endógeno. Os polimorfismos SREBF1a 36delG, SREBF2 G1784C e SCAP A2386G foram determinados por PCR-RFLP. Os indivíduos HF apresentaram maior expressão de mRNA dos genes NPC1L1, HMGCR e LDLR que os grupos HNF e NL (p<0,05). O efeito da atorvastatina sobre a expressão dos genes estudados parece depender da expressão basal nos indivíduos HNF. A variação da expressão após o tratamento com atorvastatina nos pacientes do grupo HNF esteve correlacionada nos genes: SREBF1a e SREBF2; SREBF1a e SCAP; SREBF1a e LDLR; SREBF2 e SCAP; SREBF2 e LDLR; HMGCR e LDLR. O tratamento com sinvastatina e ezetimiba não modificou o padrão de expressão dos genes estudados no grupo HF. Os polimorfismos SREBF2 G1784C e SCAP A2386G parecem estar relacionados com diminuição da expressão de mRNA após o tratamento com atorvastatina. Foi observado que os portadores do genótipo GG do polimorfismo SREBF2 G1784C apresentaram maiores concentrações séricas de colesterol total e LDL-C após o tratamento com atorvastatina. O polimorfismo SCAP A2386G parece estar associado com maiores concentrações de apoB em pacientes do grupo HNF antes do tratamento com atorvastatina. Os resultados são sugestivos que os genes HMGCR, LDLR e NPC1L1 são regulados diferentemente de acordo com o estado metabólico do indivíduo e a taxa de expressão de mRNA é influenciada pelos polimorfismos SREBF2 G1784C e SCAP A2386G após o tratamento com atorvastatina
Título em inglês
Lipid lowering and polymorphisms effects on the expression of HMGCR, LDLR, SREBF1a, SREBF2, SCAP and NPC1L1 genes in hypercholesterolemic subjects.
Palavras-chave em inglês
Ezetimibe
Gene expression
Hypercholesterolaemia
Pharmacogenetics
SREBPs
Statins
Resumo em inglês
The regulation of cholesterol is mediated by proteins involved in the absorption (NPC1L1), regulation (SREBP1, SREBP2, SCAP), synthesis (HMGCR) and removal of plasma cholesterol (LDLR). Potent hypocholesterolemic agents inhibit cholesterol synthesis (statins) and its absortion (ezetimibe). Changes in several genes have been associated to different responses to various therapeutic agents. In order to evaluate the association between genes involved in the metabolism of cholesterol and their response to lipid lowering drugs, patients with familial (FH, n = 25) and non familial hypercholesterolemia (NHF, n = 72) were selected. Additionally, 125 normolipidemic individuals and without cardiovascular disease were selected (NL). The HF group were treated with simvastatin (40 mg/day/4 weeks) combined or not with ezetimibe (10 mg/day/4weeks). The NHF group were treated with atorvastatin (10 mg/day/4weeks). Blood samples were obtained prior to and following treatment for extraction of DNA and RNA, and serum lipid profile analysis. The mRNA expression of SREBF1a, SREBF2, SCAP, HMGCR, LDLR, and NPC1L1 genes was determined by real time RT-PCR using the GAPD gene as endogenous control. The polymorphisms SREBF1a-36delG, SREBF2 G1784C, and SCAP A2386G were determined by PCR-RFLP. Individuals with HF showed higher expression of mRNA of genes NPC1L1, HMGCR and LDLR when compared with HNF and NL groups (p <0.05). The effect of atorvastatin on the gene expression seems to depend on the baseline expression in HNF subjects. The change of expression after treatment with atorvastatin in group HNF was correlated as followed: SREBF1a and SREBF2; SREBF1a and SCAP; SREBF1a and LDLR; SREBF2 and SCAP; SREBF2 and LDLR; HMGCR and LDLR. Treatment with simvastatin and ezetimibe did not change the gene-expression profile in HF group. The polymorphisms SREBF2 G1784C, and SCAP A2386G appear to be related to a decreased expression of mRNA after treatment with atorvastatin. HNF group Carriers of GG genotype of SREBF2 G1784C polymorphism had higher serum concentrations of total cholesterol and LDL-C after therapy. The SCAP A2386G polymorphism seems to be associated with higher concentrations of apoB in patients from HNF group prior to treatment with atorvastatin. The results suggest that the HMGCR, LDLR and NPC1L1 genes are regulated according to the metabolic status of the individual, and the expression rate of mRNA is influenced by SREBF2 G1784C and SCAP A2386G polymorphisms after atorvastatin therapy.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
SIMONESORKINARAZI.pdf (19.43 Mbytes)
Data de Publicação
2009-03-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.