• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.9.2007.tde-04042007-164324
Documento
Autor
Nome completo
Perla Menezes Pereira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Shinohara, Elvira Maria Guerra (Presidente)
Castro, Fabíola Attié de
Hirata, Rosário Dominguez Crespo
Título em português
Consumo de cobalamina e folato por gestantes: relação com o metabolismo da homocisteína e com os polimorfismos nos genes da metionina sintase, metilenotetraidrofolato redutase e metionina sintase redutase
Palavras-chave em português
Cobalamina
Dieta
Folato
Gestação
Homocisteína
Polimorfismo
Resumo em português
Os consumos inadequados de cobalamina (Cbl) e de folato associados aos polimorfismos em genes de enzimas chaves do metabolismo da homocisteína podem agravar as comorbidades relacionadas a deficiências destas vitaminas. Os objetivos deste estudo foram avaliar o consumo de cobalamina, de folato e de vitamina 86 por gestantes através de três inquéritos recordatórios de 24 horas (IR24h); determinar as correlações entre as concentrações séricas de folato, de cobalamina, de metionina, de .S-adenosilmetionina (SAM), de Sadenosilhomocisteína (SAH), de homocisteína total (tHcy) e de ácido metilmalônico (MMA) com as vitaminas e as proteínas ingeridas na dieta pelas mulheres; analisar as associações entre os polimorfismos MTHFR C677T, MTHFR A1298C, MTR A2756G e MTRR A66G e alterações nas concentrações das vitaminas e dos metabólitos, além de avaliar os determinantes nutricionais e genéticos das concentrações dos metabólitos tHcy" SAM, MMA e SAM/SAH durante a gestação. Participaram do estudo 73 mulheres com idades gestacionais de 16, 28 e 36 semanas, no qual foram aplicados três IR24h para cada gestante, um em cada idade gestacional. Foram realizadas as dosagens séricas de cobalamina sérica, folato sérico e eritrocitário, homocisteína total, metionina, MMA, SAM e SAH. As genotipagens dos polimorfismos MTHFR C677T, MTHFR A1298C, MTR A2756G e MTRR A66G foram feitas por PCR-RFLP. Observou-se que a ingestão de folato foi baixa em relação ao valor de 600 µg/dia recomendado para gestantes, a ingestão de cobalamina foi menor que a encontrada na literatura, a ingestão de vitamina 86 e a de proteínas totais foram semelhantes às da literatura. As concentrações de Cbl séricas foram diretamente relacionadas com a ingestão de proteínas. As concentrações de MMA estavam relacionadas inversamente com a ingestão de cobalamina, com a ingestão das proteínas totais e com a renda per capita. Houve redução das concentrações de cobalamina sérica e aumento de MMA no decorrer das idades gestacionais, sendo observada maior concentração sérica de MMA entre as mulheres que ingeriram menos cobalamina. Não houve associação entre os polimorfismos MTHFR A1298C e MTRR A66G e as variações nas concentrações de vitaminas e de metabólitos. Com relação ao polimorfismo MTHFR C677T, as mulheres portadoras do alelo 677T possuíam menores concentrações médias de foiato eritrocitário, e para o polimorfismo MTR A2756G, as mulheres com genótipos AG e GG apresentaram menores concentrações de metionina. As concentrações aumentadas de tHcy foram explicadas pelas menores concentrações de folato eritrocitário, pela menor ingestão de proteínas totais, pelas maiores concentrações de creatinina sérica e pela ingestão de vitamina 86. A creatinina sérica foi a responsável pela variabilidade das concentrações da SAM. Maiores concentrações de folato sérico e menores concentrações de creatinina sérica foram os responsáveis pelo aumento dos valores da SAM/SAH. As maiores concentrações de MMA foram atribuídas à menor ingestão de cobalamina, à menor renda per capita e à menor concentração sérica de cobalamina. Conclusões: a ingestão de folato foi menor que a metade do recomendado. A ingestão de cobalamina atingiu o recomendado, no entanto não foi suficiente para manter o metabolismo materno. Os polimorfismos não foram associados a baixa ingestão de vitaminas para explicar as alterações nas concentrações de tHcy, da SAM, da SAM/SAH e do MMA.
Título em inglês
Cobalamin and folate intake by pregnant women: its relationship to homocysteine metabolism and to polymorphism in methionine synthase, methylenetetrahydrofolate reductase and methionine synthase reductase genes
Palavras-chave em inglês
Cobalamin
Diet
Folate
Homocysteine
Polymorphism
Pregnancy
Resumo em inglês
The inadequate intake of cobalamin and folate associated to polymorphisms in key-enzyme genes of homocysteine can worsen comorbidities related to the deficiency of these vitamins. The aims of this study were to evaluate the intake of cobalamin, foiate and vitamin 86 by pregnant women through three 24-hour dietary recaIl (IR24h); to assess the correlation between serum concentrations of folate, cobalamin, methionine, S-adenosilmethionine (SAM), S-adenosilhomocysteine (SAH), total homocysteine (tHcy) and methylmalohic acid (MMA)towards vitamins and proteins intaked by women, to analyze association between MTHFR C677T, MTHFR A1298C, MTR A2756G and MTRR A66G polymorphisms and changes on vitamin and metabolites concentration, and to determine the nutritional and genetic determinants during a gestational period. 73 pregnant women participated in this study, with gestational ages of 16,28 and 36 weeks, onto whom were applied three IR24h to each woman, being one in each gestational age. Serum concentrations of cobalamin, foiate and red blood cell foiate, total homocysteine, methionine, MMA, SAM and SAH were evaluated. The polymorphisms of MTHFR C677T, MTHFR A1298C, MTR A2756G and MTRRA66G were performed by PCR-RFLP. It was observed that folate intake was low in relationship to recommended value for pregnant women of 600 µg/day. Cobalamin intake was less than the one found in literature. Vitamin 86 and total protein intake was similar to the one found in literature. Serum Cbl concentrations were directly related to protein intake. MMA concentrations were in,verselycorrelated to cobalamin intake, to total proteins intakes and mounth per capita income. There were reduction of serum cobalamin concentration and enhance of MMAthroughout pregnancy weeks, being observed higher serum concentration of MMAamongst women that intaked less cobalamin. There was no association between MTHFRA1298Cand RRA66Gpolymorphism and the change in vitamins and metabolites concentrations. The women carrying allele 2756G for MTR polymorphism presented lesser serum methionine concentrations and alieie 677T for MTHFR C677T had less concentration of red blood cell folate. The red blood cell folate concentrations, intake of total proteins, serum creatinine concentrations and intake of vitamin 86 were eterminant of tHcy concentration. Serum creatinine was responsible for SAMconcentrations variability. Higher concentrations of serum foiate and lesse r concentrations of serum creatinine were responsible for the enhance of SAM/SAHvalues. The higher concentrations of MMAwere attributed to lesse r cobalamin intake, to lower per capita income and to lesser seruro concentration Df coba}amin. ConcJusions: lo/ate intake was less than ha(f of recommended amount, and cobalamina intake reached the recommended amount, however this amount was not enough to keeping the maternal metabolism. The poly~orphisms were not associated to low vitamin intake for explaining the changes Inserum concentrationsof tHcy,SAM,SAM/SAHand MMA.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
PerlaMenezes.pdf (590.78 Kbytes)
Data de Publicação
2007-04-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.