• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.9.2013.tde-17062013-161602
Documento
Autor
Nome completo
Fernanda Abdulack Lopes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Stephano, Marco Antonio (Presidente)
Ho, Paulo Lee
Polakiewicz, Bronislaw
Título em português
Resposta imune ao parvovírus canino tipo 2 (CPV 2) em hidrogel de quitosana administrado via sublingual
Palavras-chave em português
Imunologia
Mucosa sublingual
Parvovirus canino
Vacina
Resumo em português
A parvovirose canina é uma doença causada pelo parvovírus canino, um vírus pertencente à família Parvoviridae. A doença causa quadros agudos de gastroenterite hemorrágica altamente contagiosa, e é responsável por altas taxas de morbidade e mortalidade, principalmente, em cães jovens. O principal agente etiológico desencadeador da doença é o parvovírus canino tipo 2 (CPV 2). As vacinas parenterais comercializadas contra esse vírus não são adequadas para filhotes com menos de 45 dias de idade. Além disso, essa doença não apresenta um tratamento especifico, sendo a profilaxia de grande importância. O objetivo desse trabalho foi desenvolver um antígeno de entrega vacinal de modo a proteger o animal antes do seu desenvolvimento imunológico. Através do aumento da produção de IgA total a partir da primeira imunização e da resposta sistêmica de IgG especifica a partir da segunda imunização em camundongos, foi possível verificar que as superfícies de mucosa são ativas imunologicamente, desde o nascimento do animal como também capazes de estimular tanto a resposta local quanto a sistêmica em camundongos imaturos e adultos. No intuito de proteger também esses jovens animais, a imunização por via sublingual mostrou-se uma técnica promissora. Em comparação com os grupos de camundongos imunizados com a amostra vacinal e o hidrogel líquido, o grupo que recebeu o hidrogel liofilizado teve uma melhor resposta imunológica, uma vez que a técnica de liofilização aumentou a característica de mucoadesividade da quitosana e consequentemente aumentou o tempo de permanência do hidrogel na mucosa sublingual.
Título em inglês
Immune response to canine parvovirus type 2 (CPV 2) formulated with chitosan hydrogel and delivered by sublingual route
Palavras-chave em inglês
Canine parvovirus
Immunology
Sublingual mucosa
Vaccine
Resumo em inglês
Canine parvovirus is a virus that belongs to the Parvoviridae family. The disease causes acute hemorrhagic gastroenteritis, which is highly contagious and responsible for high rates of morbidity and mortality, especially in puppies. The main etiologic agent of this disease is canine parvovirus type 2 (CPV 2). Nowadays, there is a commercial parenteral vaccine against this virus, but it is not suitable for puppies under 45 days old. This disease has no specific treatment and the prophylaxis has a great importance. The aim of this study was to develop a sublingual delivery vaccine that protect the animals before their 45 days. By increasing the total IgA production from the first immunization and systemic specific IgG response after the second immunization in mice, it demonstrated that mucosal surfaces are immunologically active since birth and capable of stimulating both systemic and local response in puppies and adults. In order to protect these puppies, mucosal immunization is a promising technique. The group that received lyophilized hydrogel had a better immune response, since the lyophilization technique increased the mucoadhesive of chitosan and consequently the residence time of the lyophilized hydrogel at sublingual mucosa.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-11-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.