• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.9.2000.tde-11022015-081839
Documento
Autor
Nome completo
Ana Paula Fioravante Bernardes Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2000
Orientador
Banca examinadora
Cordenunsi, Beatriz Rosana (Presidente)
Lajolo, Franco Maria
Vieites, Rogerio Lopes
Título em português
Perfil de carboidratos de diferentes cultivares de manga durante o desenvolvimento e amadurecimento
Palavras-chave em português
Alimentos de origem vegetal
Carboidrato
Enzima
Manga
Resumo em português
A manga é um fruto ainda considerado exótico, onde quase tudo relativo ao seu amadurecimento está por ser esclarecido. Pouco se conhece da sua fisiologia e bioquímica pós colheita. Os objetivos deste trabalho foram avaliar algumas variedades de mangas durante o crescimento e amadurecimento; quanto aos açúcares solúveis, amido e ácido ascórbico; a atividade das enzimas sacarose-fosfato sintase e sacarose sintase durante este mesmo período na manga Van Dyke e o perfil de respiração e etileno das variedades Van Dyke, Tommy Atkins e Haden após a colheita. Os resultados mostraram que os perfis dos açúcares solúveis relativos ao adoçamento e seu metabolismo são altamente dependentes do cultivar e da maturidade fisiológica da manga. A sacarose foi o açúcar predominante em todas as variedades analisadas, sendo que o maior valor encontrado foi de aproximadamente 5% na manga Van Dyke. A frutose foi a hexose predominante na manga madura, e sua relação com a glicose variou de 2,5 a 48 vezes. Os teores de amido existentes quando a manga é colhida, independente da variedade, são muito baixos, menores que 3,0%. As enzimas ligadas ao metabolismo da sacarose, saca rose-fosfato sintase (SPS) e sacarose sintase (SS), tiveram a atividade aumentada na fase de amadurecimento pós colheita no cultivar Van Dyke. O teor de ácido ascórbico, na maioria das variedades diminuiu antes da colheita, exceto a manga Keitt e a manga Tommy Atkins, sendo esta a que apresentou maior teor de ácido ascórbico no fruto maduro. Não houve produção de etileno após o ponto de colheita, e foi encontrado mais de um pico de respiração nas mangas Haden e Van Dyke, resultado atípico de outros frutos climatéricos.
Título em inglês
Different carbohydrate profile of mango cultivars during development and maturation
Palavras-chave em inglês
Carbohydrate
Enzyme
Mango
Plant foods
Resumo em inglês
The mango ripening process and the associated physiological and biochemical changes is still poorly known. Also is unknown if the bulk of sugar is accumulated prior or after the onset of ripening. The aim of this work was to evaluate the soluble sugars, starch and ascorbic acid content during the growth and ripening of several mango varietes. The sucrose-phosphate synthase (SPS) and sucrose synthase (SS) activities were evaluated in Van Dyke mango variety. The post harvest respiration and ethylene profiles of the Van Dyke, Tommy Atkins and Haden varieties were analyzed after harvesting. The results shown that the changes on total sugar profiles were highly dependent on the cultivar and physiogical maturity. Sucrose was the predominant sugar in ali analyzed varieties. The fructose amount was 2,5 to 48 times higher than glucose being the predominant hexoses in ripe fruit. The starch content of any variety of harvested mango is too low, with values under 3,0%. The sucrose related enzymes (SPS and SS), showed an increasing activity during the post-harvest ripening of Van Dyke's cultivar. For most varieties, the ascorbic acid content decreased before the harvest point, except for Keitt and Tommy Atkins mangos. The highest ascorbic acid content was found in the ripened Tommy fruit. One increase in the ethylene was not detected after harvesting. More than one respiration peak was detected for Haden and Van Dyke's varieties, this result is different of the other climacteric fruit's one.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AnaPaulaFBSilva_M.pdf (918.58 Kbytes)
Data de Publicação
2015-02-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.