• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Raquel Dalledone Siqueira da Cunha
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Andrade, Delvonei Alves de (Presidente)
Massi, Maria Lucia Gili
Nardocci, Adelaide Cassia
Oliveira, Fábio Branco Vaz de
Rossin, Antonio Carlos
Título em português
A comunicação dos riscos na preparação para emergências nucleares: um estudo de caso em Angra dos Reis, Rio de Janeiro
Palavras-chave em português
comunicação de riscos
nuclear
percepção dos riscos
plano de emergência
Resumo em português
O gerenciamento de riscos em uma instalação nuclear é necessário para a segurança de trabalhadores e de populações vizinhas. Parte desse processo é a comunicação dos riscos que propicia o diálogo entre gestores da empresa e moradores das áreas de risco. A população que conhece os riscos a que está exposta, como esses riscos são gerenciados e o que deve ser feito em uma situação de emergência tende a se sentir mais segura e a confiar nas instituições responsáveis pelo plano de emergência. Sem diálogo entre empresa e público, o conhecimento dos procedimentos a serem seguidos em caso de acidente não chega à população, ou quando chega, não há confiança dessas pessoas na sua eficácia. Em Angra dos Reis, no litoral sul do Estado do Rio de Janeiro, está a Central Nuclear Almirante Álvaro Alberto. No entorno dessa Central Nuclear existe uma população que, de acordo com o Plano de Emergência Externo (PEE/RJ), deverá ser evacuada ou ficar abrigada, caso ocorra um acidente na instalação. Um trabalho de comunicação de riscos entre esses moradores é necessário para que eles conheçam o plano de emergência e os procedimentos corretos para uma situação de emergência, além de buscar esclarecer dúvidas e mitos. Esse trabalho apresenta uma análise da comunicação dos riscos feita para a população local, a percepção que ela tem dos riscos e o grau de conhecimento do plano de emergência externo por parte dessas pessoas.
Título em inglês
Risk communication in preparation for nuclear emergencies: a case study in Angra dos Reis, Rio de Janeiro
Palavras-chave em inglês
emergency plan
nuclear
risk communication
risk perception
Resumo em inglês
Risk management in a nuclear facility is necessary for the safety of workers and the surrounding population. One part of this process is risk communication that enables dialogue between the company managers and people who live within risk area. People who are aware of the risks to which they are exposed, how these risks are handled and how to behave in an emergency situation tend to feel safer and to trust the institutions responsible for the emergency plan. Without dialogue, the population has no access to the procedures necessary in occurrence of an accident, and even if they do have access, there is no trust in the institution. In Angra dos Reis, on the southern coast of the state of Rio de Janeiro, there is the Almirante Álvaro Alberto Nuclear Power Plant. In the surroundings of the power plant there is a population that, according to the External Emergency Plan, must be evacuated or sheltered in the occurrence of an accident. Communication with this population is crucial, so that they become aware of the emergency plan and to its procedures, in addition to clarify doubts and myths about the risks they are exposed. This work presents an analysis of risk communication regarding local population surrounding the nuclear power plant in Angra dos Reis, their risk perception and the degree of knowledge of the external emergency plan by this population.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-09-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.