• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.85.2019.tde-05122018-100006
Documento
Autor
Nome completo
Kleverson Wessel de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Andrade, Delvonei Alves de (Presidente)
Pimenta, Daniel Carvalho
Ribeiro, Martha Simões
Spencer, Patrick Jack
Véliz, Mauro Javier Cortez
Título em português
Utilização da PCR diagnóstica, imunohistoquímica e perfil epidemiológico de Leishmania em cães no município de Porto Nacional  - TO
Palavras-chave em português
diagnóstico
epidemiologia
Leshmanioses
zoonoses
Resumo em português
A Leishmaniose é uma doença parasitária que se apresenta sob várias formas clínicas, desdês a mucocutânea até a visceral que é a forma mais grave da doença. Essa, é causada por um parasita flagelado do gênero Leishmania e apresenta um ciclo de vida heteróxeno, envolvendo o repasto sanguíneo da fêmea de flebotomíneo em animais silvestres e domésticos, como os cães, bem como no homem. Até o momento, o controle da Leishmaniose Visceral (LV) está associado a eliminação de reservatório infectado (cães), porém, isso requer métodos de diagnósticos confiáveis. Nesse estudo, foi utilizado a PCR diagnóstica a partir das sequências spliced leader de RNA (mini-exon) e ensaio Imunohisquímico, utilizando leishmanias spp. marcadas com anticorpos policlonais de biópsias embebidas em parafina. Além disso, utilizamos dados epidemiológicos de Leishmaniose canina e humana do município de Porto Nacional e do Estado Tocantins. Todos os fragmentos de fígado, baço e linfonodo apresentaram amplificação para L. infantum chagasi e nenhuma para L. braziliensis e L. amazonensis. Ao comparar a IHQ em relação a PCR, mostrou-se haver fraca replicabilidade, com P-valor obtido (0,0077), portanto p<0,05, denotando não haver concordâncias entre os dois testes. Quanto aos dados epidemiológicos de Porto Nacional, eles indicaram uma queda significativa do número de cães com Leishmaniose Visceral no ano de 2011 em relação a 2010, no entanto, esse número aumentou gradativamente, alcançando os índices de 2011 no ano de 2014. Para os casos humanos, os anos de 2010 e 2011 foram os anos com maiores registros, apresentando um declínio significativo a partir desse período. No comparativo entre casos humanos e caninos, verifica-se que enquanto os casos humanos apresentaram-se em queda a partir de 2011, os casos caninos vêm aumentando chegando a registrar-se maiores que os humanos a partir de 2012.
Título em inglês
Use of diagnostic PCR, immunohistochemistry and epidemiological profile of Leishmania in dogs in the municipality of Porto Nacional-Tocantins
Palavras-chave em inglês
diagnosis
epidemiology
Leishmanioses
zoonoses
Resumo em inglês
Leishmaniasis is a parasitic disease that presents various clinical forms, from mucocutaneous to visceral, which is the most severe form of the disease. It is caused by a flagellate parasite of the genus Leishmania and presents a heteroxenic life cycle, involving blood feeding of the female sand flies in wild and domestic animals, such as dogs, as well as in humans. So far, control of Visceral Leishmaniasis (LV) is associated with the elimination of infected reservoir (dogs), however, this requires reliable diagnostic methods. In this study, the diagnostic PCR based on the spliced leader sequences of RNA (mini-exon) and Immunohischemistry, using leishmanias spp. labeled with paraffin embedded biopsy polyclonal antibodies were used. In addition, we used epidemiological data on canine and human Leishmaniasis in the municipality of Porto Nacional and the state of Tocantins. All fragments of liver, spleen and lymph node showed amplification for L. infantum chagasi and none for L. braziliensis or L. amazonensis. When comparing IHC with respect to PCR, there was a low replicability, with a P-value of 0.0077, therefore p <0.05, denoting that there were no concordances between the two tests. Regarding epidemiological data from Porto Nacional, they indicated a significant decrease in the number of dogs with Visceral Leishmaniasis in 2011 compared to 2010, however, this number increased gradually, reaching the indexes of 2011 in 2014. For human cases, the years 2010 and 2011 were the years with the highest records, showing a significant decline from that period. In the comparison between human and canine cases, it is verified that while human cases have fallen since 2011, canine cases have been increasing and have become larger than humans since 2012.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-01-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.