• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.84.2011.tde-09102012-102737
Documento
Autor
Nome completo
Soraia de Oliveira Duarte
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Braga, Marcio Bobik (Presidente)
Gremaud, Amaury Patrick
Securato, Jose Roberto
Título em português
Governança corporativa, mercado de capitais e desenvolvimento econômico: estudo de casos dos fundos de pensão e previdência do Brasil, Chile e México
Palavras-chave em português
Ativismo
Fundos de pensão
Fundos de previdência
Governança corporativa
Mercados de capitais
Resumo em português
A população mundial, em 2050, será formada por 9,3 bilhões de habitantes, número 33% superior ao atual, de 7,0 bilhões de pessoas. Essa expansão se refletirá, em grande parte, na população com mais de 65 anos. A ONU estima que, em países como Brasil e Chile, 26% dos habitantes estarão nessa faixa etária na metade deste século, um crescimento relevante em comparação com as médias atuais, de 11%. Além de serem em maior número, os idosos também contarão com maiores expectativas de vida. Atualmente, vivem, em média, 74 anos. Até 2050, estima a ONU, chegarão a 80 anos. Frente a esse panorama, garantir a aposentadoria à população é um desafio crescente para as economias, que já se movimentam no sentido de viabilizar, aos fundos de pensão e de previdência, mecanismos que maximizem os retornos de seus portfólios. Os investimentos em ações de companhias abertas, nesse contexto, ganham um espaço cada vez maior nas estratégias dos gestores dos fundos, mudança que acontece ao mesmo tempo em que a governança corporativa passa a ser vista como um instrumento para a valorização das companhias abertas e, consequentemente, para o desenvolvimento dos mercados de capitais. Considerando esse contexto, esta dissertação se propõe a analisar como a governança corporativa influencia a tomada de decisão de investimento dos gestores de fundos de pensão e de previdência do Brasil, do Chile e do México. O estudo será feito a partir da observação do marco regulatório sobre o tema nesses três países, e se embasará nas respostas dadas, pelos gestores, a questionário sobre as boas práticas de governança corporativa, adotadas pelas companhias abertas, que são observadas e valorizadas na escolha dos investimentos.
Título em inglês
Corporate Governance, Capital Markets and Economic Developement: case study of Pension and Welfare Funds of Brazil, Chile and México
Palavras-chave em inglês
Activism
Capital markets
Corporate governance
Pension funds
Welfare funds
Resumo em inglês
In 2050, 9.3 billion inhabitants, a 33% rise in comparison to the current figure of 7.0 billion people, will form the world population. In most part, this expansion will be reflected in the population older than 65 years. The UN estimates that in countries such as Brazil and Chile, 26% of the inhabitants will be in this age group in the half of this century, a relevant growth in comparison with todays average of 11%. In addition to the increase in figures, the elderly people will also count on a longer life expectancy. Currently they live, in average, 74 years. Until 2050, the UN estimates that they will reach 80 years of age. Given this scenario, to guarantee retirement for the whole population is a growing challenge for the economies, which are already seeking mechanisms to maximize returns to pension and social security funds. In this context, investment in equity is gaining more and more emphasis from funds portfolio managers. This change takes place at the same time that corporate governance starts to be seen as an instrument for the appreciation of public companies and, consequently, for the development of stock markets. In this sense, this paper aims at reviewing how corporate governance influences the decision-making process for pension plans and social security portfolio managers in Brazil, Chile and Mexico. The study will be based on the observation of the legal framework around the theme in the three countries and on answers given by managers in a questionnaire on corporate governance best practices, adopted by public companies and that are considered and taken into account in the choice of investments.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-10-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.