• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.83.2015.tde-08052015-173449
Documento
Autor
Nome completo
Cristiane da Conceição Romano
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Robazzi, Maria Lucia do Carmo Cruz (Presidente)
Alves, Liliana Amorim
Dalri, Rita de Cássia de Marchi Barcellos
Silva, Luiz Almeida da
Terra, Fábio de Souza
Título em português
A expressividade de alunos universitários do curso de licenciatura em enfermagem antes e após uma intervenção fonoaudiológica
Palavras-chave em português
Comunicação não-verbal
Comunicação verbal
Enfermagem
estudantes
Fonação
Fonoaudiologia
Voz
Resumo em português
O objetivo geral do estudo foi avaliar a expressividade das licenciandas em enfermagem de uma universidade pública, antes e após uma intervenção fonoaudiológica. A hipótese foi que a intervenção fonoaudiologica, por meio da expressividade que envolve os recursos verbais, vocais e não verbais, modifica os alunos de licenciatura, futuros professores de enfermagem, em relação à sua expressividade. A pesquisa realizada em 2014 foi quantitativa, de delineamentos quase-experimental, de grupo, do tipo intervenção com análise comparativa dos dados antes e após a intervenção realizada e teve como participantes seis estudantes do último período do curso de licenciatura em enfermagem. Como procedimento metodológico teve-se: 1º - preparo dos instrumentos a serem utilizados na coleta de dados (para identificação de características dos sujeitos pesquisados e para avaliação de expressividade - protocolo previamente adaptado para o estudo, com itens dos recursos verbais - qualidade vocal, ataque vocal, loudness, pitch, ressonância, articulação, velocidade da fala, coordenação pneumofônica; recursos vocais - ênfase, pausas, curva melódica, ritmo e variações de loudness, de pitch e da velocidade da fala e recursos não verbais - expressão facial, postura corporal, uso de gestos e meneios de cabeça); 2º - coleta de dados junto às participantes (seleção dessas estudantes para a intervenção, filmagem antes da intervenção fonoaudiológica, desenvolvimento da intervenção proposta em 16 horas distribuídas em quatro encontros, filmagem das participantes após a intervenção e avaliação das filmagens pré e pós-treinamento por experts fonoaudiólogos; 3º - análise dos dados, na qual se utilizou o Teste Qui Quadrado de McNemar para a análise estatística da intervenção realizada, considerando-se o valor de p de 5% (?=0.05). Foi também questionado às alunas sobre a sua visão quanto à efetividade da intervenção realizada. O projeto de pesquisa foi aprovado junto ao Comitê de Ética em Pesquisa da universidade (protocolo 17918113.8.0000.5393). A intervenção apresentou efeito positivo na visão dos juízes fonoaudiólogos, nos resultados descritivos verbalizados pelas participantes e nos recursos verbais, vocais e não verbais, embora não tivesse apresentado significância estatística em alguns desses parâmetros avaliados. Os recursos verbais qualidade vocal, ataque vocal, loudness, ressonância permaneceram adequados antes e após intervenção realizada, mantendo, praticamente, os mesmos resultados; o pitch, a articulação, a velocidade e a coordenação pneumofônica apresentaram melhorias. Em relação aos recursos vocais como ênfase e variações de loudness, pitch e velocidade da fala permaneceram adequados antes e após intervenção. Os recursos de pausas, curva melódica e ritmo apresentaram significância estatística após a intervenção realizada. Com relação aos recursos não verbais, houve significância estatística em todos os itens avaliados. Constatou-se, também, que houve mudanças positivas quanto aos aspectos emocionais das estudantes avaliadas, que antes estavam inseguras e passaram a apresentar maior credibilidade e segurança às suas apresentações, resultando em uma expressividade satisfatória. Os resultados indicam que houve uma confirmação parcial da hipótese apresentada; as limitações referem-se ao pequeno número de participantes na pesquisa, o que dificulta a generalização dos dados. Sugere-se que as escolas formadoras de cursos de licenciaturas em enfermagem ao licenciando, em sua formação em docência, disciplinas que trabalhassem a competência comunicativa e, também, a expressividade, para ser um futuro professor preparado a exercer com mais propriedade comunicativa a sua docência.
Título em inglês
The expressivity of university students of teaching degree in nursing before and after a speech therapy
Palavras-chave em inglês
Expressivity
Non-verbal communication
Nursing
Phonation
Phonoaudiology
Students
Verbal communication
Voice
Resumo em inglês
The general objective of the study was to evaluate the expressiveness of nursing students at a public university, before and after speech therapy intervention. The hypothesis is that the speech therapy through the expressiveness which involves the verbal, vocal and nonverbal resources modifies the undergraduate students, future teachers of nursing, in relation to their expressiveness. The research conducted in 2014 was quantitative, quasi-experimental designs, in group, of intervention with comparative analysis of the data before and after the intervention performed, and it was attended by six students of the last semester of teaching degree in nursing. As a methodological procedure there were: 1st - preparation of instruments to be used in data collection (for identifying characteristics of the subjects and to evaluate expressiveness - previously adapted protocol for the study, with items of verbal resources - voice quality, attack voice, loudness, pitch, resonance, articulation, speech rate, pneumophonic coordination; vocal resources - emphasis, pauses, melodic curve, rhythm and variations of loudness, pitch and speed of speech and non-verbal resources - facial expression, body posture , use of gestures and nods head); 2nd - data collection from participants (selection of these students for intervention, shoot before speech therapy, development of the proposed intervention in 16 hours distributed in four meetings, filming the participants after the intervention and evaluation of pre-filming and post-training by speech experts; 3rd - data analysis, in which we used the McNemar's Chi Square Test for statistical analysis of intervention performed, considering the p value of 5% (? = 0.05). It was also asked to the students about their vision for the effectiveness of the intervention performed. The research project was approved by the Research Ethics Committee of the University (protocol 17918113.8.0000.5393). The intervention had a positive effect on vision of speech therapist judges in descriptive results verbalized by the participants and verbal resources, vocal and nonverbal, although it did not present statistical significance in some of these parameters evaluated. Verbal features of voice quality, vocal attack, loudness and resonance remained appropriate before and after the intervention performed, keeping practically the same results; the pitch, articulation, speed and pneumophonic coordination showed improvement. Regarding vocal resources as emphasis and changes in loudness, pitch and speech rate remained appropriate before and after intervention. The resources of breaks, melodic curve and rhythm were statistically significant after the intervention performed. With respect to non-verbal resources, there was statistical significance in all items. It was found also that there were positive changes as the emotional aspects of the evaluated students who were unsafe and started to suffer greater credibility and security to their presentations, resulting in a satisfactory expression. The results have indicated that there was a partial confirmation of the hypothesis presented; the limitations refer to the small number of participants in the survey, making it difficult to generalize the data. It is suggested that the educational schools with undergraduate nursing courses that students should present subjects which worked communicative competence and also the expression in their training in teaching, to be a prepared teacher to exercise their teaching with more communicative property.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-05-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.