• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.82.2007.tde-13022008-100411
Documento
Autor
Nome completo
Rubens dos Santos Rosa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2007
Orientador
Banca examinadora
Plepis, Ana Maria de Guzzi (Presidente)
Louzada, Mario Jefferson Quirino
Martins, Virginia da Conceição Amaro
Título em português
Avaliação morfológica do colágeno após aquecimento induzido in vivo
Palavras-chave em português
Birrefringência
Colágeno
Desnaturação térmica
Resumo em português
As terapias térmicas vêm sendo utilizadas com muita freqüência em áreas da saúde, como ortopedia, dermatologia e oftalmologia entre outras. Em média a literatura revela que na prática de tratamentos com calor os tecidos são submetidos a temperaturas que não ultrapassam os 45 ºC (igual aproximadamente 8,5 acima da média da temperatura corpórea normal). Este trabalho procurou verificar de fato a possível influência das variações térmicas sobre o colágeno, quanto à possibilidade de desnaturação do mesmo. Utilizou-se 48 ratos (Rattus Novergicus Albinus) da raça Wistar machos, divididos em oito grupos: grupo I Controle (sem alteração térmica), grupo II (35 ºC), III (40 ºC), IV (42 ºC), V (45 ºC), VI (48 ºC), VII (50 ºC), VIII (55 ºC) (cujos membros inferiores foram submersos por 10 minutos em água aquecida com temperatura variável). Em seguida os animais do grupo controle e experimental foram sacrificados, retirando por dissecação e tenotomia os tendões calcâneos que conferidos às lâminas histológicas passaram por análise microscópica de medidas de birrefringência, análise histológica por microscopia de luz e análises por calorimetria exploratória diferencial (DSC). Os resultados mostram que existe uma diferença significativa, dos grupos I a IV, em relação aos grupos V a VII, obtidos pela média de valores de retardos ópticos (RO), após as análises de medidas de birrefringência, confirmados pela análise visual histológica e pela calorimetria exploratória diferencial, sugerindo que em temperaturas elevadas ocorre uma desnaturação da proteína colágeno.
Título em inglês
Morphological evaluation of collagen after in vivo heat induction
Palavras-chave em inglês
Birefringence
Collagen
Thermal denaturation
Resumo em inglês
Thermal therapies are being used in orthopedic, dermatology and ophthalmology, among other medical specialties. Literature reveals in the clinical practice of thermal therapies, 45 ºC is the temperature of choice (= 8.5 below human body temperature). The purpose of this study was to quantify changes in the tendon of calcaneous after a range of thermal exposure, and correlate these results with tissue denaturation. It was used 48 Wistar rats (Rattus Novergicus Albinus), male. They grouped as: I (Control) II (35 ºC), III (40 ºC), IV (42 ºC), V (45 ºC), VI(48 ºC), VII (50 ºC), VIII (55 ºC), and had their pad submerged during 10 minutes in hot water (varying from 35 to 55 ºC. Animals were sacrificed and tendon of calcaneous were analyzed by birefringence microscopy, histology (H & E and Trichromic of Masson) and differential scanning calorimetry (DSC). Results showed that there is a significant difference between groups I-IV and V-VIII. Groups I-IV not shows signals of denaturation by heat treatment. Heatings above 45 ºC resulted in thermal denaturation, decreasing o birefringence and changes in histological aspect.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-03-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.