• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.81.2014.tde-27042015-153049
Documento
Autor
Nome completo
Diana Borges dos Santos
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Malachias, Maria Elena Infante (Presidente)
Haddad, Thomás Augusto Santoro
Laranjeiras, Cássio Costa
Título em português
Concepções epistemológicas de estudantes universitários ingressantes: análise do instrumento de pesquisa e da necessidade de uma reorientação do ensino de ciências
Palavras-chave em português
Concepções de ciência
Ensino de Ciências
Epistemologia
Resumo em português
Nesta pesquisa de mestrado foi oferecido um espaço de reflexão sobre a ciência a um grupo de estudantes da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (EACH - USP) no decorrer da disciplina de Ciências da Natureza. O instrumento de pesquisa utilizado foi um questionário fechado, com escala do tipo Likert. Esse questionário foi aplicado no início da disciplina de Ciências da Natureza e no fim da mesma. Os objetivos da pesquisa foram identificar as concepções de ciência dos estudantes no início da disciplina e no fim da mesma, assim como inferir se a disciplina de Ciências da Natureza exercia alguma influencia nas concepções dos estudantes. Para analisar os dados foi realizada uma análise quantitativa dos questionários e uma análise qualitativa. Na análise quantitativa percebemos que os padrões de respostas dos estudantes no questionário aplicado no início da disciplina e no fim da mesma eram iguais em praticamente todas as sentenças (afirmativas) do questionário. Ao realizarmos a análise qualitativa desvendamos mais dados no trabalho, como inadequações na elaboração das sentenças, dentre as principais inadequações se encontra a falta de explicação de alguns termos polissêmicos, como evolução na ciência, leis e princípios científicos. Com essa análise também percebemos que a disciplina de Ciências da Natureza desenvolvida em apenas um semestre, não foi suficiente para modificar as concepções de ciência dos estudantes e consideramos necessária a criação de um espaço de constante reflexão sobre a ciência durante a formação inicial de estudantes. Além disso, o questionário mal elaborado não contribuiu para que identificássemos as concepções de ciência dos estudantes, mas nos permitiu elaborar algumas aproximações. Dessa forma, a maior parte das respostas dos estudantes revelaram concepções ingênuas sobre a ciência, marcadas pela existência de um método científico único, pela importância conferida aos experimentos e por uma ciência única e acabada. Por fim, propomos reflexões sobre as aproximações de concepções de ciência, assim como apresentamos ideias de possíveis melhorias para esta pesquisa e pesquisas semelhantes, como o necessário espaço de constante reflexão para os estudantes e professores e propostas para melhorias do instrumento de pesquisa.
Título em inglês
Epistemological conceptions of freshmen college students : survey instrument analysis and the need for a reorientation of Science education
Palavras-chave em inglês
Conceptions of Science
Epistemology
Science Education
Resumo em inglês
In this research was offered a space for reflection about the science to students of the School of Arts, Sciences and Humanities, University of São Paulo (EACH-USP) during the course of Sciences of Nature. The survey instrument used was a closed questionnaire with likert scale. This questionnaire was applied at the beginning of the course of the Sciences of Nature and at the end of it. The research objectives were to infer the science conceptions of students at the beginning of the course and at the end of it, as well as infer whether the discipline of Sciences of Nature influenced the conceptions of students. To analyze the data we elaborated a quantitative and qualitative analysis of questionnaires. In the quantitative analysis we perceived that the patterns of student answers in the questionnaire at the beginning and at the end of the course were equal in practically every affirmative. When we realize a qualitative analysis we unveil more important data at work, as inadequacies in the preparation of affirmatives. Among the major inadequacies is the lack of explanation of polysemic terms, as developments in science, scientific laws and principles. With this analysis we also perceived that the discipline of Sciences of Nature, developed in just one semester, was not enough to change the science conceptions of students, thereby, we consider necessary a space of constant reflection. Moreover, poorly prepared questionnaire did not provide us to discover the real conceptions of science students, but provided us with approximations. Thus, the majority of students responses revealed naive conceptions of science, marked by single scientific method, the importance given to experiments and a single and finished science. Finally, we propose reflections on the approaches to science conceptions as well as we present ideas for possible improvements to this research and similar studies, as the necessary space for constant reflection for students and teachers and proposals for improvement of the research instrument.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-04-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.