• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.81.2013.tde-19012015-143800
Documento
Autor
Nome completo
Marcelo Gama dos Reis
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Ursi, Suzana (Presidente)
Lopes, Natalia Pirani Ghilardi
Lopes, Sonia Godoy Bueno Carvalho
Título em português
Viabilidades e dificuldades do ensino de ecologia oferecido na modalidade EaD - uma análise da percepção docente
Palavras-chave em português
Conhecimentos Docentes
Educação a Distância
Ensino de Biologia
Ensino de Ecologia
Formação de Professores
Resumo em português
A presente pesquisa visou ampliar os conhecimentos sobre a percepção docente e a construção de conhecimentos na formação continuada de professores de Biologia em cursos oferecidos na modalidade Educação a Distância (EaD). Os sujeitos desta pesquisa são 47 professores/cursistas que participaram da Disciplina Ecologia do curso de Especialização em Ensino de Biologia (EspBio)/2010 da Rede São Paulo de Formação docente (RedeFor). Os objetivos específicos foram: (1) identificar as percepções gerais desses professores/cursistas sobre a Educação a Distância quando associada às Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC); (2) conhecer suas percepções sobre as viabilidades e dificuldades do Ensino de Biologia, mais especificamente Ecologia, na modalidade EaD; (3) investigar os conhecimentos docentes construídos através da disciplina Ecologia, oferecida na modalidade EaD, frente às percepções dos professores/cursistas. A investigação teve natureza basicamente qualitativa. Foram utilizados como instrumentos de coleta de dados dois questionários, postados no próprio Ambiente Virtual de Aprendizagem. Quantos aos dois primeiros objetivos, analisamos os dados utilizando categorização aberta proposta por Strauss e Corbin (2008), visando extrair significado das respostas obtidas com tais questionários. No caso da investigação dos conhecimentos docentes (terceiro objetivo) fizemos uso da categorização proposta por Shulman (1987). Dentre as percepções gerais dos professores/cursistas sobre EaD, podemos destacar como os principais pontos positivos o fato da EaD ser adequada à baixa disponibilidade de tempo e a auto-gestão do conhecimento, bem como possibilitar interação. Por outro lado, alguns cursistas ressaltam que a interação é menor do que gostariam. Outro aspecto negativo relacionase ao pouco domínio da ferramenta computacional. Ao investigarmos as percepções do cursistas sobre o Ensino de Biologia/Ecologia oferecido em EaD, identificamos que as colocações são bastante gerais e não específicas para o escopo do conhecimento biológico. Assim, encontramos como principais viabilidades: a aproximação entre escola e universidade, o diálogo entre modalidade presencial e a distância, a possibilidade de empreender experimentação virtual, bem como utilização de jogos virtuais, a diversidade de conhecimentos e o fácil acesso à produção científica mais atual. Já com relação às dificuldades, os professores/cursistas enfatizaram a ausência das atividades de campo e uma sensação de isolamento. Pensando-se nos principais conhecimentos docentes construídos ao longo da disciplina de Ecologia, podemos destacar, a partir da análise da percepção dos professores/cursistas, a ocorrência dos seguintes conhecimentos já definidos por Shulman: conhecimento do conteúdo de ensino; conhecimento pedagógico geral; conhecimento pedagógico do currículo; e conhecimento dos fins educacionais. A partir de nossos dados, propomos ainda uma nova categoria de conhecimento, relacionado às tecnologias da informação e comunicação. Acreditamos que esta pesquisa contribuiu, ainda que de forma introdutória, para ampliar os conhecimentos sobre a percepção docente e a construção de conhecimentos na formação continuada de professores de Biologia em cursos oferecidos na modalidade EaD. Esperamos que nossos achados e reflexões possam subsidiar o trabalho daqueles que atuam na elaboração, supervisão e tutoria de cursos de formação de professores em EaD, principalmente na área de Biologia, onde há um vasto campo de pesquisa.
Título em inglês
Viabilities and Difficulties of teaching Ecology in distance education: an analysis of teacher perceptions
Palavras-chave em inglês
Distance Education
Skills Teachers
Teacher Training
Teaching Ecology
Resumo em inglês
This research aimed to increase knowledge about perception and the construction of teacher knowledge in the continuing education of biology teachers in Distance Education (DE) courses. We focus our research on 47 teachers who participated in the discipline of Ecology at a specialization course about Biology Teaching/2010 of the Rede São Paulo de Formação docente (RedeFor). The specific objectives were: (1) identify the general perceptions of these teachers about distance education when combined with Information and Communication Technologies (ICT); (2) understand their perceptions about difficulties and viabilities related to teaching Biology, more specifically Ecology, in distance education; and (3) investigating teacher knowledge built through the discipline of Ecology, offered on a distance education course, based on the perceptions of teachers/students. The research has a primarily qualitative nature. Were used as instruments of data collection two questionnaires posted on Virtual Learning Environment. About the first and second objectives, we analyzed the data using open categorization proposed by Strauss and Corbin (2008) to extract meaning from the responses to such questionnaires. We used the categorization proposed by Shulman (1987) to investigate the knowledge teachers (third objective). About the general perceptions of teacher students on distance education, we highlight, as the main positive subjects: DE is appropriate to the low availability of time; self-management knowledge; and the possibility of interaction. On the other hand, some course participants emphasized that the interaction is lower than they would like. Another negative aspect was the difficult with computational tool. We found that the settings are quite general and not specific to the scope of biological knowledge when we investigated the perceptions about the teaching of Biology/Ecology offered in distance education. Thus, we found as the main viabilities: the approach between school and university, the dialogue between present education and DE, the ability to undertake virtual experimentation and use of virtual games, the diversity of knowledge and easy access to the most current scientific literature. In relation to the difficulties, the teachers emphasized the absence of field activities and a sense of isolation. Thinking on the main teacher knowledge built over the discipline of Ecology, we showed, based on the analysis of the perception of teachers, the following knowledge categories already defined by Shulman: teaching content knowledge; general pedagogical knowledge, knowledge educational curriculum, and knowledge of educational purposes. From our data, we also proposed a new category of knowledge related to information and communication technology. We believe that the present research has contributed to expand knowledge about perception and the construction of teacher knowledge in the continuing education of biology teachers in DE courses. We hope that our findings and reflections can support the work of those who work in the preparation, supervision and mentoring of teacher training courses in DE, particularly in the Biology area.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-04-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.