• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.81.2014.tde-15012015-154923
Documento
Autor
Nome completo
Camila Lima Miranda
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Rezende, Daisy de Brito (Presidente)
Kawamura, Maria Regina Dubeux
Placco, Vera Maria Nigro de Souza
Título em português
As representações sociais de licenciandos em química sobre "ser professor"
Palavras-chave em português
Ser professor; Representação Social; Química
Resumo em português
O presente estudo estrutura-se em torno de questionamentos referentes à investigação da Representação Social de licenciandos ingressantes e concluintes em Química quanto a ser professor dessa disciplina, visando compreender como entendem e vislumbram sua futura profissão, verificando a influência da Licenciatura nas possíveis diferenças dessas representações e as motivações que levaram esses sujeitos a buscar esse curso em um contexto marcado pela progressiva desvalorização dos professores. O referencial teórico eleito foi o da Representação Social (MOSCOVICI, 1978) privilegiando as abordagens: estrutural, visando identificar o núcleo-central e os elementos periféricos da representação e a ênfase na descrição dos entornos sociais proposta pela abordagem Culturalista. Assim, a partir do termo indutor "professor de Química", foram propostas questões em que o público-alvo versou sobre como se vê como professor de Química, bem como os fatores que os guiaram a buscar a Licenciatura, sendo essa a fonte de informações do estudo, analisadas segundo a Análise de Conteúdo (BARDIN, 1977). Algumas idéias destacaram-se nas repostas, sendo possível a construção de categorias e subcategorias baseadas em critérios semânticos. Com as representações relacionadas à docência criaram-se três categorias: a denominada características, na qual estão presentes idéias relacionadas aos aspectos requisitados para os processos de ensino e de aprendizagem; a categoria seguinte enfatiza o imaginário social na construção das representações e por fim, a categoria que retrata a visão de ensino desses sujeitos.Por sua vez, foram criadas quatro categorias relacionadas a motivação em cursar a Licenciatura.Evidenciou-se pela análise do questionário que 47% dos estudantes que estão nesse curso não desejam atuar como professores no futuro. Foi possível inferir que entre esses estudantes a principal motivação pelo ingresso na Licenciatura foi o fato de que cursá-la era um pré-requisito para o Bacharelado. Já entre os sujeitos que aspiram à atividade docente (embora seja essa apenas uma segunda opção profissional) estes foram guiados ao curso a partir de motivações pessoais, as quais estão relacionados ao desenvolvimento do próprio estudante. Em relação as representações sobre o ser professor, no que concerne à influência do imaginário social, percebeu-se ser essa influência menos dependente da escolarização durante a graduação e mais ligada à relação que esses sujeitos estão a estabelecer com a possibilidade de atuação profissional. Porém, no que diz respeito à visão de ensino, a análise da questão discursiva evidenciou uma maior influência da escolarização. Já em relação às subcategorias atitudes e práticas pedagógicas suas presenças entre os ingressantes e sua permanência entre os concluintes vem reforçar que o processo de tornar-se professor antecede o ingresso na Licenciatura. Nossos resultados sinalizaram, ainda, que o desejo de se tornar professor, entre os ingressantes, é acompanhado pela percepção de que a afetividade pode contribuir para a concretização de uma aprendizagem eficaz, sendo essa percepção suprimida entre os concluintes. Pretendeu-se, assim, oferecer uma contribuição para o debate a respeito da importância do conhecimento das Representações Sociais dos futuros professores sobre sua futura profissão, pois essas poderão se refletir em suas futuras práticas, uma vez que as representações servem para agir sobre o mundo e o outro (JODELET, 2001, p. 28).
Título em inglês
The social representations of undergraduates in Chemistry about "been teacher"
Palavras-chave em inglês
Teacher; Social Representation; Chemistry
Resumo em inglês
The structure of this current study is settled around questions about Social Representation in Chemistry undergraduates students concerning to teaching this discipline as a career which allows to understand how they perceive and envision their profession to be, likewise verify the influence and perception of Graduation possible differences over this representation and the motives that leads those students to choose this course despite the progressive belittling of teaching career. The referential that was elected to this study was The Social Representation (MOSCOVICI, 1978) that prioritizes the approaches: structural support with the purpose of indentifying the central nucleus and also the peripheral elements representation emphasizing social surrounds description proposed by 'Culturalism' approach. Thereby under the outset name "Chemistry Teacher" questions were presented to the target audience about how they saw themselves as Chemistry teachers and the reasons that made them chose this graduation, this study sources were analyzed according Content Analyses (BARDIN, 1977). Some statements were highlighted what allowed us to build categories and subcategories based on semantic criteria. Three categories were created from teaching representations: first - characteristics - where the ideas about the requiring aspects of the process of teaching and learning; second - emphasizes the representation construction by social imaginary and the last category the way those people see teaching. It was created four categories, in turn, connected to the motives that drive people to graduate as teacher. It was evident by the analyses of research that 47% of the students attending to this course have no intention in following a teaching career. We could deduce that those students do not want to pursue their graduation is due the fact that it was a prerequisite to bachelor's degree. Otherwise among whose want to aim the teaching career (despite being seen as a second career option) they followed personal motives to choose this career and it was connected to their own achievements. Regarding representation about being a teacher concerning to social imaginary influence. It was implied less to the education during graduation than the possible results they could get in a professional area. However, as regards the overall view of teaching, the discursive question showed a major education influence. About subcategories, pedagogical practices and attitudes, their presence among the beginners and their lasting among de graduates reassure that the process of being a teacher precedes the admission to degree. Our results also demonstrated that the desire to become a teacher among the beginners is ensued by the perception that affectivity might contribute to fulfill an effective learning, but this perception is suppressed by them as graduates. The aim was to offer a contribution to the importance of future teacher's Social Representation knowledge about their future career which could reflect in future practices, since representations are useful to behave on the world and the other (JODELET, 2001, p. 28).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-02-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.