• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.81.2018.tde-16072018-135554
Documento
Autor
Nome completo
Edimara Fernandes Vieira
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Abib, Maria Lucia Vital dos Santos (Presidente)
Gurgel, Ivã
Vergueiro, Waldomiro de Castro Santos
Título em português
HISTÓRIAS EM QUADRINHOS NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES DE FÍSICA: DA CURIOSIDADE À ELABORAÇÃO DE SENTIDOS
Palavras-chave em português
Curiosidade
Física - Estudo e Ensino
Formação de professores
Histórias em quadrinhos
Sentidos
Resumo em português
Nesse estudo, objetivamos investigar a seguinte questão: Quais são os sentidos que os aprendentes da docência em física tecem para as histórias em quadrinhos direcionadas ao ensino em disciplinas de Metodologia de Ensino de Física? Como contexto, estabelecemos as disciplinas de Metodologia do Ensino de Física (MEF) do curso de licenciatura em física da Universidade de São Paulo (USP). A perspectiva metodológica adotada foi o modelo materialista de Vigotski. Para tal perspectiva, optamos por desenvolver estudos de casos circunstanciados pela observação participante. Em meio ao modelo materialista, adotamos como unidade de análise a natureza da curiosidade para as histórias em quadrinhos no ensino de física. Deste modo, analisamos a trajetória formativa de dois aprendentes da docência em sua historicidade e as interações estabelecidas por estes com as atividades formativas que pautaram a apreensão das histórias em quadrinhos como elemento de ensino. A pesquisa contou com a gravação em áudio e vídeo das aulas de MEF1, dos encontros de supervisão e das entrevistas semiestruturadas; de igual modo, contou com a análise de portfólios e planos de ensino produzidos pelos aprendentes para as disciplinas. O arcabouço analítico foi estruturado a partir de elementos da teoria histórico-cultural de Vigotski e constructos da perspectiva freireana. A construção dos dados se deu a partir da constituição de quatro movimentos de curiosidades, os quais foram tecidos a partir das ações que levaram os aprendentes a se engajar com as histórias em quadrinhos e, de igual modo, abarcaram em si as atividades formativas que os mesmos organizaram para apreender este elemento. Por conseguinte, enfatizamos as curiosidades dos aprendentes, os sentidos atribuídos às histórias em quadrinhos, assim como as situações e os modos como as curiosidades se complexificaram e os sentidos se estruturaram. Os resultados apontaram como estruturas significativas para a atribuição de sentidos os modos singulares como os aprendentes internalizaram este elemento; as discussões promovidas pelos coletivos de aprendizagens sobre as histórias em quadrinhos; as perspectivas formativas adotadas nas aulas de MEF1; a pluralidade de atividades que compuseram as disciplinas de MEF e as temáticas problematizadas no estágio supervisionado. Ademais, devemos ressaltar que a dinâmica de atribuição de sentidos para as histórias em quadrinhos no ensino teve sua gênese na disciplina de MEF1, mas não se esgotou nela. Logo, o panorama articulado nos permitiu destacar alguns dos sentidos tecidos pelos aprendentes para as histórias em quadrinhos, dentre os quais está a sua interpretação enquanto linguagem mediadora para engajar estudantes em discussões científicas; meio para dar centralidade às ações dos estudantes; estratégia de ruptura com a rotina escolar; recurso cultural condicionado ao contexto histórico-cultural; a ação crítica e criativa dos docentes e a arte de contestação e reflexão.
Título em inglês
Comics in the Initial training of Physics Teachers: From Curiosity to Senses
Palavras-chave em inglês
Comics
Curiosity
Physics - Study and Teaching
Senses
Training of Teachers
Resumo em inglês
In this study, we aim to investigate which senses teaching learners assign to comics in education. As a context, we established the disciplines of Physics Teaching Methodology (MEF) of the degree course in Physics at the University of São Paulo (USP). The methodological perspective adopted was Vygotsky's materialist model. For this perspective, we chose to develop case studies conditioned by participant observation. For this, we embrace as a unit of analysis the nature of curiosity for comics in teaching of Physics. Thus, we analyze the formative trajectory of two learners of teaching in their historicity and interactions established through formative activities that guided the apprehension of comics as factor of teaching. The research included audio and video recording of classes, supervision meetings and semi-structured interviews, as well as the analysis of portfolios and teaching plans produced by students containing comics. The analytical framework structured from elements of Vygotsky's historical-cultural theory and from constructs from Paulo Freire's perspective. The construction of the data based on constitution of four curiosity movements, woven from actions that led the learners to engage with comics. In the same way, they embraced the formative activities and organized them for the apprehension of study element. Therefore, we emphasize the curiosities of the learners, the senses attributed to the comics, as well as the situations and the ways in which curiosities have become more complex and the senses structured. As significant structures for the attribution of senses, the results point: the singular modes as learners internalized this element, the discussions promoted by the collectives of learning about comics, the formative perspectives adopted in the MEF1 classes, the plurality of activities that composed the MEF disciplines and the approached topics in the supervised internship. Moreover, we must emphasize that the dynamics of attribution senses to comics in teaching had its genesis in discipline of MEF1, but it did not run out in itself. Therefore, the articulated viewpoint allowed us to highlight some of the senses woven by the learners for comics, among which is their interpretation: as mediator language to engage students in scientific discussions, path to grant centrality to student actions. As well as, disruption strategy with school routine, cultural resource conditioned to historical-cultural context, and critical and creative action of teachers and art of contestation and reflection.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-07-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.