• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Éllen Rosim de Vicente
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Pacca, Jesuina Lopes de Almeida (Presidente)
Gircoreano, José Paulo
Haar, Ewout Ter
Título em português
Os fenômenos fortuitos e inesperados em sala de aula: como tratá-los?
Palavras-chave em português
Diálogo na sala de aula
Ensino aprendizagem
Fenômenos fortuitos
Intervenções dos alunos
Resumo em português
Este trabalho é resultado da análise qualitativa do desenvolvimento de aulas planejadas com foco nas ações dos sujeitos, principalmente, as manifestações espontâneas dos alunos e a conduta do professor a fim de promover uma aprendizagem significativa. Entre os anos de 2015 a 2017, observamos aulas de cinco professores de Física do Ensino Médio de escolas públicas das cidades de São Paulo e Ribeirão Preto, que focalizavam os conteúdos de óptica e ondas, Todas as turmas do segundo ano estudavam esta temática (em 2015 comemorava-se o Ano Internacional da Luz). Para a coleta de dados utilizamos áudio gravações das aulas, com observação de campo registradas pelo investigador. Inicialmente focalizamos a atenção nas manifestações dos alunos frente a atividades planejadas que tratavam da análise de fenômenos físicos idealizados e concebidos pelo professor. Uma vista preliminar desta sondagem mostrou que apareciam manifestações que pareciam sair da sequência esperada; porém, uma análise mais detalhada e cuidadosa destes dados sugeriram definirmos o que foi chamado de fenômeno fortuito; tratava-se de uma situação de aprendizagem em que os alunos manifestavam-se espontaneamente dentro do conteúdo planejado pelo professor, com ideias , dúvidas ou observações de certo modo pertinentes e coerentes com o conteúdo tratado. Ou seja, o discurso do professor abria espaço para a manifestação de concepções inesperadas e fortuitas, acompanhando a discussão planejada pelo professor e contextualizada no ambiente da sala de aula. Nossa questão norteadora da pesquisa foi assim definida: Os fenômenos fortuitos em salas de aula servem para ensinar física? A partir de uma análise direcionada às manifestações oportunas para o desenvolvimento de uma aprendizagem significativa caracterizamos estas como: Generalização, Memória do cotidiano, Insistência, Analogia, Questão direcionada. Percebemos que os alunos apresentaram um aprimoramento do próprio conhecimento ao serem capazes de pensar questões mais elaboradas, na medida em que puderam envolver-se em um diálogo coletivo e com o professor, ampliando suas concepções sobre a ciência e adquirindo autoconfiança ao participar genuinamente da construção do conhecimento científico. As manifestações dos alunos foram anotadas bem como as ações observáveis dos professores nessas situações com os fenômenos fortuitos, com o objetivo de acompanhar a aprendizagem e de compreender a possível inclusão dos alunos na construção de seus próprios conhecimentos. As conduções dadas pelos professores caracterizaram-se como: Foco no objetivo, Explicação superficial, Explicação longa, Mudança de situação. Em geral, uma quantidade significativa dessas situações mostra-se apropriada para ensinar e aprender a Física, despertando interesse dos alunos, com participação colaborativa construtiva, seja pela contextualização no ambiente escolar, seja pela espontaneidade dos exemplos analisados, levando a um processo investigativo autêntico e facilitando a construção dos conceitos a serem aprendidos. Os alunos mostraram avanços na aprendizagem quando havia envolvimento com a situação, permitido pelas ações dos professores sendo flexíveis com suas sequências didáticas e permitindo inclusão das intervenções dos alunos, sempre que fossem percebidas como apropriadas ao conteúdo científico, com o diálogo conjunto com a classe. Vários alunos foram capazes de discutir seu modo de pensar e alcançar compreensões maiores sobre a temática em discussão, apresentando também um domínio dos conteúdos clássico e moderno sobre a Física.
Título em inglês
The random and unexpected phenomena in the classroom: how to treat them?
Palavras-chave em inglês
Dialogue in the classroom
Fortuitous phenomena
Interventions of the students
Teaching and learning
Resumo em inglês
This work is the result of the qualitative analysis of the development of planned classes with focus on the actions of subjects, mainly the students' spontaneous manifestations and the teacher's conduct in order to promote meaningful learning. Between the years 2015 and 2017, we observed classes of five high school physics teachers from public schools in the cities of São Paulo and Ribeirão Preto, which focused on optical and wave contents. All the second year classes studied this theme (in 2015 the International Year of Light was celebrated). For the collection of data we used audio recordings of the classes, with field observation registered by the researcher. Initially we focused the attention on the manifestations of the students in front of planned activities that deal with the analysis of idealized physical phenomena and designed by the teacher. A preview of this survey showed that appeared manifestations that seemed to leave the expected sequence;however, a more detailed and careful analysis of these data suggested that we define what was called a fortuitous phenomenon; It denote a learning situation on what the students express themselfes spontaneously within the teacher's planned content, with ideas, mind-breaker or observations somehow pertinent and coherent with the treated contente. In order words, the teacher's discourse opened space for the manifestation of unexpected and fortuitous conceptions, consort the planned discussion by the teacher and contextualized in the classroom environment. Our guiding question for research was thus defined: Do fortuitous phenomena in classrooms serve to teach physics? Based on analysis directed to the opportune manifestations for the development of a meaningful learning we characterize these as: Generalization, Daily memory, Insistence, Analogy, Directed question. We realized that students presented an improvement of their own knowledge by being able to think more elaborate questions, insofar as they could engage in a collective dialogue and with the teacher, broadening their conceptions about science and acquiring self-reliance by participating genuinely in the construction of scientific knowledge. The manifestations of the students were noted as well as the observable actions of the teachers in these situations with the fortuitous phenomena, with the objective of accompanying the learning and of understanding the possible inclusion of the students in the construction of their own knowledge. The conductions performed by the teachers were characterized as: Focus on the goal, Superficial explanation, Long explanation, Change of situation. In general, a significant number of these situations shows up appropriate to teach and learn physics, arousing students' interest, with constructive collaborative participation, either by contextualization in the school environment, or by the spontaneity of the analyzed examples, leading to an authentic and facilitating the construction of concepts to be learned. The students manifest advances in learning when there was involvement with the situation, allowed by the actions of the teachers being flexible with their didactic sequences and allowing inclusion of the interventions of the students, whenever they were perceived as appropriate to the scientific content, with the conjunct dialogue with the class. Several students were able to discuss their way of thinking and to reach greater understandings on the subject under discussion, also presenting a domain of the classic and modern contents on the Physics
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-05-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.