• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2015.tde-29092015-160010
Documento
Autor
Nome completo
Nadia de Matos Barros
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Pissarra, Maria Constança Peres (Presidente)
Barbosa, Francirosy Campos
Dawsey, John Cowart
Título em português
O cinema é minha terra natal: fronteiras em movimento na trilogia de Fatih Akin
Palavras-chave em português
Cinema alemão
Fronteira
Identidade
Resumo em português
Imbuída de referências interdisciplinares, a presente investigação adota como ponto de partida duas obras da trilogia Amor, Morte e Demônio de Fatih Akin, cineasta alemão de ascendência turca. Sua análise serve de mote para, de maneira mais ampla, debater os desafios que a emergência de subjetividades associadas à identidade muçulmana apresenta à ideia de uma identidade europeia homogênea, dotada de valores que se distanciariam do islã. Fronteiras móveis e em constante negociação se evidenciam na subjetividade de ascendentes de segunda geração turca, complicadas por marcadores sociais de gênero e sexualidade, bem como por conflitos intergeracionais entre os próprios alemães que entram em embate sobre os direitos do contingente imigrante. O trabalho conclui com uma reflexão à vocação do cinema de Akin enquanto fenômeno liminóide que favorece a ascensão de novas legitimidades.
Título em inglês
Cinema is my motherland: borders in movement in Fatih Akin´s trilogy
Palavras-chave em inglês
Border
German cinema
Identity
Resumo em inglês
Permeated by interdisciplinary references, the investigation has as a starting point two works of the 'Love, Death and Devil', trilogy of Fatih Akin, German film director of Turkish descent. Their analysis gives the tone for broadly discussing the challenges that the emergence of subjectivities associated with the Muslim identity present to the idea of a homogeneous european identity, with values that would be very distant to the islam. Moving boundaries and constant negotiations are evident in the subjectivity of the rising second generation of Turkish, complicated by social markers of gender and sexuality, as well as intergenerational conflicts between the germans themselves that come into clash for the rights of the immigrants. The Dissertation concludes with an essay on Akin film's vocation as a liminoid phenomenon that favors the rise of new legitimacies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-09-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.