• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2015.tde-19102015-130134
Documento
Autor
Nome completo
Sayaka Izawa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Morales, Leiko Matsubara (Presidente)
Nagae, Neide Hissae
Shibata, Hiromi
Título em português
O percurso escolar dos filhos de decasséguis brasileiros retornados
Palavras-chave em português
ALP
Aquisição/aprendizagem de segunda língua
Decasséguis
Proficiência Linguística Acadêmica
Rede de apoio institucional
Retornados
Resumo em português
Este estudo investiga o sucesso no processo de bilinguismo português/japonês de seis jovens retornados do Japão. Como sucesso no bilinguismo, entendemos pelo caso em que o indivíduo, mesmo após uma longa permanência no Japão e vivência no sistema escolar japonês, tenha conseguido após o seu retorno no Brasil, manter o domínio na lingua japonesa e possuir uma proficiência linguísitica em português suficiente para seu ingresso no ensino superior brasileiro. O referencial teórico sobre bilinguismo foi baseado nos estudos de Skutnabb-Kangas (2008); Cummins (1984); Baker (1993); Nakajima (2010). Foram realizadas entrevistas semiestruturadas presenciais e online, sendo analisados os seguintes três domínios na trajetória de vida desses colaboradores que, baseados em uma auto-avaliação, foram divididos em 2 grupos bilíngues dominantes em português e bilingues dominantes em japonês : (1) ambiente linguístico no Japão (2) atitudes dos colaboradores com os estudos da L1 e L2 e (3) ambiente linguístico no Brasil. O estudo comprovou que o apoio de familiares e de terceiros constitui um fator importante na motivação dos estudos, bem como na superação de desafios surgidos na adaptação linguística e cultural. Foi também observado que os colaboradores de ambos os grupos tiveram que investir na aprendizagem da língua por um longo período para o desenvolvimento da proficiência linguística acadêmica ALP (Cummins, 2001; 2011) até o ingresso na faculdade. Em relação à rede de apoio formal, foram verificadas as seguintes ações para minimizar os problemas relacionados ao não domínio da língua japonesa no contexto de imigração no Japão: ingresso em escola pública de região com alta concentração de brasileiros, ingresso em faculdade japonesa por programa especial para retornados e ingresso em escola brasileira ações essas realizadas pelos colaboradores do grupo dominantes em português. Por outro lado, os do grupo dominantes em japonês utilizaram as seguintes medidas para facilitar a adaptação linguística e escolar no Brasil: ingresso em escola privada com curso curricular de japonês, ingresso em escola técnica e ingresso em escola pública estadual. Em ambos os grupos foi observada a frequência em cursos preparatórios pré-vestibular. Concluiu-se que o uso dessas redes de apoio formais infuenciou positivamente no desenvolvimento da ALP dos colaboradores.
Título em inglês
School trajectory of children of Brazilian returned dekasseguis
Palavras-chave em inglês
Academic Linguistic Proficiency (ALP)
Dekasseguis
Formal support network
Returned
Second-language learning/acquisition
Resumo em inglês
The study herein aims to investigate success in the process of Portuguese/Japanese bilingualism of six youngsters returned from Japan. In our view, successful bilingualism happens in those cases in which even after a long stay in Japan along with an experience with the Japanese school system, the individual has managed to keep his mastery of the Japanese language after returning to Brazil, and be proficient enough in Portuguese so as to be admitted to Brazilian higher education. The theoretical framework on bilingualism was based on studies of Skutnabb-Kangas (2008); Cummins (1984); Baker (1993); Nakajima (2010). Both in-person and online semi-structured interviews have been conducted focusing on three aspects in the life trajectory of interviewees who, based on self-evaluation, have been divided into two groups: Portuguese-dominant bilinguals, and Japanese-dominant bilinguals: (1) linguistic environment in Japan (2) attitude of interviewees with the study of both L1 and L2; and (3) linguistic environment in Brazil. The study has proved that support both from family and others is key to generate motivation for studies, as well as to foment the overcoming of problems arising from both linguistic and cultural adaptation. It has also been observed that interviewees in both groups had to invest on language learning for a long period of time to develop academic linguistic proficiency ALP (CUMMINS, 2001; 2011) until they were admitted to college. As for the formal support network, the following actions aiming at alleviating problems concerning nonmastering of Japanese language in the context of Japanese immigration in Japan have been taken: admission to a public school in an area with a high concentration of Brazilian people; admission to a Japanese college by means of a program specially designed for returned, and admission to a Brazilian school, being all those actions taken by interviewees in the Portuguese-dominant group. On the other hand, those in the Japanese-dominant group have taken the following measures to facilitate linguistic and school adaptation in Brazil: admission to a private school with Japanese language in the syllabus, admission to a technical school, and admission to a state public school. Attendance to college entrance examination prep courses has been observed in both groups. it has been concluded that the use of those formal support networks has had a positive impact on the development of ALP of interviewees.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-10-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.