• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2015.tde-26052015-120746
Documento
Autor
Nome completo
Nathália Grossio de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Andrade, Fabio Rigatto de Souza (Presidente)
Almeida, Jorge Mattos Brito de
Souza, Ana Helena Barbosa Bezerra de
Título em português
A experiência trágica do "eu" n'O inominável, de Samuel Beckett: da relação entre morte, não-saber e a necessidade de continuar
Palavras-chave em português
O inominável
Romance moderno
Samuel Beckett
Teoria e crítica da narrativa
Trágico
Resumo em português
Partindo do exame dos pressupostos do realismo formal no romance, a dissertação pretende demonstrar como a desconfiança do narrador beckettiano quanto aos fundamentos que sustentam a voz em primeira pessoa e a estrutura ficcional do romance, observada desde Molloy e Malone Morre, dá lugar ao exame dos fundamentos relacionados à constituição da própria noção de subjetividade e desdobra-se em reflexões de natureza linguística em O inominável. Momento em que a hipótese de que é na linguagem e pela linguagem que o homem se constitui como sujeito, formulada pelo linguista Émile Benveniste, será desenvolvida considerando a dimensão trágica da experiência do eu. Com efeito, parte da tarefa da desta dissertação consiste em demonstrar a pertinência do trágico em O inominável, com o propósito de aprofundar a discussão teórica sobre a narrativa do século XX.
Título em inglês
The tragic experience of the "I" in The Unnamable, by Samuel Beckett: death, not knowing and the need of going on
Palavras-chave em inglês
Modern romance
Samuel Beckett
The Unnamable
Theory and criticism of the narrative
Tragic
Resumo em inglês
From an examination of the formal assumptions realism in the novel, the dissertation aims to demonstrate how distrust of Becketts narrator at the grounds that support the voice in first person and the fictional structure of the novel, observed since Molloy and Malone Dies, giving rise to the investigation of the grounds related to the constitution of the notion of subjectivity and unfolds in linguistic nature reflections in The Unnamable. Moment when the hypothesis that it is in the language and by the language that humans is constituted as subject, formulated by the linguist Émile Benveniste, will be developed based on the tragic dimension of the experience of "I". Indeed, part of the task of this dissertation is to demonstrate the relevance of the tragic dimension in The Unnamable, in order to deepen the theoretical discussion of the twentieth centurys narrative.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-05-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.