• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2018.tde-25102018-110739
Documento
Autor
Nome completo
Frederico Antonio Camillo Camargo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Vasconcelos, Sandra Guardini Teixeira (Presidente)
Moraes, Marcos Antonio de
Passos, Cleusa Rios Pinheiro
Salla, Thiago Mio
Souza, Eneida Maria de
Título em português
O outro Rosa: textos 'marginais' e narrativas inacabadas
Palavras-chave em português
Arquivos literários
Autoria
Guimarães Rosa
Manuscritos inacabados
Resumo em português
Adotando os seguintes pontos de partida: (i) o parecer analítico de que a literatura canônica de João Guimarães Rosa, constituída pelos livros por ele publicados em vida (Sagarana, Corpo de baile, Grande sertão: veredas, Primeiras estórias e Tutameia), entre 1946 e 1967, assenta-se, de modo preponderante, sobre algumas coordenadas recorrentes como a narrativa de ficção, o espaço rural sertanejo e o aproveitamento da dicção oral; (ii) a percepção tradicional de que Guimarães Rosa eximiu-se de usar explicitamente a sua literatura como instrumento de intervenção nos debates públicos de seu tempo; (iii) a constatação da existência de numerosos escritos do autor, compostos ao longo de toda a sua carreira literária e somente reunidos em edições póstumas, os quais, até os dias de hoje, na sua maioria, receberam discreta atenção crítico-acadêmica; (iv) a verificação da presença, no arquivo-espólio do escritor mineiro no IEB-USP, de uma quantidade não irrelevante de manuscritos de narrativas inacabadas em diversos graus de desenvolvimento; assumidos esses pontos de partida, esta tese tem por objetivo demonstrar como, em produções rosianas menos lidas e examinadas criticamente, assim como em algumas daquelas nunca dadas a público em decorrência de seu estado de incompletude, são observáveis rupturas e abandonos das coordenadas fundamentais acima referidas, havendo maior exploração de gêneros discursivos alheios à narrativa de ficção, o aparecimento mais prevalente do espaço citadino, o favorecimento do registro urbano culto em detrimento da elocução oral (além de outras modalizações e oscilações tonais e formais que diferenciam esses textos da literatura rosiana mais tradicional) e, por último, um posicionamento ativo do autor com respeito a algumas questões em pauta à época. Ao mesmo tempo, pretendemos reconectar esses textos "marginais" e inacabados com o todo da obra do autor, e flagar, na trajetória literária de Guimarães Rosa, uma espécie de dialética entre o mesmo e o outro, entre a repetição de fórmulas consagradas e a experimentação de variadas soluções expressionais e de veiculação de sentido, alternância que permite dar corpo a uma visão mais plural e alargada do escritor que foi Guimarães Rosa.
Título em inglês
The other Rosa: 'marginal' texts and unfinished narratives
Palavras-chave em inglês
Authoship
Guimarães Rosa
Literary archives
Unfinished manuscripts
Resumo em inglês
Adopting the following starting points (i) the analytical appraisal that João Guimarães Rosa's canonical literature, comprising the books published by him during his life between 1946 and 1967 (Sagarana, Corpo de baile, Grande sertão: veredas, Primeiras estórias e Tutameia), lays predominantly on certain recurrent coordinates such as the narrative fiction, the rural space and the use of oral diction; (ii) the traditional impression that Guimarães Rosa recoiled from explicitly using his literature to intervene in the public debates of his time; (iii) the acknowledgement of the existence of numerous writings by the author, composed over his entire literary career and assembled only in posthumous editions, that, through our days, in their majority, attracted little critical attention; (iv) the presence in Rosa's literary archive of a not small number of unfinished narratives exhibiting different degrees of development; adopted those starting points this thesis aims to demonstrate how, in several of Guimarães Rosa's less read and scrutinized texts, and in some of those never disclosed as a result of their incomplete state, we can observe a rupture and discontinuation of the fundamental coordinates above mentioned, since they present greater exploration of discoursive genres diverse from the narrative fiction, the more prevalent incidence of the urban, the recourse of the cultivated register instead of the oral elocution (in addition to other tonal and formal modalizations and deviations in relation to Rosa's more traditional literature) and, at last, an active stance in respect to some current discussed issues. At the same time, we intend to reconnect these "marginal" and unfinished texts with the whole of the authors work, and identify in Guimarães Rosa's literary production, a dialect between the same and the other, between the repetition of established paradigms and the experimentation of new expressional solutions and strategies for the production of meaning, a variance that allows to build a more plural and expanded vision of the of writer that Guimarães Rosa was.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-10-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.