• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2012.tde-13092012-124136
Documento
Autor
Nome completo
Paula Domingues Tavares
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Muhana, Adma Fadul (Presidente)
Chiappetta, Angelica
Kossovitch, Leon
Título em português
Saber o amar: os Diálogos de Amor, de Leão Hebreu
Palavras-chave em português
Amor
Aristóteles
Diálogos de amor
Imitação
Leão Hebreu
Masílio Ficino
Platão
Resumo em português
Os diálogos escritos por Leão Hebreu no século XVI evidenciam como o tema amor foi objeto de contemplação filosófica no período e trazem diversas reflexões, citações, referências e amplificações de autores da Antiguidade Clássica, tanto Ocidentais como Orientais. Sobressaem Platão e Aristóteles, pois Leão Hebreu frequentemente os insere nas discussões promovidas pelas personagens Fílon e Sofia, utilizando-os como base para a construção de suas argumentações a respeito de diversos temas adjacentes ao principal. Serão discutidos os papéis dos dois filósofos gregos nos Diálogos de Amor, e para tanto, deverá ser adicionado à leitura do texto de Hebreu um outro filósofo do mesmo período: Marsílio Ficino, que possivelmente influenciou os trabalhos do primeiro, mediante as traduções que fez de alguns diálogos platônicos, a partir do testemunho latino de tais obras, no século XV. Interessa também que sejam debatidas questões referentes às especificidades que o tema amor toma ao longo da obra, mostrando de que maneira os interlocutores acreditam ser o amor a motivação, a manutenção e o fim de todas as coisas.
Título em inglês
To know love: the Diálogos de Amor, by Leão Hebreu
Palavras-chave em inglês
Aristotle
Dialogues of Love
Imitation
Leone Ebreo
Love
Marsilio Ficino
Plato
Resumo em inglês
The dialogues written by Leone Ebreo in the 16º century evidence how the theme love was an object of philosophical contemplation at the period, and take many from Classical Antiquity authors reflections, citations, references and amplifications, as well from Occident, as much from Orient. Protrude Plato and Aristotle, for Leone Ebreo often inserts them on the discussions promoted by the characters Filo and Sophia, and use their writes as a base for the argumentations about lots of themes adjoin to the main theme. The discussions on this work will be about this two Greek philosophers on the Dialogues of Love and for this much will be add to the reading of the Leo, The Hebrews works another philosopher from the same period: Marsilio Ficino, who possibly influenced Leos works, through translations he made of some platonic dialogues, from the Latin testimony of this works at the 15º century. It is interesting to this work to discuss questions about the specifications that the theme love takes during the Dialogues, and shows how the interlocutors believe that the love is the motivation, maintenance and the end of everything.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-09-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.