• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Juliana Florentino Hampel
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Jacoto, Lilian (Presidente)
Bueno, Aparecida de Fatima
Gobbi, Marcia Valéria Zamboni
Pinto, Madalena Simões de Almeida Vaz
Ribeiro, Raquel de Sousa
Título em português
Olhares descentrados na contemporaneidade: os anormais em Gonçalo M. Tavares e Lídia Jorge
Palavras-chave em português
Afeto
Anormalidade
Discurso
Literatura portuguesa
Violência
Resumo em português
O presente trabalho discute a veiculação da voz da imaginação criativa por perspectivas oriundas da anormalidade no enredo de dois romances portugueses contemporâneos: Jerusalém, de Gonçalo M. Tavares e O vento assobiando nas gruas, de Lídia Jorge. Por meio da análise comparativa da trajetória das protagonistas Mylia Busbeck e Milene Leandro, procura se apontar a soberania do discurso médico-científico como parâmetro máximo de avaliação da saúde mental, e, desta forma, de incidência de um poder desolador sobre a vida dessas personagens, com vistas à desumanização. Como suporte teórico, este estudo utiliza as obras de Michel Foucault sobre a ordem do discurso e a loucura, na tentativa de compreender o percurso das formações discursivas dos considerados anormais no Ocidente. Opta-se, ainda, por pensar a linguagem a partir da filosofia nietzschiana, entendida como ato de força, quando a função da literatura é encontrar a expressão múltipla do devir. Para além desses pensadores, fez-se necessário uma pequena incursão na obra de Emmanuel Lévinas, a fim de discutir a questão dos afetos como possibilidade de exercício da ética.
Título em inglês
Decentralized perspectives on contemporaneity: the abnormals in Gonçalo M. Tavares and Lídia Jorge fiction
Palavras-chave em inglês
Abnormality
Affection
Discourse
Portuguese literature
Violence
Resumo em inglês
This work discusses the voices of creativity imagination by perspectives of abnormality in two Portuguese contemporary novels: Jerusalém, by Gonçalo M. Tavares and O vento assobiando nas gruas, by Lídia Jorge. By making a comparison between the path of protagonists, Mylia Busbeck and Milene Leandro, the aim of this thesis is to indicate the power of scientific discourses as maximum parameter of mental health evaluation and, thus, checking incidence of a devastating power in the life of these two characters that intend to a dehumanization. As a theoretical support, Michel Foucault and his essays about discourse and insanity are necessary to understand the pattern of abnormalitys speeches. Also the philosophical work of Nietzsche is relevant to think about language as an act of force, with the proposal of reveal the task of literature to find expression of multiple become. Furthermore, Emmanuel Lévinas and his philosophy of affection as a possibility of ethic exercise is the bases to follow the minimum instants of sanity in the plot of both novels.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-11-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.