• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2010.tde-24092010-144834
Documento
Autor
Nome completo
Monica Maria Rinaldi Asciutti
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Guimaraes, Helio de Seixas (Presidente)
Azevedo, Sílvia Maria
Camilo, Vagner
Título em português
Um lugar para o periódico O Novo Mundo (Nova Iorque, 1870-1879)
Palavras-chave em português
Década de 1870
Estados Unidos
Instinto de nacionalidade
Literatura brasileira
Machado de Assis
O novo mundo
Trocas culturais
Resumo em português
A presente dissertação investiga os artigos referentes à literatura (prosa ficciconal e poesia) de O Novo Mundo Periódico Ilustrado do Progresso da Idade, publicado em Nova Iorque, Estados Unidos, entre 1870 e 1879, para distribuição e circulação no Brasil. Em língua portuguesa, o periódico foi fundado por José Carlos Rodrigues (1844-1923), seu principal redator, e contou com um grupo de colaboradores que, nutrindo admiração pelos rumos do desenvolvimento da nação norte-americana, acreditavam no modelo estadunidense como solução para os problemas político-sociais brasileiros. O exame dos artigos que tratavam da conformação da literatura brasileira nas páginas do periódico mostra que ele pode ser visto à semelhança da revista Niterói, publicada na França em 1836, e considerada demarcadora da tendência literária romântica, junto à obra Suspiros Poéticos e Saudades (1836), de Domingos José Gonçalves de Magalhães. A comparação se justifica na medida em que O Novo Mundo foi também um lugar privilegiado a partir do qual se pode observar a renovação da produção literária ao longo da década de 1870. Foi nesse periódico que Machado de Assis publicou, em março de 1873, em caráter inédito, o ensaio literário Instinto de Nacionalidade, que viria a ser amplamente conhecido e celebrado pela crítica literária brasileira como marco do esgotamento do Romantismo brasileiro e indicativo da renovação que a produção local sofreria com a obra machadiana e as novas doutrinas do Realismo e do Naturalismo.
Título em inglês
A place to the journal O Novo Mundo
Palavras-chave em inglês
Brazilian literature
Cultural exchanges
Instinto de nacionalidade
Machado de Assis
O Novo Mundo
The 1870´s decade
The United States of America
Resumo em inglês
This study investigates the articles referring to the literature (fiction prose and poety) of O Novo Mundo Periódico Ilustrado do Progresso da Idade, published in New York, United States, between 1870 and 1879 for distribution and circulation in Brazil. All written in Portuguese, the newspaper was founded by José Carlos Rodrigues (1844-1923), its chief and it reckoned on a group of collaborators, who nourishing admiration for the course of development of the American nation, believed in the American model as a solution to the socio-political problems in Brazil. The examination of articles dealing with the shaping of Brazilian literature on the pages of the newspaper, shows that it can be compared to Niterói magazine, published in France in 1836, and considered a demarcator of the romantic literary trend, with the work of Domingos José de Magalhães, Suspiros Poéticos e Saudades (1836). The comparison is justified to the extent that O Novo Mundo was also a privileged place from which the renewal of literary production during the 1870s can be seen. It was in this period that Machado de Assis published in March 1873, for the very first time, the literary essay "Instinto de Nacionalidade," which would become widely known and celebrated by Brazilian literary critics as a landmark of exhaustion of Brazilian romanticism and an indicative of the renewal that local production would suffer from Machados work and the new doctrines of Realism and Naturalism.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-10-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.