• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2015.tde-16062015-133037
Documento
Autor
Nome completo
Janaina Tunussi de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Ortale, Fernanda Landucci (Presidente)
Ferroni, Roberta
Margonari, Denise Maria
Título em português
O humor no ensino de italiano língua estrangeira
Palavras-chave em português
Autonomia
Ensino comunicativo
Ensino intercultural
Humor
Italiano língua estrangeira
Resumo em português
A presente dissertação tem como objetivo propor uma reflexão acerca das contribuições do humor no processo de ensino-aprendizagem de italiano como língua estrangeira. Diversos autores perpassam este trabalho e indicam os rumos da pesquisa. A hipótese norteadora é a de que o humor pode ser utilizado como instrumento no ensino intercultural de línguas e, a partir das definições de cultura e interculturalidade de Kramsch (1996) e Byram (1997), buscou-se delimitar de que modo os elementos interculturais seriam expostos, construindo, assim, uma aprendizagem baseada na própria Língua Materna (LM). Para isso, as implicações de Widdowson (2005) e Almeida Filho (2010) foram colocadas em destaque na aplicação de um ensino comunicativo, focado no conhecimento dos alunos acerca da língua-alvo e da cultura do outro. Quanto aos aspectos teóricos relacionados ao humor, Possenti (2010), Celentin (2012) embasaram as reflexões de como este seria utilizado como ferramenta de ensino e Margonari (2001) apontou, na prática, experiências de humor no ensino de língua inglesa. A materialidade deste projeto deu-se por meio de um curso de difusão de língua italiana realizado em julho de 2012 junto à Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), da Universidade de São Paulo (USP). Elaborado a partir de dois projetos-piloto (um desenvolvido junto ao Centro de Estudos de Língua da E.E. Genaro Domarco, em Mirassol, e outro na disciplina de Cultura Italiana, ministrada pela Profa. Dra. Fernanda Landucci Ortale) o curso Humor e Jogos Teatrais no Ensino de Italiano foi destinado a alunos e professores de língua italiana e ministrado pela própria pesquisadora. A base metodológica qualitativa forneceu uma visão dos dados obtidos através de análise dos questionários inicial e final aplicados aos alunos e também na observação das aulas gravadas, observando a interação entre aluno/professor e as reflexões durante as aulas. A análise dos dados aponta para contribuições relevantes do uso do humor nas aulas de língua italiana, tais como: favorecimento de atividades comunicativas no processo de ensino-aprendizagem, desenvolvimento da autonomia de alunos e professores em relação ao processo ensino-aprendizagem, a possibilidade de traçar relações entre a Língua Materna e a Língua Estrangeira para a construção dos conhecimentos na língua-alvo, e construção de ambientes autênticos de ensino-aprendizagem de línguas.
Título em inglês
The Humor in the of Italian as a Foreing Language Teaching
Palavras-chave em inglês
Autonomy
Communicative teaching
Humor
Intercultural teaching
Italian foreign language
Resumo em inglês
The present work intends to propose a reflection about the contributions of the humor in the Italian teaching-learning process as a foreign language. Several authors permeate this work and indicate the directions of research. The leading hypothesis is that humor can be used as a tool in the intercultural teaching of languages and it tried to define how the intercultural elements would be exposed building a learning based on own Mother Tongue (LM) from the Kramsch (1996) and Byram (1997) definitions of culture and intercultural. To make this happen, the implications of Widdowson (2005) and Almeida Filho (2010) were highlighted in the application of a communicative teaching, focused on the students' knowledge about the target language and culture of the other. Regarding the theoretical aspects related to humor, Possenti (2010), Celentin (2012) formed the basis the reflections of how this would be used as a teaching tool and Margonari (2001) pointed out in practice the humor experiences in English language teaching. The materiality of this project took place through an diffusion course of Italian Language held in July 2012 by the Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), da Universidade de São Paulo (USP). Elaborated from two pilot projects (the first one developed by the Centro de Estudos de Língua da E.E. Genaro Domarco, in Mirassol, and the other one in Italian Culture discipline, taught by Profa Dra Fernanda Landucci Ortale) the course Humor e Jogos Teatrais no Ensino de Italiano was designed for students and teachers of Italian language and taught by the researcher. The qualitative methodological basis provided a view of the data obtained from analysis of the initial and final questionnaires applied to students and the observation of recorded lectures, watching the interaction between student / teacher and reflections during classes. Data analysis points to relevant contributions of the use of humor in Italian language classes, such as: encouragement of communicative activities in the teaching-learning process, development of students and teachers autonomy concerning the teachinglearning process, the possibility of drawing relations between the mother tongue and the foreign language for the construction of knowledge in the target language, and building authentic environments of teaching and learning languages.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-06-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.