• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2014.tde-30042015-185905
Documento
Autor
Nome completo
Rosangela Aparecida de Queirós
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Soares, Marcos Cesar de Paula (Presidente)
Aleixo, Antonio Marcos
Gonçalves, Marcos Tadeu Fabris
Título em português
Do sonho americano à forma mercadoria: uma leitura de Zelig de Woody Allen
Palavras-chave em português
Forma-mercadoria
Sociedade do Espetáculo
Woody Allen
Resumo em português
O objetivo desta dissertação é apontar para a duplicidade narrativa a partir da qual a história Zelig (1983) é contada. Por um lado, tem-se um narrador tradicional de um documentário em voz over, no entanto, sua forma de narrar acaba por revelar aspectos deste gênero como produção dentro da Indústria Cultural. Por outro lado, tem-se outra instância narrativa, conhecida como autor implícito, que coloca elementos em cena para que o espectador consiga ter uma leitura totalizadora da obra. Ademais, o filme Zelig, como produção cultural do início dos anos 1980, revela os desdobramentos e consequências de viver segundo uma ordem social pós-moderna. Observa-se, dentre outros fatores, a forma-mercadoria dominando todas as instâncias da vida social, além da espetacularização da sociedade presente em diversos aspectos da vida moderna.
Título em inglês
From the American dream to the commodity-form: a reading of Woody Allen's Zelig
Palavras-chave em inglês
Commodity-form
Society of the Spectacle
Woody Allen
Resumo em inglês
The aim of this dissertation is to point to the narrative duplicity from which the story Zelig (1983) is told. On the one hand, there is a traditional voiceover documentary narrator, however, his way of narrating ends up revealing aspects of this genre as a production within the Cultural Industry. On the other hand, there is another narrative instance, known as implied author, who adds elements in the scene so that the viewer can have a totalizing reading of the work. Furthermore, Zelig, as cultural production from the early 1980s, reveals the ramifications and consequences of living according to a post-modern social order. We observe, among other factors, the commodity-form dominating all levels of social life. Moreover, the spectacularization of this society found in many aspects of modern life.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-04-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.