• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2008.tde-20012009-164000
Documento
Autor
Nome completo
Marilia Fatima Bandeira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Izarra, Laura Patricia Zuntini de (Presidente)
Gonçalves, Gláucia Renate
Souza, Lynn Mario Trindade Menezes de
Título em português
Representações da violência em Disgrace e Waiting for the Barbarians de J. M. Coetzee
Palavras-chave em português
África do Sul
Coetzee
Literatura africana
Racismo
Violência
Resumo em português
O objetivo desta dissertação de Mestrado é analisar a representação da violência por J.M. Coetzee nos romances Waiting for the Barbarians (1980) e Disgrace (1999), o primeiro escrito numa época de grandes convulsões sociais na África do Sul devido, especialmente, à implantação do grande apartheid; e o segundo, logo após o fim do regime e a eleição do primeiro presidente negro sul-africano. Nossa pesquisa visa analisar a forma de representar o mal em épocas distintas da história do país, buscando apreender o determinismo histórico presente na construção de ambos os romances, bem como a posição do autor frente aos movimentos ocorridos na sociedade sul-africana, cujas transformações profundas ocorridas no período que vai da publicação de um romance à do outro afetaram diretamente o poder da antiga classe dominante, à qual pertence o escritor. Concluímos que a violência representada em Waiting for the Barbarians prenuncia os eventos de Disgrace, em que, segundo o narrador deste último, a história completa seu círculo. Waiting for the Barbarians apresenta a história de um Império que está se construindo ao mesmo tempo em que pavimenta o caminho de sua própria queda. Em Disgrace, de forma bastante pessimista, o autor traz ao leitor os elementos geradores da violência na atual sociedade sul-africana, propondo a negociação como a única saída para seus conterrâneos brancos que optaram por lá ficar.
Título em inglês
J. M. Coetzee's representation of violence in Disgrace and Waiting for the Barbarians novels
Palavras-chave em inglês
African literature
Coetzee
Racism
South Africa
Violence
Resumo em inglês
The objective of this M.A. dissertation is to analyze J. M. Coetzees representation of violence in the novels Waiting for the Barbarians (1980) e Disgrace (1999); the former was written at a time of great social upheaval in South Africa, mostly due to the institution of the Great Apartheid, and the latter, immediately after the end of the regime and the election of the first Black South-African president. This research aims at analyzing the manner in which evil is represented at different times in the history of the country, attempting to capture the historical determinism present in both novels, as well as the authors position on the movements which occurred within South-African society, whose profound transformations, in the period between the publications of both novels, directly affected the power of the former ruling class, of which the author is a member. The conclusion is that the violence depicted in Waiting for the Barbarians foreshadows the events in Disgrace, in which, according to its narrator, history completes its cycle. Waiting for the Barbarians presents the story of an empire which is building itself at the same time it paves the way to its own fall. In Disgrace, in a severely pessimistic manner, the author brings to the reader the elements which have generated the violence in the current South-African society, proposing negotiation as the only answer for his White peers who decided to remain in the country.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-01-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.