• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2008.tde-11092008-173942
Documento
Autor
Nome completo
Viviane Carvalho da Annunciação
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Izarra, Laura Patricia Zuntini de (Presidente)
Bastos, Beatriz Kopschitz Xavier
Paro, Maria Clara Bonetti
Título em português
Seamus Heaney: a polifonia (da) poética do exílio
Palavras-chave em português
Exílio
Intertextualidade
Poesia irlandesa
Seamus Heaney
Subjetividade
Resumo em português
Na pesquisa de Mestrado intitulada "Seamus Heaney: Polifonia (da) Poética do Exílio" concluímos que o poeta desestabiliza a noção de subjetividade à medida que se afasta de seu lugar de origem. Nesse sentido, encontramos o eu lírico em uma peregrinação católica em que reconstrói, simbolicamente, as fragmentações e divisões de sua comunidade nativa, uma vez que ele próprio cria diálogos imaginários entre seu passado, presente e futuro. Rompendo com as noções lineares de espaço e tempo, Heaney compõe uma poética do exílio como fruto de uma consciência polifônica, em que a atividade poética depende: 1. das personas (subalternas ou literárias) que fizeram parte de sua constituição artística; 2. da culpa de ter-se afastado da Irlanda do Norte em meio à crise civil; e 3. o desejo de liberdade proveniente da visão crítica de James Joyce. Ao fazer movimentos circulares em torno de si mesmo e de sua terra, o autor reproduz o símbolo celta do triskele, através do qual ele reflete sobre as implicações do fazer poético do autor na literatura contemporânea.
Título em inglês
Seamus Heaney: polyphonic poetics of exile
Palavras-chave em inglês
Exile
Intertextuality
Irish poetry
Seamus Heaney
Subjectivity
Resumo em inglês
The masters research entitled "Seamus Heaney: Polyphonic Poetics of Exile" enabled us to conclude that, as the poet distances himself from his native homeland, he de-constructs the notion of poetic subjectivity. Therefore, in order to display this feature, the persona embraces a catholic pilgrimage through which he reconstructs symbolically the fragmentations and divisions of his own community, whilst he himself creates imaginary dialogues between his past, present and future. Overcoming the traditional chronotope of linear time and space, Heaney gives rise to an exile poetics whose polyphonic consciousness stems from: 1. the personas (subaltern or literary) that have belonged to his artistic constitution; 2. the guilt of distancing himself from Northern Ireland in the middle of a civil war; and 3. the desire of liberty provided by the critical vision of James Joyce. As long as he performs circular movements around himself and his land, the author reproduces the Celtic symbol triskele through which he reflects about the implications of writing poetry in contemporary society.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-09-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.