• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Ingrid Isis Del Grego Herrmann
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Passos, Deusa Maria de Souza Pinheiro (Presidente)
Carmagnani, Anna Maria Grammatico
Grigoletto, Marisa
Riolfi, Claudia Rosa
Tavares, Carla Nunes Vieira
Título em português
A relação sujeito-língua estrangeira: efeitos de estranhamento e familiaridade
Palavras-chave em português
Análise de discurso
Estranhamento
Língua estrangeira
Resumo em português
Aprendizes e professores de línguas constituem-se por diferentes representações acerca da língua com a qual mantêm contato e do contexto que a compreende. Desse ponto de vista, analisamos a relação sujeito-língua com o objetivo de examinar como as representações mobilizadas pelos sujeitos produzem efeitos de sentido para os sujeitos e para a relação que eles estabelecem com a língua. Assim, de uma perspectiva discursiva (CORACINI, 2009; GRIGOLETTO, 2013; ORLANDI, 2012), considerando conceitos psicanalíticos (LACAN, 1964; VOLTOLINI, 2011), analisamos os dizeres de quinze entrevistados (aprendizes e professores), envolvidos com uma língua estrangeira: inglês, espanhol, francês, alemão, italiano, japonês, chinês e russo. Depreendemos, dos dizeres, a regularidade de três formações discursivas, a que nomeamos: língua guarda-roupa (cuja dinâmica é semelhante àquela conceitualizada por Bauman (2005) com a "comunidade guardaroupa"), língua atraente (sugerindo os efeitos de fascinação que a língua exerce ao sujeito) e língua fragmentada (apontando determinada imagem de segmentação da língua). Na análise, articulamos o conceito freudiano do "estranho" (FREUD, 1919), que se apresenta de modo profícuo para o exame da relação sujeito-língua, pois explica efeitos de "estranhamento", percebidos como desconforto e dificuldade, constitutivos do sujeito e que observamos nessa relação. A partir desse conceito, também examinamos os efeitos de familiaridade, enunciados como bem-estar e conforto na relação sujeito-língua e também relacionados às formações discursivas referidas. A análise da fluidez entre os efeitos de estranhamento e familiaridade destaca a constituição clivada do sujeito e a amplitude de efeitos de sua relação com a língua, contemplando representações constituídas nas condições de produção da hipermodernidade, concernentes ao mundo do mercado e de suas relações líquidas.
Título em inglês
The relation between subject and foreign language: effects of uncanny and familiarity
Palavras-chave em inglês
Discourse analysis
Foreign language
Uncanny
Resumo em inglês
Language learners and teachers are constituted by different representations of the language with which they keep contact and also of the context that surrounds it. Bearing that in mind, we analyse the relation between subject and language, aiming at understanding how the representations the subjects mobilise produce different effects upon them and on the relation they establish with the language. Thus, from a discursive perspective (CORACINI, 2009; GRIGOLETTO, 2013; ORLANDI, 2012), considering psychoanalytical concepts (LACAN, 1964; VOLTOLINI, 2011), we examine the interviews made with fifteen learners and teachers, involved with one of the following languages: English, Spanish, French, German, Italian, Japanese, Chinese and Russian. We can see, from their words, the regularity of three different discursive formations: the cloakroom language (whose dynamics is similar to the one developed by Bauman (2005) with the "cloackroom community"), the attractive language (suggesting effects of fascination the language exercises upon the subject), and the fragmented language (indicating certain representations of language segmentation). In our analysis, we articulate the Freudian concept of the "uncanny" (FREUD, 1919), for it explains sensations of discomfort and difficulty, which constitute the subject and can be observed in the relation between subject and language. We also examine its counterpart, the effects of familiarity, uttered as sensations of well-being and comfort in this relation and also related to the discursive formations forementioned. The analysis of the dynamics between the effects of uncanny and familiarity highlight the cleaved constitution of the subject and the range of effects of their relation with the language, contemplating representations constructed in accordance with the circumstances of hypermodernity, concerning the market itself and its liquid relations.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-05-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.