• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2007.tde-06112007-112007
Documento
Autor
Nome completo
Maria Teresa Quirino
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Milton, John (Presidente)
Hirsch, Irene Ruth
Lindo, Luiz Antonio
Título em português
Uma odisséia tradutória do 'Ulisses': análise de traduções da obra de James Joyce
Palavras-chave em português
Crítica de tradução
Leitura
Literatura comparada
Literatura inglesa
Tradução
Resumo em português
Partindo do conceito proposto por André Lefevere de literatura traduzida enquanto textos refratados, este estudo mostrará alguns aspectos da publicação e recepção das primeiras traduções em português, francês e espanhol da obra Ulysses (1922), de James Joyce na França, Argentina, Portugal e Brasil. Também destacará algumas soluções encontradas pelos tradutores em suas interpretações da obra, realizando um estudo comparativo pelo método de Antoine Berman de identificar as tendências deformadoras que operam em cada tradução. Desse modo, pretende-se compreender e descrever o estilo de cada tradutor e como foram expressos os conceitos temáticos do romance. De acordo com Berman, esse tipo de reflexão é sempre eficiente ao realizar-se uma crítica das traduções pelo uso de um duplo critério: a poética e a ética de uma tradução. O primeiro refere-se ao trabalho do tradutor no texto da sua tradução e à sua textualidade em relação ao original. O último refere-se ao tipo de diálogo e o respeito que os tradutores mantêm para com o texto original. Para o confronto das passagens do Ulysses, este estudo também levará em consideração as idéias de Fritz Senn, Haroldo de Campos e Maria Tymoczko sobre tradução e a obra de Joyce.
Título em inglês
A traductory odissey of 'Ulysses': analisis of translations of James Joyce's work
Palavras-chave em inglês
Comparative literature
Literature in English
Reading critics
Translation
Resumo em inglês
By following André Lefevere's concepts of translated literature as refracted texts, this study presents certain aspects of the reception of the first translations into Portuguese, French and Spanish of James Joyce's Ulysses (1922) in France, Argentina, Portugal and Brazil. It also discusses various solutions of the translators when interpreting Joyce's text, using Antoine Berman's concept of identifying the deforming tendencies that operate in every translation. The examination of these translations describes each translator's style and how the thematic concepts of the novel are expressed. According to Berman, this kind of analysis is always effective when making a critique of translations because it makes use of double criteria: the poetics and the ethics of a translation. The former refers to the translator's work on his or her own translated text, and its textual proximity to the original. The latter refers to the kind of dialogue the translator maintains with the original and his respect towards it. In order to compare the elements of selected passages in Ulysses this study will also take into consideration the contemporary ideas on translations of Joyce's work made by Fritz Senn, Haroldo de Campos, and Maria Tymoczko.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-11-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.