• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2008.tde-27022009-153048
Documento
Autor
Nome completo
Sônia Regina Nóbrega de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Pietraroia, Cristina Moerbeck Casadei (Presidente)
Costa, Heloisa Brito de Albuquerque
Marinelli, Vera Lucia
Título em português
Da dificuldade de produção oral à construção do indivíduo-aprendiz-adulto em língua francesa
Palavras-chave em português
Ensino/aprendizagem
Fatores psico-sócio-afetivos
Francês língua estrangeira
Interação
Produção oral
Resumo em português
Esta dissertação de mestrado teve por objeto de estudo e pesquisa um fator preponderante da aprendizagem de uma língua estrangeira: a necessidade de comunicação. Nesse sentido, a produção oral entre os interlocutores é fundamental para o êxito da aquisição da performance lingüística no novo idioma. No entanto, alguns aprendizes-adultos mostram-se bloqueados no momento da oralização, o que lhes acarreta um duplo dano: aquele que atinge a dimensão da interação social e um outro, que afeta a sua identidade pessoal e de aprendiz. Ao buscar compreender o silêncio demonstrado por um grupo de alunos universitários, iniciantes completos em língua francesa, constatamos que crenças profundamente cristalizadas sobre o ensino/aprendizagem de língua estrangeira, bem como fatores psico-sócio-afetivos surgem como possíveis indícios da não verbalização. As considerações preliminares, obtidas por meio de uma pesquisa qualitativa junto a esses aprendizes, nos levaram a crer na necessidade imperiosa de uma mudança de comportamento por parte desses aprendizes-adultos, a fim de que pudessem pôr em prática, através de suas características individuais, as estratégias necessárias para suplantar os conflitos psico-sócio-afetivos ou de resistência às mudanças e, assim, desenvolver a expressão oral. A pesquisa prática consistiu na criação de um curso de apoio experimental, ministrado durante dois semestres a esses aprendizes-adultos com dificuldade. As aulas foram anotadas em forma de diários reflexivos e as discussões mantidas com os aprendizes, devidamente registradas por escrito. Com esses instrumentos de pesquisa, pudemos identificar os bloqueios de ordem psico-sócio-afetiva que limitavam a expressão oral, interação e, finalmente, a aprendizagem desses alunos. Mediante essa dinâmica, observamos que, não somente os esforços dos aprendizes com dificuldade são considerados relevantes, mas de todo o grupo8 classe, ressaltando-se a necessidade de um comprometimento do professor com cada aprendiz, bem como com o ensino/aprendizagem, buscando juntos o crescimento e aprimoramento de todos.
Título em inglês
The difficulty of oral production until the construction of the individual adult learners in french language
Palavras-chave em inglês
French foreing language
Interaction
Oral production
Psycho-socio-affective factors
Teaching/learning
Resumo em inglês
This dissertation had as research and study object one prevalent factor in foreign language learning: the need to communicate. In this sense, the oral production between the conversationalists is fundamental to the success of the linguistic performance acquisition in the new idiom. However, some adult learners showed themselves blocked up in the moment of oralizing what causes them a double damage: the one that hits the social interaction and another that affects their personal and as a learner identity. When trying to understand the silence shown by a group of university students, complete beginners in French language, it was verified that deeply crystallized beliefs about the teaching/learning of foreign language, as well as psycho-socio-affective factors appear possibly in a cause-effect relationship to the non-oralizing. The preliminary considerations, obtained by means of a qualitative research with these learners, led us to believe in the imperious need of a behaviour change by these adult learners, in order to be able to accomplish, through their individual characteristics, the necessary strategies to overcome the psycho-socioaffective conflicts or resistance to the changes and in this way develop the oral expression. The research consisted in the creation of an experimental aid course, ministrated during two semesters to these adult learners showing difficulty. The classes where note taken in form of reflexive diaries, and the discussions maintained with the learners, appropriately registered by writing. With these research instruments it was possible to identify the psycho-socio-affective order block up that where limiting the oral expression, interaction and finally the learning by these students. Through that dynamic, it was observed that not only the efforts of these learners with difficulties are considered relevant, but of all the group-class, standing out the need of a commitment of the teacher with each learner, as well as 10 with the teaching/learning, together looking for the growth and the improvement of all.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-02-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.