• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Wiliam Mariano Pereira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Faleiros, Álvaro Silveira (Presidente)
Rossi, Ana Helena
Zular, Roberto
Título em português
Alphonsus de Guimaraens tradutor de Paul Verlaine
Palavras-chave em português
Alphonsus de Guimaraens
Confronto produtivo
Paul Verlaine
Poesia
Tradução
Resumo em português
O poeta Alphonsus de Guimaraens estabeleceu, para a sua formação, um constante diálogo com a França por meio dos escritores daquele país, sobretudo com aqueles que produziram no século XIX, período em que o poeta brasileiro também produziu boa parte de sua obra. Dentre as relações literárias estabelecidas, Guimaraens pode traduzir poemas daqueles identificados ao movimento Simbolista. Reconhecido pela crítica, o diálogo mantido com as produções do poeta Paul Verlaine foi, sem dúvida, o que mais se acentuou, sobretudo por meio das traduções que fez de poemas do bardo francês, tema desta dissertação. Para o estabelecimento do contexto de produção dos poemas e de suas traduções, o presente estudo levou em consideração, primeiramente, a fortuna crítica relativa ao poeta mineiro no que tange a sua formação intelectual. Em seguida, procurou-se fazer algumas reflexões a partir da metodologia sugerida por Berman, norteadora das análises. Essas análises se pautaram pelas considerações de abordagens textuais da tradução e pelo confronto produtivo, com o intuito de revelar um pouco mais da atividade tradutora de Alphonsus face aos poemas de seu mais importante interlocutor.
Título em inglês
Alphonsus de Guimaraens translator of Paul Verlaine
Palavras-chave em inglês
Alphonsus de Guimaraens
Paul Verlaine
Poetry
Productive confrontation
Translation
Resumo em inglês
The poet Alphonsus de Guimaraens established for his formation, a constant dialogue with France through the writers of that country, especially with those who produced in the nineteenth century, during which the Brazilian poet also produced much of his work. Among the literary relationships established, Guimaraens had the opportunity to translate those poems identified to Symbolist movement. Recognized by critics, the dialogue with the productions of the poet Paul Verlaine was undoubtedly the one most emphasized, especially by means of translations of poems of the French bard, theme of this dissertation. For the establishment of the production context of the poems and their translations, this study took into consideration, first, the critical fortune of the mineiro poet in relation to his intellectual formation. Then we made some reflections from the methodology suggested by Berman, guiding the analyses. These analyses were guided by considerations of textual approaches to translation and productive confrontation with the aim of revealing a little more the translator activities of Alphonsus in light of poems from his most important interlocutor.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-02-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.