• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2012.tde-08012013-155505
Documento
Autor
Nome completo
Tereza Cristina Bulla
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Dahlet, Veronique Marie Braun (Presidente)
Bedê, Ana Luiza Reis
Mouzat, Alain Marcel
Título em português
Ritmo e escrita em L'innommable, Comment c'est e Compagnie de Samuel Beckett
Palavras-chave em português
Escrita
Pontuação
Ritmo
Samuel Beckett
Sintaxe
Resumo em português
A escrita é uma ferramenta poderosa utilizada pelo homem desde que ele descobriu que poderia se comunicar sobre um suporte fixo e não somente pela fala. Ao longo dos anos, o homem desenvolveu essa ferramenta e o suporte onde ela era inserida, transformando e desenvolvendo ambos através de papiros, pergaminhos e códices, até chegar à imprensa, que revolucionou de vez a escrita com a introdução dos sinais de pontuação na mesma. Com o passar dos anos e com o advento da literatura moderna, o suporte textual foi cada vez sendo mais valorizado e trabalhado, até chegarmos a escritores modernos como Samuel Beckett. Mas por que ritmo e escrita? Porque ambos estão intimamente relacionados: não existe escrita sem ritmo. De fato, não há discurso sem ritmo, pois ele é organizado pelo ritmo. Assim, a sintaxe e a pontuação fazem parte do jogo rítmico textual. Pode-se dizer que ritmo, sintaxe e pontuação formam uma tríade poderosa e analisar esses elementos nos três últimos romances de Samuel Beckett é um trabalho importante para se mostrar um trabalho inovador com o ritmo e a escrita.
Título em inglês
Rhythm and writing in L'innommable, Comment c'est, and Compagnie de Samuel Beckett
Palavras-chave em inglês
Punctuation
Rhythm
Samuel Beckett
Syntax
Writing
Resumo em inglês
Writing is a powerful tool used by man since he discovered he could communicate on a fixed support, not only through speech. Over the years, man has developed this tool and support where it was inserted, transforming and developing both through papyrus scrolls and codices, until you get to the press, which revolutionized the writing of time with the introduction of punctuation marks in it. Over the years and with the advent of modern literature, the textual support was increasingly being more valued and worked until we reach modern writers as Samuel Beckett. But why rhythm and writing? Because both are intimately related: there is no writing without rhythm. In fact, there is no speech rhythm as it is organized by the rhythm. Thus, syntax and punctuation are part of textual rhythm game. You could say that rhythm, syntax and punctuation form a powerful triad and analyze these elements in the last three novels of Samuel Beckett is an important job to show innovative work with the rhythm and writing.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-01-08
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • BRAUN DAHLET, Véronique. La narration chez Robert Pinget ou la résorption du personnage. Lubelskie Materialy Neofilologiczne, 1983, vol. 1, p. 25-33.
  • BRAUN DAHLET, Véronique. La voix de l'écriture, l'écoute du sens. Língua e Literatura (USP), 1995, vol. 21, p. 179-189.
  • BRAUN DAHLET, Véronique. Robert Pinget ou une écriture à écouter. Parcours Percursos, 1994, vol. 2, p. 71-78.
  • DAHLET Véronique. As fissuras da linguagem literária. Revista da ANPOLL , 2007, vol. 23, p. 395-412.
  • DAHLET Véronique. La ponctuation et les reprises de l'indicible. Linx (Nanterre), 1998, vol. Especi, p. 21-29.
  • BRAUN DAHLET, Véronique. Le mirage de l'aveugle. A propos de Fable, de Robert Pinget. La Chouette, 1987, vol. 19, p. 64-69.
  • BRAUN DAHLET, Véronique. O dizer em silêncio: as reticências. In I Seminario Nacional de lingüistica e lingua portuguesa. Discurso, sociedade e ensino, Goiânia, 1995. Anais do I Seminario Nacional de lingüistica e lingua portuguesa.Goiânia : DLM/Universidade Federal de Goias, 1995.
  • BRAUN DAHLET, Véronique. Pontuação, sentido e efeitos de sentido. In XLV Seminario do GEL, Campinas, 1997. Estudos Lingüisticos. Anais do Seminario do GEL.São José do Rio Preto : UNESP/IBILCE, 1998.
  • BRAUN DAHLET, Véronique. Um caso exemplar no debate entre escrito e falado : a pontuação. In XLIX Seminario GEL, Marilia, 2001. XLIX Seminario. Programação e resumos.Marilia : Fundação Euripides Soares da Rocha, 2001. Resumo.
  • BRAUN DAHLET, Véronique. Trois formes d'intertextualité dans l'oeuvre romanesque de Robert Pinget: le ragot, le syntagme figé, la citation. In Coloquio Nacional Lingüstica do discurso, Mogilany, 1983. Zeszyty Naukowe Uniwersytetu Jagiellonskiego.Cracovia : Universidade de Cracovia, 1985.
  • BRAUN DAHLET, Véronique. O espaço gráfico: um lugar de cooperação entre estilo e interação. In XIII Congreso Internacional de la Asociacion de Linguistica y Filologia de América Latina (ALFAL), São José, 2002. Resumenes de Ponencias.San José : Universidad de Costa RIca, 2002. Resumo.
  • BRAUN DAHLET, Véronique. A entonação no dialogismo bakhtiniano. In Beth Brait. Bakhtin, dialogismo e construção do sentido. Organizador. Campinas : Editora da Unicamp, 1997{Volume}. cap. 1, p. 263-279.http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8146/tde-08012013-155505/
  • BRAUN DAHLET, Véronique. La ponctuation causeuse de voix. Le Libera, Cette Voix. In Jean-Claude Liéber, et Madeleine Renouard. Le chantier Robert Pinget. Organizador. Paris : Jean-Michel Place, 2000{Volume}. chap. 1, p. 59-71.http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8146/tde-08012013-155505/
  • DAHLET Véronique. Ponctuation et énonciation. Guyane : IBIS ROUGE EDITIONS, 2003{Volume}.{Serie}
  • BRAUN DAHLET, Véronique. A linguagem, as línguas e o lugar do sujeito. In Débora Massmann, e Greciely Costa. Linguagem e historicidade. Organizador. Campinas : RG Editores, 2013{Volume}. cap. 1, p. 77-96.http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8146/tde-08012013-155505/
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.