• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2015.tde-06102015-144619
Documento
Autor
Nome completo
Maria Lucia Claro Cristovão
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Pietraroia, Cristina Moerbeck Casadei (Presidente)
Barros, Maria Lucia Jacob Dias de
Gonzalez, Neide Therezinha Maia
Lousada, Eliane Gouvêa
Rochebois, Christianne Benatti
Título em português
A imagem nos livros didáticos de Francês Língua Estrageira: funções, preconizações, possibilidades
Palavras-chave em português
Ensino de língua estrangeira
Imagem
Livro didático
Multimodalidade
Resumo em português
Esta tese tem por objetivo investigar o uso pedagógico da imagem nos livros didáticos de Francês Língua Estrangeira (FLE) e sua possível transformação nas últimas décadas. É fato que o suporte visual ocupa uma posição de destaque na sociedade contemporânea e que vivemos em uma civilização da imagem. Pesquisadores como Kress & van Leeuwen (2001, 2006), Dondis (2007) e Joly (2007) nos mostram que a imagem possui uma linguagem que deve ser estudada, lida e analisada com ferramentas que lhe sejam próprias, tanto quanto a linguagem verbal. No entanto, seja na sociedade em geral ou, mais particularmente, na esfera educacional, não somos preparados para essa tarefa. Na área do ensino-aprendizagem de uma língua materna ou estrangeira, a leitura da imagem se faz, sobretudo, por meio do livro didático, um suporte que mantém sua legitimidade como meio principal na transmissão de conteúdos oficiais por uma instituição (CORACINI, 1999). Ora, nas últimas décadas a presença da imagem nos livros didáticos de FLE parece ter aumentado e se desenvolvido em uma progressão bem mais intensa do que as propostas para sua exploração pedagógica. Nesta pesquisa, buscamos verificar essa hipótese por meio de uma análise da presença da imagem em livros didáticos de FLE publicados nas últimas décadas e também das preconizações que essas mesmas publicações fornecem ao professor para o uso do suporte visual. Utilizamos como base teórica a noção de multimodalidade e a Gramática do Design Visual desenvolvidas por Kress & van Leeuwen (2001, 2006). Em uma segunda etapa da análise, definimos funções previstas e funções possíveis para o uso da imagem e do texto multimodal em uma aula de FLE. Dedicamo-nos também ouvir a voz do professor por meio da aplicação de um questionário, com o intuito de compreender suas facilidades e dificuldades ao seguir as orientações fornecidas pelo livro didático e também as adaptações realizadas em sua prática docente no processo de transformação de um artefato em um instrumento (RABARDEL, 2003). Concluímos esta tese indicando possibilidades para a exploração da imagem e do texto multimodal capazes de contribuir para um ensinoaprendizagem do FLE mais reflexivo e produtivo.
Título em inglês
The image in French as a Foreign Language textbooks : functions, recommendations, possibilities
Palavras-chave em inglês
Foreign languages teaching
Image
Multimodality
Textbook
Resumo em inglês
The objective of this thesis is to explore the pedagogical use of image in French as a Foreign Language (FFL) textbooks and how this use may have been transformed during the last decades. It is a fact that visual aids have a meaningful position in contemporary society and that we live in a civilization of images. Researchers such as Kress & van Leeuwen (2001, 2006), Dondis (2007) and Joly (2007) show us that the image has a distinct language that must be studied, read and analyzed by means of appropriate tools, in the same manner as the verbal language. Nevertheless, considering society in general or, more specifically, the educational sphere, we are not prepared for this task. In the field of teaching-learning of a mother or foreign tongue, the reading of the image is achieved mainly through textbooks, the medium which holds its legitimacy as main carrier of official content by an institution (CORACINI, 1999). In recent decades, however, the presence of images in FFL textbooks seems to have increased and developed in a progression much more intense than that of the proposals for their pedagogical consideration. In this survey, we seek to confirm this hypothesis though an analysis of the occurrence of images in FFL textbooks published in the last decades along with the recommendations for the use of visual aids the same publishers provide for the teachers. Our theory is based on the notion of multimodality and the Grammar of Visual Design developed by Kress & van Leeuwen (2001, 2006). In a second stage of the analysis, we define the predictable functions and possible functions for the use of images and the multimodal texts in a FFL classroom. We also commit ourselves to listen to the voice of the teacher by administering a questionnaire that aims to help us understand the benefits and difficulties of following the instructions provided by the textbook and what the teacher has adapted during the process of transforming an artifact into an instrument (RABARDEL, 2003). We conclude this thesis by presenting possibilities for exploring images and multimodal texts that will contribute to a more reflective and productive FFL teaching-learning.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-10-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.